Após quatro anos, Luiz Couto perde segurança pessoal da PF

Publicado em quarta-feira, outubro 22, 2014 ·

LUIZ COUTOO deputado federal Luiz Couto (PT) foi informado pela Polícia Federal na última sexta-feira (17) sobre a suspensão de sua escolta policial, motivada por supostas ameaças de morte de grupos de extermínio na Paraíba.

A justificativa para a suspensão do serviço seria o custo para manter uma equipe de segurança à disposição do parlamentar que contava com o reforço policial há quatro anos.

O petista obteve a segurança em 2010, com interveniência da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, e atribui as ameaças a uma milícia que teria assassinado mais de 200 pessoas, inclusive o ativista, Manoel Matos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Luiz Couto suspeita de “retaliação” de delegados, pelo apoio a projetos que favorecem agentes da Polícia Federal, e já se queixou ao ministro da Justiça.

Em outubro de 2013, a Polícia Federal descobriu suposto plano de um ex-policial militar, que teria contratado dois pistoleiros para matar Luiz Couto. As informações são do colunista Claudio Humberto.

couto

BlogdoGordinho

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627