Educação e Saúde

Volta às aulas: período requer atenção com a saúde de crianças e adolescentes

Publicado em terça-feira, fevereiro 12, 2019 ·

O cuidado com a saúde do público infanto-juvenil é uma das preocupações da Geap, operadora de saúde que atende milhares de pessoas, em todo o país

Ao retornar às aulas, crianças e adolescentes precisam se readaptar aos novos horários, aos novos hábitos alimentares e atividades da rotina escolar. O período é importante também para os responsáveis. A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) destaca que o desenvolvimento dos pequenos pode ser prejudicado caso familiares e educadores não participem e nem fiquem atentos aos fatores que podem afetar a saúde, no retorno ao ano letivo.

Entre os cuidados básicos listados pela SBP, aparecem as medicações e as vacinações. É importante que os cartões de vacinação dos alunos estejam em dia. Essa atitude previne casos de doenças de transmissão interpessoal, como o sarampo, considerando o convívio em ambientes coletivos. A necessidade de medicações, especialmente as de estudantes com doenças crônicas, deve ser claramente informada à escola.

As recomendações da Geap e da SBP se voltam ainda sobre os sinais de bullying e outras formas de violência, além do monitoramento dos horários, em prol do sono e descanso adequados; a alimentação balanceada; a postura ao carregar pesos; as dores de cabeça e dificuldades de leitura; e sobre os sintomas de doenças como dengue, zikachikungunya e febre amarela.

Pensando na atenção especial que deve ser dada a crianças e adolescentes, a Geap Saúde conta com um programa dedicado a este grupo. O objetivo é atender às necessidades que estes possuem, para que o rendimento escolar não seja prejudicado devido às mudanças na rotina.

A Geap reforça que a orientação médica deve ser buscada sempre, em caso de dúvidas. Pediatras podem agregar todas as demandas junto às famílias e aos educadores, porque entende as especificidades de todas as faixas etárias. Além dos hospitais e profissionais credenciados à rede, a Geap oferece aos beneficiários, sem cobrança de coparticipação, uma política que garante a integralidade da assistência.

Com a Política Mais Saúde, a Operadora atende às necessidades de saúde dos beneficiários e seus familiares, mantendo programas de saúde especialmente desenvolvidos para cada público. O programa “Saúde da Criança e do Adolescente” é um deles. “Por meio desse programa, uma equipe multiprofissional acompanha o crescimento e o desenvolvimento dos nossos beneficiários de idade entre 0 e 18 anos”, explicou a Diretora de Saúde da Geap, Luciana Rodriguez.

SERVIÇO: www.geap.com.br

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS












INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627