Anatel deve proibir operadora de celular de fazer nova cobrança quando ligação cair

Publicado em quarta-feira, agosto 15, 2012 ·

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deve passar a proibir as operadoras de telefonia celular de cobrarem por novas chamadas para um mesmo número caso a ligação caia. A medida vem depois de o Ministério Público do Paraná ter acusado a TIM, com base em relatório da própria Anatel, de derrubar intencionalmente a ligação dos clientes do plano Infinity para ganhar a mais pela cobrança de uma nova chamada. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

A medida da Anatel atingirá todas as operadoras, mas a TIM deve ser a mais afetada. A proposta é dar 2 minutos para que as pessoas refaçam suas ligações sempre que houver uma queda, independente do motivo. Durante esse período, as operadoras não poderão cobrar pela nova chamada.

No dia 7 de agosto, O Ministério Público do Paraná ingressou com ação judicial solicitando a retomada da suspensão das vendas de chips da operadora de telefonia TIM Celular no estado. A medida tem por base relatório da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) segundo o qual a operadora derrubou de propósito as chamadas feitas pelo  plano Infnity – em que o usuário é cobrado por ligação, não pelo tempo de duração da conversa.

As conclusões da agência se deram depois de monitoramento em todo o Brasil, comparando quedas entre usuários do Infinity aqueles que não tem o plano. Segundo a Anatel, em um único dia –  8 de marco deste ano – a TIM derrubou 8,1 milhões de ligações e faturou, com isso, um extra de R$ 4,3 milhões.

A assessoria da Anatel não confirmou a informação dada pelo jornal, mas disse estar apurando o assunto.

Rede Brasil Atual

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br