‘Acordei ensangüentada e com as pernas tremendo’, diz menina ao denunciar professor por estupro em Bayeux

Publicado em quinta-feira, setembro 8, 2011 ·

Vítma de 14 anos
Vítma de 14 anos

Uma adolescente de 14 anos denunciou na tarde desta quinta-feira (8) ter sido estuprada por um professor da Escola Estadual João Fernandes, localizada no município de Bayeux, Grande João Pessoa.

‘Acordei ensangüentada e com as pernas tremendo’, declarou a menina ao acusar Pablo Fernando Rodrigues de violentá-la sexualmente.

De acordo com o repórter Emerson Machado da Tv Correio, o estupro ocorreu há um ano, mas só hoje a vítima teve coragem de relatar o abuso a mãe.

Ela completou: ‘Tinha vergonha de dizer, mas comecei a receber ameaça de morte nos últimos dias e tenho certeza que é ele me ligando’.
Mãe e filha procuraram o Conselho Tutelar da cidade de Bayeux, onde foram recebidas por Jarbas Coelho e Daílton Ribeiro.

Em seguida, foram encaminhadas á Delegacia da Mulher, onde prestaram queixa junto à delegada Lídia.

‘Ele me pegou no colégio, me dopou e apaguei, não lembro de mais nada’, concluiu a menina.

Durante depoimento, a adolescente relatou ainda que outras três alunas da escola também foram violentadas pelo professor. A polícia segue investigando.

O professor Pablo Fernando foi localizado pela polícia e encaminhado à Delegacia da Mulher.

Em entrevista ao repórter Emerson Machado, o professor negou as acusações.

Ele foi levado à GEMOL – Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal de João Pessoa – para exames. Em seguida, liberado.


Pollyana Sorrentino/Portalcorreio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br