Areia-PB é reconhecida e premiada pelo Ministério da Cultura com prêmio do Iphan

Publicado em quarta-feira, outubro 24, 2012 ·

Nesta quarta-feira, 24 de outubro, a Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro, em Brasília, será palco da cerimônia de premiação dos sete vencedores da 25ª edição do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, desenvolvido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), vinculado ao Ministério da Cultura.

Mais de 200 trabalhos foram inscritos, mas apenas sete cidades foram contempladas, entre elas a cidade de Areia, que fica localizada no Brejo paraibano. Areia foi à vencedora na categoria Preservação de Bens Móveis, de iniciativa da Associação dos Moradores de Areia (AMA) com a ação da Oficina de Salvaguarda e Restauração intitulada: Areia e seus Museus

Para o presidente da AMA, Carlomano Correa de Abreu, receber um prêmio dessa magnitude é o reconhecimento da valorização da cultura ‘na terra da cultura’ e a cidade só tem a comemorar.

“Nesse projeto nós requalificamos os modelos e a estabilização dos acervos e a partir dele também foi criado em Areia um laboratório de preservação e restauro tudo visando o incentivo da cultura e da preservação do patrimônio histórico”, explicou o presidente da AMA.

Além do presidente da AMA, também estão em Brasília para receber a premiação o prefeito eleito e o vice, Paulo Gomes e André Perazzo, o deputado Tião Gomes (PSL), além das idealizadoras do projeto, Lucia Geovana, Edilene Cardoso e Bisneta Benigna.

Os vencedores receberão certificado, troféu e R$ 20 mil em dinheiro. Este ano, o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade celebra também os 75 anos do Iphan e os 400 da cidade de São Luís, no Maranhão.

A solenidade terá início às 19h e no final haverá o show do sambista Paulinho da Viola. A entrada é franca e limitada ao número de ingressos disponíveis, que serão distribuídos na bilheteria do Teatro, no dia 24 de outubro, a partir das 12h.

A PREMIAÇÃO

A premiação foi criada pelo órgão em 1987 em reconhecimento a ações de proteção, preservação e divulgação do patrimônio cultural brasileiro. O advogado, jornalista e escritor Rodrigo Melo Franco de Andrade comandou o Iphan desde sua fundação, em 1937, até 1967.

Além da ação na cidade de Areia, também serão premiadas as ações dos estados do Amapá, Ceará, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará e São Paulo.

Veja os nomes dos vencedores da edição 2012 em cada uma das sete categorias da premiação:

Promoção e Comunicação

Ação: Deus te Salve João Batista! Uma contribuição sobre o banho de São João de Corumbá

Proponente: Hélènemarie Dias Fernandes – MS

Educação Patrimonial

Ação: Patrimônio Para Todos – Uma aventura através das memórias

Proponente: Instituto de Arte e Cultura-IACC/Escola de Artes e Ofícios do Ceará/Thomaz Pompeu Sobrinho

Pesquisa e Inventário de Acervos

Ação: Belém dos Imigrantes

Proponente: Centro de Memória da Amazônia – Universidade Federal do Pará (UFPA) – PA

Preservação de Bens Móveis

Ação: Oficina de Salvaguarda e Restauração: Areia e seus Museus

Proponente: Associação dos Amigos de Areia – PB

Preservação de Bens Imóveis

Ação: Restauro do painel em mosaico “Alegoria das Artes”, da fachada do Teatro Cultura Artística em São Paulo, de autoria de Emiliano Di Cavalcanti e S.A. Decorações Edis

Proponente: Oficina de Mosaicos Ltda – SP

Proteção do Patrimônio Natural e Arqueológico

Ação: Arqueologia e Socialização na Implantação de um Centro de Pesquisa no Amapá [mais informações]

Proponente: Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá – Núcleo de Pesquisa Arqueológica – AP

Salvaguarda de Bens de Natureza Imaterial

Ação: Flautas Tradicionais do Vale do Jequitinhonha

Proponente: Daniel de Lima Magalhães – MG

Fonte: Paraíba Online com Ascom

Comentários

Tags : , , , , , , ,

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627