Vacinação do HPV alcança 70% e segue até sexta-feira na cidade de Remígio

Publicado em quinta-feira, abril 10, 2014 ·

vacinaCom a perspectiva de atingir a meta de 80% do público adolescente na faixa dos 11 aos 13 anos, a Secretaria de Saúde de Remígio continua a disponibilizar, por meio do Programa de Imunização (PMI) do município, a vacina contra o HPV nas unidades de saúde e em escolas públicas e privadas até a próxima sexta-feira (11), quando se encerra a campanha de imunização, que previne, além de infecções virais, o câncer de colo de útero.

“O objetivo da campanha é garantir desde já, quando ainda não iniciaram uma vida sexual ativa, a imunidade dessas meninas pelo menos contra as quatro formas mais comuns do HPV, por isso a ação abrangeu as escolas. Mas até quinta-feira, continuamos com o chamamento aos pais, para que assegurem às um futuro sem HPV e suas consequências”, afirmou o Secretário de Saúde Wanldênio Dias.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A vacina é dividida em três doses. A primeira foi iniciada em março, a segunda será aplicada seis meses após a primeira e a terceira, cinco anos após a primeira dose. Completado esse ciclo, a mulher estará imune ao HPV. A campanha nas escolas vai até o dia 10 de abril e após essa data as vacinas só estarão disponíveis apenas nas unidades de saúde, dentro do calendário normal de vacinação.

A doença

O HPV é um vírus transmitido pelo contato direto com a pele ou mucosas infectadas por meio de relações sexuais. Trata-se de um vírus que se transmite com muita facilidade, por isso considera-se que o HPV seja a infecção sexualmente transmitida mais comum no mundo, com quase todas as pessoas sexualmente ativas tendo contato com o vírus em algum momento da vida.

Na grande maioria, o HPV cura-se espontaneamente, mas em algumas mulheres eles produzem lesões que podem desencadear o câncer de colo do útero. O HPV também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto. Estima-se que 270 mil mulheres, no mundo, morrem devido ao câncer de colo do útero. No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos e de mais de 4,8 mil óbitos nesse ano.

 

SECOM

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627