Abandono: população de Remígio denuncia descaso do DER

Publicado em sábado, Abril 28, 2012 ·


Os Moradores do município de Remígio, a 137 km de João Pessoa, estão denunciando o descaso do Departamento de Estradas e Rodagens –D.E.R. com o trevo da entrada da cidade, rodovia PB-105, onde praticamente não existe mais asfalto e vários buracos dificultam a passagem dos veículos que utilizam esta via de acesso, principal meio de ligação entre o brejo e curimataú a Campina Grande, maior centro econômico da região.

A prefeitura da cidade já enviou um ofício à chefia regional de Solânea desde o dia 04 de abril do corrente ano, mas até o presente momento nenhuma providencia foi tomada. São constantes as reclamações dos motoristas nas emissoras de rádio da região devido ao grande fluxo de carros e motos que passam diariamente pelo local, sendo que muitos deles estouram pneus e amortecedores além dos constantes acidentes registrados, inclusive com vítimas fatais. Este é um verdadeiro desrespeito aos proprietários que pagam altas taxas quando na hora de regularizar seus carros e motos.

De acordo com Edenize Matheus, chefe de gabinete de Remígio, até o Poder Judiciário tem cobrado da prefeitura que peça ao DER uma solução para o problema. Curiosamente a cerca de um mês o DER fez uma operação “tapa buraco” na PB-079, trecho que liga Remígio a Areia, mas deixou o trecho mais crítico, o trevo, abandonado. Edenize complementou afirmando que este é o momento correto para a execução da obra, visto que o período junino na região é sempre marcado por chuvas e a mais de um ano aguardasse uma providencia, mas até agora nada. “Estamos pagando um preço muito caro, a Praça Joaquim Cavacanti de Moraes, ao lado do trevo, foi praticamente destruída, as pessoas culpam o executivo municipal e não o D.E.R.”, disse a chefe de gabinete.

Contactada pela reportagem do remigioemnoticia.blogspot.com.br na manhã de hoje, a direção estadual do D.E.R. através do Departamento de manutenção disse que o diretor Antonio Fleming Martins Cabral estava em viagem oficial acompanhando o governador Ricardo Coutinho e quem atendeu a solicitação foi o  Divisão de Conservação e Melhoramento – DCM Josenaldo Belmont, ele informou que não há previsão para início das obras já que o governo está preparando o processo de licitação para uma nova operação “tapa buracos”.

 

Crédito das Fotos: Secretaria de Comunicação

SECOMEV REMÍGIO

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627