segmento on-line

Venda de cosméticos pela internet cresce durante a pandemia

Publicado em terça-feira, julho 14, 2020 ·

Linha de perfumes do O Boticário pode oferecer até 30% de desconto em seus produtos

Um dado surpreendeu o mercado em meio a pandemia. Apesar de as pessoas estarem saindo menos de casa, houve um aumento do faturamento na venda de cosméticos. Porém, o crescimento das vendas foi no segmento on-line. De acordo com levantamento da Corebiz, publicado no Valor Investe¹, os e-commerces de produtos de beleza faturaram 68% mais.

Imagem: https://pixabay.com/pt/photos/badesalz-lavar-limpa-1620261/

No estado de São Paulo, o crescimento foi ainda mais significativo e chegou a 80%. Mas a grande surpresa foi com o produto mais vendido: o batom, que teve aumento de 29%. Mesmo as máscaras de proteção cobrindo os lábios, aparentemente, isso não foi uma justificativa para deixar de usar o acessório.

Além disso, itens de cuidados com a pele também se destacaram nesse período. Os hidratantes, tônicos e séruns, por exemplo, tiveram crescimento de 128% em todo o país. Apenas em São Paulo, as compras desses produtos foram 144% maiores.

Imagem: https://pixabay.com/pt/photos/beleza-jovem-feminino-modelo-bela-4644113/

O que explica o aumento da venda de cosméticos?

O aumento nas vendas on-line de cosméticos tem algumas explicações principais. A primeira é a que o fechamento das lojas físicas levou os consumidores para as compras on-line. Ou seja, houve uma migração do público e não necessariamente o aumento real do consumo.

Segundo o portal E-commerce Brasil², em abril deste ano, o mercado digital registrou um crescimento de 81% com relação ao mesmo período de 2019. Essa mudança de comportamento ajudou as empresas que já estavam preparadas para o digital, e fez com que as outras tivessem que repensar as formas de alcançar o público.

Outro fator que pode ter sido determinante para a explosão na venda dos cosméticos foi a própria situação causada pelo isolamento. Muitas pessoas estão se sentindo mais ansiosas e até deprimidas nesse período³ e, por isso, estão buscando formas de aliviar a tensão, inclusive adquirindo novos hábitos.

Diante desse cenário, grandes marcas conhecidas pelo público lançaram promoções exclusivas para atrair os clientes. É isso o que percebe na Revista do Boticário⁴ – cuja linha Make B. está com 30% de desconto – da Natura e de outras empresas do segmento.

Além disso, uma das modas da quarentena – de acordo com as redes sociais – é o skin care. Diversos usuários, entre anônimos e famosos têm compartilhado a rotina de cuidados com a pele durante o isolamento. Isso tem feito com que cada vez mais pessoas se inspirem, ou lembrem que podem usar o tempo livre para cuidar de si mesmas.

Mesmo quem não tem o hábito de seguir influenciadores também está aproveitando o período para deixar a pele mais saudável. Esse é o caso da produtora de audiovisual Mariana Lopes de 27 anos. “Eu sempre quis conseguir uma rotina de cuidados com a minha pele mais à risca, porque ela é sensível e fica mais oleosa na TPM. Agora, na quarentena, ficando mais tempo em casa, consigo cuidar dela com mais frequência. Posso, por exemplo, passar uma máscara e deixar agindo enquanto faço outras coisas. Com mais tempo fora de casa, esse tipo de coisa era impossível”, afirma.

O que esperar daqui para frente?

A expectativa é que o comércio digital continue em alta, mesmo com a reabertura das lojas. Por isso, é de esperar que muitos negócios comecem a comercializar produtos na internet para incrementar as vendas.

Agora que mais pessoas conhecem as vantagens de comprar on-line pode ser que uma parcela migre para as vendas digitais. No entanto, a experiência presencial continuará a ser importante, ainda mais para o setor de cosméticos, já que os consumidores gostam de conhecer novos produtos antes de comprá-los.

No que se refere aos hábitos adquiridos na quarentena, é provável que muitos tentem continuar a rotina que começaram durante esse período, como é o caso da Mariana. “Dizem que depois de 21 dias qualquer coisa vira hábito, né? Minha expectativa é ter mais energia para começar os cuidados, porque agora, mais acostumada, já sei que não leva tanto tempo. Mas também sei que a correria e o tempo que eu acabo tendo que passar na rua já bloquearam meus planos antes”, conclui.

Fontes:

1:  https://valorinveste.globo.com/mercados/renda-variavel/empresas/noticia/2020/06/26/faturamento-do-comercio-eletronico-de-cosmeticos-cresce-68percent-durante-quarentena.ghtml

2:  https://wwhttps://www.kimbino.com.br/o-boticario/w.ecommercebrasil.com.br/noticias/e-commerce-cresce-abril-fatura-compreconfie-coronavirus/

3: https://www.focandoanoticia.com.br/cresce-o-numero-de-brasileiros-com-depressao-e-ansiedade-durante-pandemia/

4: https://www.kimbino.com.br/o-boticario/

 

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS
















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627