Aluno faz pancadaria ao fingir ser doente mental e provoca correria em faculdade da Paraíba

Publicado em quarta-feira, outubro 22, 2014 ·

UNESCUma simulação de estudantes do curso de Psicologia da União de Ensino Superior de Campina Grande (Unesc) terminou em confusão e correria na noite dessa terça-feira (21). Grávidas passaram mal e tiveram que ser socorridas para o hospital por ambulâncias do Samu.

De acordo com o estudante Juan Pablo, estava ocorrendo uma aula no curso de Psicologia onde alunos simulavam pessoas com problemas de saúde mental. Em determinado momento, um dos estudantes saiu da sala correndo e destruindo móveis. A ação dele foi interpretada como se estivesse ocorrendo um assalto do tipo arrastão.

“Foi uma correria geral na faculdade. O aluno estava encenando um doente mental e saiu quebrando tudo na universidade. Houve um tumulto generalizado pelos corredores provocando pânico, pois todos pensávamos que se tratava de um arrastão. Eu saí da sala juntamente com um professor, que é bombeiro militar e estava armado, para prender o suposto assaltante”, conta o estudante.

Ainda conforme Juan Pablo, o estudante encenou que iria pular do primeiro andar, mas foi segurado por ele. “Segurei o rapaz pensando que ele iria se jogar, mas aí descobrimos que se tratava de uma aula prática. Não fomos avisados sobre o procedimento, o que foi repudiado por outros alunos”.

Devido ao susto, grávidas passaram mal e foram socorridas pelo Samu para o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea) de Campina Grande. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Campina Grande, duas gestantes foram levadas para o Isea onde passaram por atendimento e foram liberadas. A terceira gestante foi atendida na faculdade.

O Portal Correio tentou por toda a manhã fazer contato com a direção da Unesc, mas ninguém foi localizado para falar sobre o caso.

 

Portal Correio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627