TRE-SP desaprova contas da campanha de Maluf em 2010

Publicado em quarta-feira, junho 29, 2011 ·

paulo-maluf-jpgO Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo desaprovou, por 4 votos a 3, as contas de campanha prestadas pelo deputado federal Paulo Maluf (PP) nas eleições de 2010. O julgamento teve o voto de desempate do presidente do TRE, desembargador Walter de Almeida Guilherme. Conforme o Tribunal, as contas apresentadas por Maluf não registraram serviços prestados pela empresa Artzac, referentes à confecção de placas adesivadas no valor de R$ 168.650,00.

O montante, que representa 21% do total arrecadado pelo então candidato, foi revelado através de uma auditoria realizada pela Secretaria de Controle Interno do TRE. Questionada pela Justiça Eleitoral, a Artzac informou que o beneficiário dos serviços prestados seria Paulo Maluf, mas depois afirmou ter havido erro de uma funcionária ao lançar as notas fiscais e que os serviços teriam sido prestados à empresa Eucatex S.A..

Outro ponto que chamou a atenção do desembargador foi o fato de haver três notas fiscais emitidas em datas diferentes com anotações manuscritas mencionando o candidato.”Não creio tenha havido equívoco nas anotações contidas nas três notas fiscais”, argumentou o presidente do TRE. Ainda cabe recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O Terra procurou a assessoria do deputado, mas não obteve retorno.

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627