Açude Boqueirão será fechado nesta sexta, confirma Dnocs

Publicado em quarta-feira, abril 10, 2013 ·

Jornal Correio da PB
Jornal Correio da PB

O coordenador estadual do Departamento de Obras de Combate às Secas na Paraíba (Dnocs), Solon Alves Diniz, informou que poderá ir até o município de Boqueirão na próxima sexta-feira, para oficializar o fim da irrigação via Açude Epitácio Pessoa. Pelo menos 2.500 trabalhadores serão afetados, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Boqueirão. O manancial está com 52,77% do total de seu volume.

“Nenhum produtor está plantando mais. Os agricultores estão apenas colhendo o que já foi plantado. Nós tínhamos dado o prazo até o dia 30 de março para fechar de vez a irrigação, mas resolvemos esperar mais alguns dias de abril. Na sexta provavelmente eu estarei indo até lá para avaliar a situação e poderemos fechar a irrigação”, disse Solon.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Entretanto, nem todos os produtores estão no fim da colheita. O trabalhador rural Raimundo Alves, que trabalha em uma produção de tomate no Sítio Cavaco, disse que serão necessários pelo menos mais 70 dias para colheita. “Se esta irrigação for fechada esta semana, perderemos 36 mil pés de tomate. Toda a produção estará perdida e eu meus companheiros, todos pais de família, ficaremos sem trabalho. É uma injustiça, enquanto a gente perde o pouco que tem, os donos das mansões continuam usando as ilhas de forma desordenada”, afirmou.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Boqueirão, Geraldo Barbosa, a entidade tentará negociar mais uma vez com o Dnocs, para que o órgão aguarde o final do ciclo de todas as colheitas e só depois disso, parar a irrigação. “Toda injustiça está sendo em cima dos pequenos agricultores, isso é uma irresponsabilidade de gestão do Dnocs que deveria enquanto órgão gestor fiscalizar e fazer o controle da irrigação, para avaliar quem está agindo de forma irregular”, afirmou.

Ele completou que será formada uma Comissão Gestora do Açude Epitácio Pessoa, que estudará entre outras medidas, o fim das grandes produções de banana e coco da região, que segundo ele, utilizam maior volume de água do açude para irrigar. “A ideia é manter apenas as produções que utilizam a irrigação por gotejamento”, ressaltou.

 

Fernanda Moura, Correio da Paraíba

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627