Várias residências e estabelecimentos comerciais foram invadidos por bandidos na Capital

Publicado em sábado, julho 9, 2011 ·

CasosA polícia teve uma semana atípica com o registro de vários assaltos, principalmente a residências na grande João Pessoa. Os bandidos começaram a agir na tarde de segunda-feira (4) por volta das 14 horas de segunda-feira (4) na Rua Pedro Paulo Almeida. Uma mulher estava chegando em casa e no momento em que descia do carro, dois homens armados a renderam e anunciaram o assalto.Com a arma apontada para a cabeça, Ana Cristina foi obrigada a entrar em casa e entregar dinheiro, celulares e jóias para os bandidos.

A ação durou poucos minutos e logo em seguida os dois homens fugiram no carro da vítima levando dinheiro, jóias, dois celulares e um notebook. O carro da vítima foi encontrado na manhã do dia seguinte nas proximidades da residência dela.

Logo no início da manhã de terça-feira, os bandidos invadiram uma ONG no Castelo Branco e fugiram levando dinheiro, celulares e um Fiat Dublô.

Na tarde de terça-feira (5) os bandidos invadiram a casa dos familiares do procurador federal José Guilherme Cabral e fugiram levando vários objetos. Por causa desse assalto, o segundo menos de um ano, na manhã de sexta-feira (8) os familiares do procurador foram embora.

Ainda na tarde de terça-feira, bandidos invadiram uma clínica na Avenida São Paulo, no Bairro dos Estados e renderam clientes e chegaram a espancar um policial militar que estava esperando atendimento. Os marginais levaram dinheiro, notebooks, celulares, joias e um carro de um dos clientes. De acordo com a polícia, devido ação violenta dos bandidos, muitas pessoas passaram mal e tiveram que ser levadas ao hospital.

Por volta de meia noite da quarta-feira na Avenida Nova Liberdade, em Bayeux quatro homens armados, inclusive com espingarda calibre 12, entraram numa vila e foram direto para a casa dos proprietários do local. O imóvel foi invadido e o casal de anciãos e os filhos rendidos pelos bandidos que fugiram pelo mangue levando dinheiro, celulares, eletrodomésticos e vários outros objetos. A Polícia Militar foi acionada e ainda realizou investigações e buscas, mas os bandidos não foram presos.

Durante a manhã e início da tarde de quarta-feira (6) três residências e uma construtora foram invadidas e assaltadas por bandidos. A primeira ação dos bandidos começou logo no início da manhã. Por volta das 6 horas dois homens armados de revólveres assaltaram uma residência na rua Arnaud de Barros Moreira no conjunto Mangabeira. Eles renderam o proprietário e fugiram levando dinheiro, joias e outros objetos de valor.

Por volta das 11 horas da manhã, a polícia registrou segundo o assalto a residência. Desta vez o fato aconteceu na Rua Tiburtino Leite, conjunto 13 de Maio. Os bandidos entraram no imóvel, espancaram um idoso de 71anos que reagiu se agarrando com eles e fugiram levando dinheiro.

Ao meio dia os bandidos voltaram a agir em João Pessoa. Um homem usando camisa xadrez, calça azul e chapéu de palha invadiu o escritório de uma construtora na Rua Argemiro de Figueiredo no bairro do Bessa e fugiu levando dois notebooks, seis celulares e carteiras de cédulas dos trabalhadores.

O outro assalto à residência aconteceu por volta das 13 horas no Bairro do Roger. Dois homens armados entraram no imóvel e numa ação rápida fugiram levando dois celulares e cerca de R$ em joias.

No início da manhã de quinta-feira (7) os bandidos entraram numa residência no conjunto Ernesto Geisel e roubaram uma moto. O fato foi por volta das 07h50 na Rua Professora Maria dos Anjos. Por volta das 10 horas outra residência foi assaltada no Altiplano Cabo Branco. Em Jaguaribe, bandidos entraram numa residência elevaram vários objetos e outra casa foi invadida pela sétima vez no conjunto Mangabeira e os ladrões fugiram levando vários eletrodomésticos.

Providências – Somente no Bairro dos Estados e Pedro Gondim, quatro residências foram invadidas num período de 48 horas sem contar com os pequenos assaltos que acontecem a pessoas a estabelecimentos comerciais em plena luz do dia.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores e Amigos do Bairro dos Estados, (Amabe) Luiz Brilhante mesmo com todo o aparato de segurança implantado pelos moradores, os bandidos continuam agindo. “As cercas elétricas e os sistemas de vigilância eletrônica e humana não são empecilhos para os marginais que entram nos prédios, nas residências nos estabelecimentos comerciais e levam tudo que podem”, lamentou Luiz Brilhante.

Luiz Brilhante afirmou que além dos comerciantes e moradores, os estudantes também estão sendo alvos dos bandidos que atacam no final da manhã e da tarde quando os alunos estão saindo das escolas. Nas paradas de coletivos os assaltos também são freqüentes e os bandidos levam dinheiro, celulares e joias das vítimas. “Mercadinhos, farmácias, salões de beleza e postos de combustíveis são assaltados com freqüência”, afirmou Brilhante.

Ele disse também que nem mesmo os comerciantes e as pessoas que frequentam o mercado público do Bairro dos Estados estão escapando da ação dos marginais. Os assaltos acontecem principalmente nos dias de feira livre quando o movimento de pessoas é maior no local.

O presidente da Amabe disse que durante a noite a onda de assaltos diminui porque os moradores contratam vigilantes que passam o tempo todo rondando pelas ruas o que afugenta os bandidos. “Para tentar se livrar dos marginais, os moradores transformam suas casas em verdadeiras fortalezas com muros com cerca elétrica, portões eletrônicos e outras medidas de segurança, mas nem sempre isso impede a ação dos marginais”, comentou Luiz Brilhante.

Para tentar amenizar a situação de insegurança tanto no Bairro dos Estados quanto no Pedro Gondim, a Amabe entregou na sexta-feira (8) um ofício ao comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves. A entidade vai solicitar a volta do policiamento feito pela Cavalaria e motos, da Patrulha Escolar bem como a reativação e reestruturação do posto policial do Mercado Público do Bairro dos Estados e do ponto de apoio que funcionava na Praça Doutor João Medeiros, na rua João Vieira Carneiro, no conjunto Pedro Gondim.

Paulo Cosme/Paraíba.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627