Uso excessivo de smartphone pode prejudicar a vista

Publicado em terça-feira, Abril 1, 2014 ·

Foto: G1/Reprodução
Foto: G1/Reprodução

Pessoas que passam muito tempo “vidradas” em seus smartphones podem estar aumentando os riscos de danos aos olhos, advertem oftalmologistas britânicos.

O alerta diz respeito também ao uso excessivo de outros dispositivos como computadores, tablets e TVs de tela plana, que pode provocar danos de longo prazo.

A advertência deriva de uma pesquisa britânica feita com 2 mil participantes, que indica que pessoas com menos de 25 anos checam seus telefones 32 vezes por dia.

“A luz azul violeta que brilha na tela dos smartphones é potencialmente perigosa e tóxica à parte de trás de seus olhos”, diz o oftalmologista Andy Hepworth. “Por isso, uma longa exposição pode, potencialmente, causar danos aos olhos.”

Segundo ele, testes mostraram que exposição à luz azul violeta em excesso pode nos colocar em maior risco de degeneração macular, uma das principais causas de cegueira.

Olhos fixos na tela – Oftalmologistas afirmam também que, apesar da “boa” luz azul (azul turquesa) ser necessária para ajudar a regular o relógio biológico, acredita-se também que uma longa exposição à luz azul violeta pode afetar os padrões de sono e o humor.

“Embora não tenhamos certeza se há uma ligação direta entre essa exposição e problemas oculares, há fortes evidências de laboratório que podem, potencialmente, provar isso”, acrescentou Hepworth.

“É a combinação de não piscar o suficiente e colocar o dispositivo a uma distância menor do que você normalmente colocaria outros objetos. Isso força a vista.”

O levantamento, encomendado por um grupo de oftalmologistas independentes, descobriu que, em média, um adulto passa cerca de 7 horas por dia com os olhos fixos em uma tela, e quase metade deles se sente ansioso quando está longe de seu telefone.

Estatísticas também sugerem que 43% das pessoas com menos de 25 anos sentem uma verdadeira irritação, ou ansiedade, quando não podem checar seu telefone quando desejam.

Dores de cabeça – Alana Chinery, de 18 anos, nunca está longe de seu smartphone.

“Percebi que minha visão está ficando pior após longos períodos olhando para as telas do celular e do computador”, disse. “Eu estou tendo mais dores de cabeça.”

Amanda Saint, que também é oftalmologista, diz que o conselho é simples.

“Faça testes de vista regularmente, e faça pausas regulares quando estiver usando seu computador e dispositivos móveis.”

G1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627