Vereador denuncia que cargos doados pela prefeitura de Guarabira custam mais de 250 mil aos cofres do município

Publicado em terça-feira, Fevereiro 14, 2012 ·

beto meirelesCumprindo o seu papel de fiscalizador do dinheiro público, o vereador Beto Meireles constatou junto ao Tribunal de Contas do Estado a existência de cargos desnecessários para o funcionamento da maquina pública, a exemplo do cargo de Articulador Institucional, Diretor de Divisão de Serviços Auxiliares e de Assessor Especial (Nível I, II e III).

Ao todo, os cargos comissionados, de confiança e por excepcional interesse público chegam a surpreendentes 271 empregos que são dados pela prefeitura, somando um montante de mais de 250 mil reais mensal, ignorando a realização de concurso público, caracterizando um verdadeiro “cabide de empregos”.

O Vereador Beto Meireles apresentou na sessão da última quinta – feira (09/02) requerimento solicitando à Secretaria de Administração da Prefeitura de Guarabira que seja enviado à Câmara Municipal, relação contendo o nome de todos os prestadores de serviço que exercem ou exerceram a Função de Confiança, Cargo Comissionado ou Contratação por Excepcional Interesse Público, relativa aos meses de dezembro de 2011 e janeiro de 2012, além dos seus respectivos locais/função de trabalho.

Para o parlamentar “é importante que a secretaria forneça informações acerca desses servidores, para saber “quem é quem”, onde eles estão trabalhando e se eles realmente estão trabalhando”, disse.

Assessoria do vereador para Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627