UFPB rebate alunos que fizeram paródia da banda mais bonita da cidade; ‘Alunos usam até MAC’

Publicado em quinta-feira, junho 9, 2011 ·

banda-bonitaA repercussão da paródia da ‘Banda Mais Bonita Da Cidade’ teve alcance nacional. O vídeo elaborado pelos alunos do curso de Mídias Digitais (DEMID) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), alcançou os lugares mais altos no “trendig topics” do microblog twitter e apareceu na página inicial do YouTube diversas vezes nos últimos dias. A reitoria da UFPB publicou nota oficial, nesta quinta (09) afirmando que a situação é diferente do que foi mostrado pelos estudantes.

“Uma coisa é um atraso de uma obra num prédio específico que vai abrigar o Departamento de Mídias Digitais. Esse atraso não depende do Reitor, mas do Congresso Nacional”, disse a assessoria de comunicação da UFPB.

De acordo com o assessor, Luiz Eduardo, o deputado Efraim Filho (DEM) fez um depoimento equivocado. “Depende mais dele que da reitoria, e ele estava endossando o coro como se estivesse havendo algo irregular”, aponta.

“Infelizmente até se provar que focinho de porco não é tomada… Um deputado federal, dentro do congresso nacional, falando de bobagem… é coisa de quem não tem o menor conhecimento de uma universidade”, desabafa.

A assessoria rebateu que da forma que o vídeo foi colocado, “parece que eles (os estudantes) estão tendo aula num galpão ou naquele lugar… A dispensa a que ele se refere é um prédio moderníssimo, novo, recém construído que fica no Centro de Treinamento dos Servidores da UFPB. Eles estão tendo aula numa sala muito melhor do que a que eles vão ter, não tem nada de sucateamento”, garante.

De acordo com a assessoria, o curso tem o laboratório mais moderno entre as instituições de ensino superior do país, na área de informática. “Tem 50 computadores top de linha, Macintosh, temos que trabalhar com o que tem de mais moderno”, alegou.

“Considero uma bobagem de menino, infantilidade que sequer considerou o que é a legislação. O deputado Efraim está repercutido aquilo como se a realidade da UFPB fosse aquela. Um deputado que se diz líder dos estudantes não conhece a realidade da UFPB…”, lamenta.

Questionado a respeito da repercussão nacional o assessor explicou, que o Youtube faz com que haja realmente uma grande repercussão principalmente por parte dos estudantes e afirma que a universidade dobrou de tamanho em cinco anos e que estão sendo construídos 100 mil metros de área coberta na UFPB e que o DEMID representa apenas 1% dessa obra.

Segundo a assessoria, a obra do DEMID teve a primeira licitação feita em 2009 e a obra começou em janeiro de 2010. A empresa vencedora não conseguiu cumprir o cronograma da obra e o reitor foi obrigado a rescindir o contrato. Eduardo ainda afirma que foi aplicada multa a empresa e convidadas a segunda e posteriormente a terceira colocada na licitação, as empresas não aceitaram assumir a obra.

“Em junho a UFPB foi obrigada a fazer uma nova licitação, ganhou uma nova empresa que também não cumpriu o calendário, e a obra foi ficando, novamente o reitor teve que rescindir o contrato com a nova empresa. As outras empresas se recusaram a fazer a obra pelo preço oferecido e a universidade tem que fazer uma nova licitação para contratar uma empresa. Esse é o problema do atraso da obra. Não é culpa da UFPB, mas da empresa que ganhou”, explica.

Paraíba.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627