Apresentador da CNN pode ser deportado dos EUA por ser contra porte de arma

Publicado em quinta-feira, dezembro 27, 2012 ·

Após declarações contra o uso de armas de fogo nos Estados Unidos, Piers Morgan, britânico que apresenta um programa na CNN e mora no país, tem sido alvo de protestos de cidadãos que defendem o porte de armas, informou a BBC, na última segunda-feira (24/12).
Crédito:Divulgação
Apresentador pode ser deportado por ser contra porte de armas nos EUA
Mais de 30 mil americanos colocaram seus nomes em um abaixo-assinado, postado no site da Casa Branca, pedindo a deportação de Morgan. A ideia surgiu de um jornalista texano depois de o apresentador deixar claro, dias após o massacre em Connecticut, que não apoiava o uso de armas.
“Nós exigimos que o sr. Morgan seja deportado imediatamente por seu esforço para minar a Carta Magna e explorar sua posição em uma cadeia nacional de televisão para montar ataques contra os direitos dos cidadãos americanos”, diz a petição.
“Se eu realmente for deportado dos EUA por querer menos assassinatos com armas, tem algum outro país que pode me aceitar?”, brincou Morgan em sua página no Twitter.
Entrevista polêmica
Durante uma entrevista com Larry Pratt, diretor da organização Donos de Armas da América, o apresentador chamou seu entrevistado de estúpido, depois de ele afirmar que os problemas maiores ocorrem em áreas onde armas são proibidas.
“Você é um homem muito estúpido, não é mesmo?”, disparou Morgan. “Você não tem um mísero argumento coerente. Você na verdade não dá a mínima sobre a taxa de assassinatos com armas nos EUA.” Ao fim da entrevista, acrescentou: “você envergonha o seu país”.
Portal IMPRENSA

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627