Tricolor se apoia na liderança para bater Bota e esquecer vexame

Publicado em quarta-feira, junho 29, 2011 ·

rogerioceniA sequência de cinco vitórias consecutivas do São Paulo no início do Campeonato Brasileiro foi interrompida com um massacre no último domingo, quando a equipe perdeu o clássico para o rival Corinthians por 5 a 0, no Estádio do Pacaembu. Apenas três dias depois, a equipe são-paulina volta a campo para enfrentar o Botafogo, às 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio do Morumbi, tentando provar que o revés no Majestoso não passou de uma fatalidade.

Para ter forças para se reerguer, o Tricolor se apoia no fato de que ainda é o líder isolado do Campeonato Brasileiro com 15 pontos, dois a mais do que o rival Corinthians, que tem um jogo a menos. Entre o grupo de jogadores, a goleada sofrida trouxe reflexões diferentes. Para o atacante Dagoberto, o revés fez com que a equipe voltasse à sua realidade depois do início perfeito na competição. Já para o lateral direito Jean, as pretensões de título do Tricolor não foram alteradas.

“Não é porque perdemos uma partida que vamos apagar as cinco vitórias consecutivas. Para mim, as vitórias têm muito mais importância do que a goleada, até porque se sofrermos uma goleada a cada cinco vitórias, seremos campeões. Nossa realidade é a liderança e não podemos fugir disso”, declarou o lateral.

Para montar a equipe que vai buscar a reação no Campeonato Brasileiro o técnico Paulo César Carpegiani só terá um treinamento com todo o elenco. Para facilitar o seu trabalho, o comandante terá as voltas do lateral esquerdo Juan e do volante Rodrigo Souto, que estavam suspensos, e do também volante Casemiro, que ficou fora do clássico contra o Corinthians devido a uma amigdalite.

Por outro lado, a lista de desfalques do Tricolor não é menor. Além do meia Lucas, que integra o grupo da seleção brasileira que irá disputar a Copa América da Argentina, a equipe não terá as presenças de Carlinhos Paraíba (expulso contra o Corinthians), Wellington (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), Rodolpho (com um estiramento muscular na coxa esquerda) e Dagoberto, este último liberado após o nascimento do filho. Para piorar a situação, o Tricolor perderá a partir da próxima rodada quatro jogadores (Bruno Uvini, Casemiro, Willian José e Henrique) para a seleção brasileira sub-20 que irá disputar o Mundial da categoria na Colômbia.

Com as ausências de dois dos volantes que participaram do clássico contra o Corinthians, o técnico Paulo César Carpegiani terá como principal preocupação o setor de meio de campo. Nele, a tendência é que Rodrigo Souto e Casemiro recuperem as suas vagas, e que o jovem Rodrigo Caio se mantenha como titular. No ataque, Henrique deve herdar a vaga de Dagoberto, mas Carpegiani também pode optar por adiantar Marlos e escalar o meia Ilsinho.

Pelo lado do Botafogo, que terminou a última rodada na quarta colocação, com 11 pontos, o momento é de crescimento no Campeonato Brasileiro, no qual bateu o Grêmio por 2 a 1 no último fim de semana. Mesmo ciente de que pode enfrentar um adversário abatido, o time carioca não se ilude com a goleada sofrida pelo São Paulo. Para o técnico Caio Junior, o revés só vai deixar o Tricolor Paulista ainda mais motivado.

“A goleada que o São Paulo sofreu não vai nos trazer benefícios. Muito pelo contrário. Vamos enfrentar ainda mais dificuldades. Com certeza o time deles vai entrar em campo pensando apenas em conquistar uma vitória e apagar o que aconteceu no fim de semana. Eles vão querer dar uma resposta aos torcedores e cabe ao Botafogo trabalhar para que isso não aconteça. A melhor estratégia é ficarmos ligados ao longo dos noventa minutos, sem cometer erros que possam propiciar o que o São Paulo deseja”, analisou o comandante.

Mas o São Paulo também deve esperar problemas nesta quarta-feira, pois o Botafogo promete uma postura bem ofensiva contra o Tricolor Paulista, ignorando o fato de atuar na condição de visitante.

“Nós não temos motivos para mudarmos a nossa maneira de atuar, apesar de respeitarmos bastante a equipe do São Paulo e reconhecermos as suas qualidades. O Botafogo vem tendo muita personalidade neste Campeonato Brasileiro e acreditamos que essa será a melhor maneira de conseguirmos ganhar do nosso adversário dentro do Morumbi. Vamos atuar em busca do gol, mas sempre com a cautela para não ficarmos expostos”, declarou o zagueiro Antônio Carlos.

Em relação ao time que vai a campo, o Botafogo não poderá contar com o volante Marcelo Mattos, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio e terá que cumprir suspensão. O volante Lucas Zen, com dores na coxa direita, é dúvida. Caso seja vetado, Bruno Tiago deve assumir o posto.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X BOTAFOGO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 29 de junho de 2011 (Quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabrício da Silva (GO) e Cristhian Sorence (GO)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Jean, Xandão, Luiz Eduardo e Juan; Rodrigo Caio, Rodrigo Souto, Casemiro e Marlos; Fernandinho e Henrique (Ilsinho)
Técnico: Paulo César Carpegiani

BOTAFOGO: Renan, Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Lucas Zen (Bruno Tiago), Somália, Everton, Elkeson e Maicosuel; Herrera
Técnico: Caio Junior

*especial para a GE.Net

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627