Aesa prevê chuvas acima da média no Agreste e Brejo da Paraíba nos próximos três meses

Publicado em sexta-feira, Maio 2, 2014 ·

Reprodução/Facebook/Padre Djacy Brasileiro
Reprodução/Facebook/Padre Djacy Brasileiro

A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) está prevendo chuvas acima da média histórica em áreas isoladas do Litoral, Brejo e Agreste da Paraíba nos próximos três meses. De forma geral, essas regiões devem ter chuvas dentro da normalidade, segundo a Aesa. O prognóstico climático para as próximas 24 horas, iniciando às 9 horas desta sexta-feira (2), é de chuvas nas regiões do Agreste, Brejo e Litoral.

“É importante ressaltar a possível ocorrência de chuvas intensas em alguns períodos. Isso pode acontecer caso persista a condição de águas aquecidas além do normal nas proximidades da costa leste do Nordeste”, alertou a meteorologista Carmem Becker.

As chuvas são esperadas com ansiedade pelos moradores do Agreste e Brejo, que enfrentam sério racionamento de água. O principal reservatório da região, a barragem de Canafístula II, localizada no município de Borborema, ainda figura entre os que estão em observação, com apenas 12% da sua capacidade total. Dos 4.102.626 milhões de metros cúbitos que suporta, a barragem está com apenas 494.001 mil metros cúbicos de água.

A situação de Jandaia, em Bananeiras, é ainda pior. O reservatório está com apenas 9,8% de sua capacidade total. Dos 10.032.266 milhões de metros cúbicos, o açude tem apenas  987.800 mil metros cúbicos, de acordo com a tabela da Aesa.

Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627