Atacante Robinho é acusado de estupro coletivo a brasileira em Milão, diz jornal

Publicado em quarta-feira, outubro 22, 2014 ·

Robinho curte as férias do Milan em sua casa, no Guarujá, litoral de São Paulo (Foto: Artur Capuani )
Robinho curte as férias do Milan em sua casa, no
Guarujá, litoral de São Paulo (Foto: Artur Capuani )

Segundo o jornal italiano Corriere della Sera, autoridades italianas (lideradas pelo promotor Stefano Ammendola) pediram a prisão preventiva do atacante brasileiro Robinho, do Santos e da seleção brasileira. Ele é acusado de ter estuprado uma brasileira, em janeiro de 2013, em Milão.

Este pedido, porém, foi negado pela juíza Alessandra Simion, que afirmou que o jogador não tem antecedentes criminais. Simion disse ainda que Robinho, por morar fora do país, não atrapalhará as investigações.

Diz a reportagem que Robinho conheceu a brasileira de 18 anos em um restaurante, quando estava acompanhado da esposa e mais cinco amigos. Após deixar a sua mulher em casa, o jogador, ao lado dos amigos, efetuou um estupro coletivo. A menina, porém, só denunciou a situação seis meses depois.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em 2009, o jogador também enfrentou uma acusação de estupro, quando defendia o Manchester City, da Inglaterra. Ele acabou sendo absolvido na ocasião.

Procurada pelo Jogo Extra, a advogada do jogador, Marisa Alija, não pôde conversar com a reportagem pois estava em reunião. Uma pessoa que trabalha com ela, porém, revelou que todos foram pegos de surpresa no escritório com a notícia.

Matéria do jornal italiano

Matéria do jornal italiano Foto: Reprodução Corriere della Sera

 

Extra

 

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627