Vettel vence e cola de vez em Alonso em dia de pódio de Massa e Koba

Publicado em domingo, outubro 7, 2012 ·

E não é que a sorte, grande companheira durante toda temporada 2012, resolveu dar as costas a Fernando Alonso em Suzuka? As bandeiras amarelas, que atrapalharam seu treino classificatório no sábado, eram apenas o indício de um fim de semana de prejuízo para o líder do campeonato. “Quem sabe temos mais sorte no domingo”, disse Alonso. Doce ilusão. O espanhol exagerou na largada, tocou a roda traseira esquerda na asa dianteira de Kimi Raikkonen, teve o pneu furado e acabou abandonando a prova. De quebra, viu o vice-líder Sebastian Vettel vencer o GP do Japão e fazer a diferença de 29 pontos praticamente virar pó.  O alemão da RBR foi perfeito na corrida em Suzuka: fez a pole, manteve a ponta na largada, liderou a prova inteira, fez a melhor volta e venceu, completando o chamado “Grand Chelem”, algo raro na F-1 (foi a segunda de Vettel, a primeira dele foi no GP da Índia de 2011).

Restando cinco provas para acabar a temporada, o placar é de 194 x 190 para o espanhol. Com Lewis Hamilton e Raikkonen distantes na classificação, os dois bicampeões do grid agora devem protagonizar um duelo particular para ver quem fica com o terceiro título mundial.

massa vettel Kobayashi fórmula 1 japão  (Foto: Reuters)Massa, Vettel e Kobayashi fazem a festa no pódio do GP do Japão (Foto: Reuters)

Dia ruim para Alonso, mas ótimo para Felipe Massa. O brasileiro cruzou em segundo e voltou a sentir o sabor do champanhe no pódio após um jejum de quase dois anos (35 corridas), desde o terceiro lugar no GP da Coreia, em outubro de 2010. Massa fez uma largada espetacular, se livrou das confusões na primeira curva e pulou da décima para a quarta posição. Em seguida, ganhou as posições de Kamui Kobayashi e Jenson Button na primeira rodada de pit stops para subir para segundo. Resultado importante para o piloto, que buscava um resultado expressivo para impressionar a Ferrari e garantir a renovação de contrato para 2013.

Para delírio da apaixonada torcida japonesa, Kobayashi segurou a pressão de Button nas voltas finais, completou a prova em terceiro e subiu ao pódio pela primeira vez na carreira. Ele se tornou o primeiro piloto do país a subir ao pódio desde Takuma Sato no GP dos EUA de 2004 e o primeiro em Suzuka desde Aguri Suzuki, em 1990.

Bruno Senna não teve o mesmo sucesso de Massa neste domingo. Perdeu o bico da Williams após um toque na Mercedes em Nico Rosberg na largada e teve que ir aos boxes na primeira volta. Em razão do incidente, foi punido com um drive-through e precisou visitar os boxes novamente. Com a corrida prejudicada logo de cara, terminou apenas na 14ª posição.

A Fórmula 1 volta já na próxima semana para o GP da Coreia. Assim como a corrida de Suzuka, a prova em Yeongam também será na madrugada. A TV Globo transmite a 16ª etapa da temporada 2012 ao vivo a partir das 3h de domingo (horário de Brasília). O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

 Alonso abandona na largada

Se Alonso reclamou de azar no treino de sábado, imagina neste domingo. Logo na largada, o espanhol rodou e deixou a prova. Ele não deu espaço para Raikkonen, encostou no aerofólio dianteiro do finlandês e furou o pneu traseiro esquerdo da Ferrari. Rosberg se envolveu em um incidente com Bruno e também abandonou. O brasileiro perdeu o bico da Williams e teve que seguir para os boxes. Grosjean – que já foi suspenso por uma prova por provocar um acidente na largada de Spa – voltou a aprontar. Acertou a RBR de Webber na primeira curva, prejudicando a prova dos dois. O francês foi punido com um stop and go (parada obrigatória de 10s nos boxes). E no meio de tanta confusão, quem se deu bem foi Massa. Ele viu Grosjean tocar em Webber à sua frente, mas conseguiu desviar a tempo e pulou da décima para a quarta colocação. Button também lucrou: passou de oitavo para terceiro.

alonso comemorando fórmula 1 japão (Foto: AP)Após toque com Raikkonen, Alonso fura pneu e abandona GP do Japão logo na largada (Foto: AP)

Com tanto tumulto logo de cara, o safety car precisou entrar em ação. Na relargada, Vettel manteve a ponta mais uma vez com tranquilidade, seguido por Kobayashi e Button. Sergio Pérez tentou ultrapassar o quinto colocado Raikkonen na primeira curva, mas levou um “chega para lá” e saiu da pista. Massa se manteve em quarto.

Massa ganha posições nos boxes

Button foi o primeiro do pelotão da frente a trocar pneus, na 15ª volta, e Kobayashi foi para os boxes na volta seguinte. Nesse momento, Massa assumiu a segunda posição, atrás de Vettel. O brasileiro imprimiu uma boa sequência de voltas rápidas, parou nos boxes na 18ª volta e retornou à frente do inglês da McLaren e do japonês da Sauber. Enquanto isso, o alemão da RBR aproveitou as trocas de posições dos rivais para abrir boa vantagem na liderança.

Pérez abandonou a prova na 20ª volta. O mexicano da Sauber se enrolou ao tentar ultrapassar, justamente, Hamilton, piloto que substituirá na McLaren em 2013. Enquanto isso, na quarta posição, Button informava à equipe que sofria com problemas no câmbio de seu carro. Senna, que vinha fazendo uma corrida de recuperação, precisou pagar um drive-through em razão do toque em Rosberg na largada e voltou a perder algumas posições.

Na 32ª volta, Kobayashi fez sua segunda parada nos boxes. Button, Massa e Vettel foram para os pits nas voltas seguintes e nada mudou entre os quatro primeiros colocados. O britânico da McLaren então começou a caça ao japonês da Sauber por um lugar ao pódio.

 Kobayashi segura pressão de Button

Nas últimas voltas, Button chegou a reduzir a diferença de 4s para 1s5, mas não conseguiu superar Koba, que ficou com o terceiro lugar no pódio. Enquanto isso, Vettel completou seu passeio por Suzuka com tranquilidade, cruzando a linha de chegada 20s à frente de Massa. Hamilton completou a prova em quinto, seguido por Raikkonen, Nico Hulkenberg, Pastor Maldonado e Webber. Daniel Ricciardo fechou zona de pontuação, menos de um segundo à frente de Michael Schumacher.

Confira o resultado final do GP do Japão, 15ª etapa da temporada:

1 – Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) – 1h28m56s242
2 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) – a 20s639
3 – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – a 24s538
4 – Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – a 25s098
5 – Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – a 46s490
6 – Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) – a 50s424
7 – Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) – a 51s159
8 – Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) – a 52s364
9 – Mark Webber (AUS/RBR-Renault) – a 54s675
10 – Daniel Ricciardo (AUS/STR-Ferrari) – a 1m06s919
11 – Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – a 1m07s769
12 – Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) – a 1m23s400
13 – Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari) – a 1m28s600
14 – Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) – a 1m28s700
15 – Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) – a 1 volta
16 – Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) – a 1 volta
17 – Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) – a 1 volta
18 – Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) – a 1 volta
19 – Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) – a 1 volta

Não completaram:
Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) – na 39ª volta
Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) – na 34ª volta
Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) – na 19ª volta
Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – na 1ª volta
Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – na 1ª volta

Melhor volta – Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) – 1m35s774

Clique na imagem e veja a galeria de fotos do GP do Japão:

chamada galeria fórmula 1 japão 2 (Foto: Editoria de Arte/Globoesporte.com)

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br