ViAção Paraíba Fronteiras chega a Picuí nesta terça-feira

Publicado em sábado, junho 4, 2011 ·

fotos edio do viao paraba em umbuzeiro 3Três municípios paraibanos que fazem divisa com estados vizinhos são alvos do Projeto ViAção Paraíba Fronteiras 2011, com mostra de filmes nordestinos, seguida de debates, e realização de oficina de audiovisual. Depois da  cidade de Umbuzeiro, na fronteira com Pernambuco, o ViAção Paraíba irá para Picuí, no Curimataú paraibano, divisa com o Rio Grande do Norte.

As atividades começam nesta terça-feira (7/6) e até a próxima quinta (9/6), noções de cinema e vídeo serão repassadas pelo coordenador geral do ViAção Paraíba, Torquato Joel, aos inscritos no minicurso “Aprendendo a Ler Imagens em Movimento”, no Auditório Municipal, situado no Bairro Monte Santo. Nos dois primeiros dias, às 20h, haverá a Mostra de Filmes Curtametragem. Na terça (07/06), será na Vila de Santa Luzia, e na quarta-feira (08/06), no Anfiteatro do Centro de Convivência Pedro Tomás Dantas.

O tema dos filmes exibidos na mostra é o problema migratório. Os moradores da cidade vão poder conferir os curtas ‘Passadouro’ (PB) e ‘Coxixola existe, é aqui!’ (PB), ambos dirigidos por Torquato Joel; ‘A Canga’ (PB), de Marcus Vilar; ‘Tempo de Ira’ (PB), de Marcélia Cartaxo e Gisela Melo; ‘O Som do Tempo’ (PE), de Petrus Cariri, e ‘Lá traz da Serra’ (PB), direção de Paulo Roberto.

Este ano, as ações do ViAção Paraíba, que já está na 7ª edição, foram realizadas na cidade de Umbuzeiro, no Cariri paraibano, que faz fronteira com Pernambuco, no período de 10 a 12 de maio. O projeto tem patrocínio do BNDES e Programa BNB de Cultura, e realização da UFPB, através da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários e Coordenação de Extensão Cultural (Prac-Coex), com apoio das prefeituras. Entre os dias 05 e 07 de julho, as atividades acontecem na cidade de Conceição, no Sertão, que faz divisa com o Ceará.

Os responsáveis pela execução das atividades em Picuí, além do coordenador geral e ministrante Torquato Joel, são Francisco José Rodrigues (Dudé), coordenador administrativo; Daniel Theodósio Amaral, monitor; e Igor da Nóbrega Gomes e Kennel Rógis, estagiários.

Para Torquato Joel, a atuação em Umbuzeiro, no mês passado, surpreendeu a equipe pela participação entusiasmada de uma faixa muito jovem de alunos. “Também tivemos a participação de professoras, que são agentes multiplicadoras fundamentais. Além de um panorama da linguagem do audiovisual, de uma análise crítica da linguagem, os alunos fizeram roteiros interessantes sobre o cotidiano da cidade. O que é legal porque uma das faces do audiovisual é despertar a nossa atenção para aquilo que olhamos, mas não vemos no dia-a-dia, um olhar mais apurado sobre o que nos cerca”, explicou.

Em Umbuzeiro, segundo Torquato, os alunos conseguiram tratar de forma poética temas como as chegadas e partidas, sonhos e desejos de pessoas nas toyotas, na praça central da cidade, ou sobre uma suntuosa jurema que se espalha na Estação Experimental da Emepa. “O ViAção tem esse caráter de utilizar o audiovisual para despertar os valores que a população pouco ou quase nunca percebe no seu lugar”.

Com relação à Picuí, também são esperados resultados positivos. “A cidade é um centro de mineração, conta com um Instituto Federal de Educação recém implantado. Esperamos a participação de jovens vindos do instituto e de escolas do ensino médio. O nosso interesse é utilizar o audiovisual para despertar uma visão mais perceptiva do mundo e estimular o surgimento de realizadores e cineclubistas, como tem acontecido em algumas cidades por onde passamos”, observou Torquato Joel.

Na cidade de Picuí, a expectativa para o início das ações do ViAção Paraíba Fronteira também é grande. A diretora de Cultura do município, Joana Cristina Santos, contou que Picuí é uma cidade que tem entre suas tradições culturais a valorização do cinema. “A geração mais velha teve o privilégio de participar de exibições de filmes na cidade, mas lamentavelmente, como aconteceu em várias cidades do Brasil, o cinema não foi recuperado contribuindo, entre outros fatores, para que esta arte fosse afastada do povo”, disse.

Segundo Joana Cristina, a nova geração quase não tem oportunidade de ver filmes regionais de qualidade e, todas as vezes que isso é proporcionado, os picuienses participam ativamente. “Esperamos que o Projeto ViAção Paraíba possa corresponder às expectativas das comunidades que irão recebê-lo. Como Diretora de Cultura deste município, fica o sentimento não só de satisfação, más de obrigação de colocar a Prefeitura à disposição,  favorecendo e proporcionando à população o direito à cultura e à informação”, finalizou.


Programação da Mostra de Filmes

“Passadouro” (PB) – fic – 6′

Direção: Torquato Joel

A transformação de hábitos e costumes no sertão com a instalação de parabólicas no campo. O velho e o novo coabitam o mesmo espaço.

“Coxixola existe, é aqui!”, (PB) – doc –5′

Direção: Torquato Joel

O impacto da chegada da televisão, sobretudo entre os mais velhos, com a instalação de energia elétrica na zona rural do município de Coxixola, região do cariri paraibano.

“A canga” (PB) – fic – 12′

Direção: Marcus Vilar

Em plena seca, a brutalidade de um pai forçando toda família a arar a terra.

“Tempo de Ira” (PB) – fic – 12′

Direção: Marcélia Cartaxo e Gisela Melo

Todos estão partindo, mas Cícera tem que ficar para cuidar da mãe enferma num ambiente de estio na seca do sertão.

“O som do tempo” (PE) – doc – 10′

Direção: Petrus Cariri

“O sertão está em toda parte, o sertão é dentro da gente.” – Guimarães Rosa. O concreto avança contra Dona Maria, mas ela segue em frente, com toda calma do mundo.

“Lá traz da serra” (PB) – doc – 7’40”

Direção: Paulo Roberto

Seu Antônio de Epitácio vive há mais de 20 anos com sua
família isolado de tudo e de todos atrás da Serra de Santa Catarina.
Lá, tira da terra o seu sustento e vive como o verdadeiro sertanejo, se
“orgulhando de ser brasileiro, paraibano puro, puro, puro”.







Denise Vilar para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627