Vice-líder do governo fala em Eduardo Campos 2018

Publicado em quarta-feira, setembro 18, 2013 ·

eduardo-niver-beto-sergio-negliaSobre o anúncio da saída do PSB com a entrega dos cargos que ocupa no governo federal, considero não ser o melhor caminho nem para o partido, nem para o governo. Em primeiro lugar, quero reafirmar o meu respeito à decisão do PSB, mas não posso deixar de expressar minha opinião.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O PSB é estratégico na aliança que construímos e que está mudando o Brasil. A descontinuidade dessa aliança não será boa e, seguramente, trará prejuízos ao projeto de transformação que estamos implementando no Brasil, com Lula e agora com Dilma, e no Rio Grande do Sul, com Tarso Genro. Espero que com muito diálogo e negociação política possamos reverter essa decisão e manter a unidade em torno da reeleição da presidenta Dilma e do governador Tarso.

O PSB seguramente vai continuar crescendo com o crescimento deste campo político de esquerda, que inclui PT, PCdoB e PDT. Temos períodos curtos de governos populares no Brasil e precisamos aproveitar essas oportunidades para aprofundar as mudanças que estão proporcionando a melhoria da qualidade de vida da população brasileira.

Penso, ainda, que o governador Eduardo Campos tem toda a potencialidade para ser presidente da República e o PSB tem toda legitimidade para disputar este espaço, mas precisamos achar uma saída para manter essa unidade da esquerda em 2014. E o projeto de futuro, inclusive com a possibilidade de Campos se tornar candidato em 2018, devemos elaborar juntos.

Henrique Fontana

Deputado federal e vice-líder do Governo Dilma na Câmara dos Deputados

 

viomundo

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627