TSE vai abrir edital de concurso até dia 15; salários variam de R$ 4.052 a R$ 6.611

Publicado em terça-feira, novembro 1, 2011 ·

TSE-fachadaA elaboração do edital do concurso para o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está em fase acelerada. A Consulplan, empresa que venceu a licitação, já assinou o contrato e tem até 15 deste mês para entregar o edital para ampla divulgação.

Se não houver atrasos, os concurseiros podem se preparar para fazer inscrições até o início de dezembro e as provas em fevereiro do próximo ano.

A seleção prevê formação de cadastro de reserva para técnicos e analistas judiciários, cujos salários são de R$ 4.052,96 e R$ 6.611,39, respectivamente.

Quando selecionada, a organizadora recebe os parâmetros que devem constar no edital, como explica o professor de direito e coordenador do GranJuris, Washigton Barbosa.

– Toda empresa responsável por concursos públicos segue diretrizes que são definidas antes mesmo da licitação. É isso que vai definir se a organizadora se enquadra ou não e o que o órgão espera da prestação de serviço. Este documento é chamado de “termo de referência”.

Analisando as informações do documento, o professor Washigton faz algumas observações sobre o que esperar do concurso. Uma delas é sobre a expectativa de inscritos.

– O TSE espera a inscrição de 35 mil candidatos, porém, é um número bem pequeno se comparado à demanda do último concurso, quando 189 mil pessoas concorreram às vagas.

Outra observação feita pelo coordenador do GranJuris é a distribuição das etapas para cada cargo. Os analistas farão provas com 30 itens de conhecimentos gerais, 50 de conhecimentos específicos e uma avaliação discursiva de redação com, no mínimo, 30 linhas e, no máximo, 50. Além disso, todos os analistas passarão por análise de títulos.

Já os técnicos serão selecionados a partir das respostas de 50 itens de conhecimentos gerais e 70 de conhecimentos específicos. Tudo isso será feito com pelo menos quatro tipos de prova para cada função oferecida aos candidatos. O termo de referência elaborado pelo TSE informa até como devem ser os testes.

– As provas objetivas deverão conter questões inéditas, de múltipla escolha, e devem ser elaboradas de modo a abranger as capacidades de compreensão, aplicação, análise e síntese, privilegiando a reflexão sobre a memorização e a qualidade sobre a quantidade.

Por se tratar de uma seleção para formar cadastro de reserva, também ficou prevista a quantidade de candidatos que terão as redações corrigidas. O professor Washigton avalia os números.

– O TSE prevê que para os cargos de analista nas áreas judiciária e apoio especializado em análise de sistemas sejam corrigidas provas até a 500ª colocação e para as demais áreas até a 200ª colocação. A escolha deixa margem para que muitos candidatos aprovados possam ser aproveitados ao final da seleção.

Número de vagas

A contratação da Consulplan foi assinada com valor de R$ 3 milhões e oficializada em 5 de outubro, segundo extrato publicado no Diário Oficial da União. O acordo tem validade de dois anos, prorrogáveis por igual período, igual à validade do concurso.

No último concurso do TSE, realizado pelo Cespe, foram abertas 280 vagas imediatas para técnico e analista e formação de cadastro de reserva. Ao longo da validade do concurso foram convocados 747 aprovados. Por esse motivo, a expectativa é de um grande aproveitamento dos aprovados na nova seleção. Afinal, o Judiciário não tem limitação legal para nomeações, como ocorre com o Executivo Federal, que só pode convocar 50% além do número de vagas divulgadas no edital.

Veja a lista de cargos a serem ocupados:

Analistas judiciários; – Área judiciária – Área de apoio especializado em psicologia, análise de sistemas, arquivologia, biblioteconomia, estatística, engenharia elétrica, engenharia mecânica – Área administrativa geral, contabilidade e pedagogia Técnicos judiciários – Área administrativa – Área de apoio especializado em programação de sistemas.

Assessoria

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627