Vereadores de Araruna aprovam suplementação orçamentaria por unanimidade, porem se isentam da falta de pagamentos por parte da prefeita

Publicado em domingo, novembro 18, 2012 ·

 

A sessão ordinária do dia 17 de novembro do corrente ano, realizada hoje na Câmara Municipal de Araruna foi distinta mais uma vez por uma grande assistência por parte de Ararunenses que estavam interessados no desfecho de mais um capitulo sobre a tão badalada “Suplementação orçamentária” encaminhada pelo executivo municipal a Casa Legislativa, estiveram presentes os seguintes vereadores: Adailson Bernardo, Ana Cordeiro, Doroteia de Lourdes, Jerffeson Targino, Luis Martiniano, Iran Pontes e Naldo de Zé de Neco. O presidente da casa, Luis Martiniano, deu como ordem do dia: Projeto de Lei 69/2012 que trata da suplementação orçamentária e Votos de aplauso para o jornalista Junior Campos.

Antes de iniciar a sessão os vereadores das duas bancadas entraram em consenso e apresentaram a emenda comum e reduziram o percentual de suplementação de 30% pedido pelo executivo para 15%, pois na aprovação da lei 51/2011, que é LOA(Lei Orçamentária Anual) já havia sido dado um percentual de 10%, logo totalizaria uma de suplementação de 25%, caso seja aprovado.

A sessão foi iniciada e marcada pelo debate sobre a necessidade da suplementação orçamentária onde o vereador Adailson Bernardo fez uma explanação dos números financeiros da prefeitura, mostrando que há mais de 53% de disponibilidades orçamentária, além da disponibilidade de recursos em caixa de mais de 4 milhões de reais, isto até agosto, logo se realmente haver a necessidade de suplementação, então houve mais uma vez grande erro ou do contador ou do executivo em gerenciar o orçamento e não dos vereadores como querem culpar os aliados da atual prefeita, concluiu o vereador.

Em seguida o parlamentar Jerffeson Targino seguiu a mesma linha de pensamento e fez a seguinte indagação, a câmara e Justiça negaram a ultima suplementação, no entanto houveram os pagamentos em atraso no ano passado, logo o culpado mais uma vez não foi os vereadores e sim ingerência do executivo.

Logo depois de concluído os debates o presidente colocou o parecer do projeto de lei 69/2012 e também a emenda a este projeto em votação e ambos foram aprovados por unanimidade, bem foi posto em votação o Voto de aplauso do jornalista Junior Campos que também foi confirmado com o mesmo sufrágio.

 Vejam as fotos da sessão:

 

 

 

 

 

 

 

araruna1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627