no Sertão da Paraíba

Vereadora dona de ‘cabaré’ faz lives beneficentes na pandemia

Publicado em quinta-feira, julho 9, 2020 ·

A vereadora Ariana Maia Saldanha (Progressistas), de 46 anos, mais conhecida como ‘Lilia’, é a atual presidente da Câmara Municipal de São José do Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba, cidade de pouco mais de 1,8 mil habitantes, segundo dados do IBGE em 2019, localizada a 530 km da capital do estado, João Pessoa.

A parlamentar tem uma trajetória política e pessoal bastante peculiar. Encerrando o quinto mandato em 2020, durante sua caminhada acabou se tornando proprietária do bar ‘Sol e Lua’, em Caicó (RN), sua cidade natal, estabelecimento que com o tempo veio a se transformar em um ‘cabaré’, nome popular da região para as definições conhecidas nacionalmente como bordel.

Hoje em dia Lilia se divide entre as atividades na Câmara Municipal e o gerenciamento do Sol e Lua, atualmente fechado para funcionamento em virtude de decreto do Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Mesmo assim, a proprietária procura dar suporte às garotas que costumeiramente atuam no local, promovendo lives beneficentes em seu canal no YouTube, que têm arrecadado dinheiro e alimentos não perecíveis também para instituições de caridade da região em meio à pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

“Em duas lives, já arrecadamos R$ 27 mil, sendo R$ 10 mil na primeira e R$ 17 mil na segunda, além de 2,5 toneladas de alimentos”, comemora Lilia, em contato com o Portal Correio. Os detalhes das doações podem ser vistos no perfil da vereadora no Instagram.

As lives são apresentadas pela própria vereadora e têm performances de dança como atrações. Também há espaços para patrocinadores, tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais) e, para doações, são disponibilizados números de contas bancárias e QR Code. “Se lá para agosto ainda estiver tudo parado, penso na possibilidade de fazer uma terceira live“, comenta.

Trajetória

Dona de personalidade marcante, decidida quanto a suas posições e fugindo de estereótipos que possam tentar desvirtuar suas convicções, Lilia segue tradição familiar de envolvimento com a política.

“Meu avô foi prefeito de Jardim de Piranhas (RN), mas há políticos dos dois lados da família, tanto dos Maia quanto dos Saldanha. Depois que São José do Brejo do Cruz se emancipou, onde meus pais têm fazenda, me lancei candidata a vereadora, em 1996, me reelegendo em 2000 e ficando de fora ao tentar nova eleição em 2004, mesmo tendo sido bem votada, mas fui impedida pelo coeficiente eleitoral”, conta a vereadora.

Nesse momento, segundo relatou, ela se viu sem emprego ou atividade definida para seu sustento. Foi então que retornou a Caicó e fundou o bar Sol e Lua.

“Quando o bar já funcionava, as meninas foram chegando aos poucos e o local acabou se transformando em um ‘cabaré’. Foi algo natural, não foi planejado”, conta a empresária/parlamentar, relatando que por quatro anos se dedicou exclusivamente ao Sol e Lua, voltando a se eleger vereadora em 2008. De lá para cá já foram mais três mandatos, nos quais ela se alternou na presidência da Câmara, cargo que ocupa na legislação atual.

Em São José do Brejo do Cruz, também mantendo a tradição familiar, a mãe de Lilia, Ráfia Maria das Graças Maia Saldanha (PRB), é a atual vice-prefeita do Município, que tem como titular a prefeita Ana Maria da Silva Oliveira (PR).

Quebrando paradigmas

Lilia não tem problemas em se declarar homossexual, mas ressalta que isso é uma questão de foro íntimo e que não influencia em sua atuação parlamentar, em seus negócios como empresária ou em suas relações com a população e eleitores, mesmo em um ambiente de tradições rígidas como o Sertão nordestino.

“Quando se tem vida pública, estamos sujeitos às críticas, mas não deixo que me afetem. Sou uma mulher íntegra, de vergonha, de caráter, respeito todos e sou respeitada. Tenho todas contas aprovadas e atuo sempre com honestidade”, declara.

Na atividade parlamentar, Lilia afirma que não levanta bandeiras LGBT+ e diz que “não comunga com algumas práticas”, mas prega, sobretudo, o respeito entre todas as pessoas, de qualquer orientação ou credo.

Política x cabaré

“São coisas diferentes. Atualmente estou um tanto desestimulada com a política, principalmente após ver o envolvimento na corrupção de políticos que eu tinha como ídolos. Já decidi que pelo menos neste ano não vou tentar me reeleger e focar minha atuação no meu empreendimento”, revela Lilia.

De acordo com a vereadora, nos tempos atuais, o cabaré tem mais respeito que a política. “Vejo o povo falando que político é ladrão. E eu não sou assim. No meu cabaré, nunca levei nome de ladra. Eu tenho palavra”, orgulha-se.

Quanto à pessoas que não sabem distinguir as diferentes áreas de atuação dela e não veem com bons olhos principalmente as atividades do bar em Caicó, Lilia dispara: “Quem tem preconceito, na verdade é doido para ir ao cabaré!”

 

portalcorreio

 

 

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS
















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627