TJ concede habeas corpus a estudante que matou colega em escola na cidade de Cajazeiras

Publicado em quarta-feira, outubro 19, 2011 ·

Com a decisão do Tribunal de Justiça, José Hiarley irá responder pelo crime em liberdade, mas a decisão cabe recurso por parte do Ministério Público. O acusado estava preso no Quartel do Exercito de Bayeux.

O Tribunal de Justiça da Paraíba concedeu na terça-feira(18) habeas corpus em favor do estudante José Hiarley Lopes de Souza, 19 anos, acusado de ter assassinado seu colega Renato Torres Oliveira, 21, dentro de uma sala de aula da Escola Estadual Mosenhor Constatino Vieira (Colégio Comercial) em Cajazeiras. O habeas corpus foi impetrado pelo  advogado Ozael da Costa Fernandes.

Hiarley, que foi preso em flagrante, matou o estudante a golpes de faca, em seguida foragiu da ação policial, mas momentos depois se entregou as autoridades policiais na DP local. Hiarley é militar do exercito brasileiro, lotado no Tiro de Guerra 0701, com sede em Cajazeiras.

O crime aconteceu no dia 21 junho deste ano, após uma discussão entre vítima e acusado, e foi gravado por celular e divulgados nas redes sociais por estudantes da escola, revoltados com o crime.

Com a decisão do Tribunal de Justiça, José Hiarley irá responder pelo crime em liberdade, mas a decisão cabe recurso por parte do Ministério Público. O acusado estava preso no Quartel do Exercito de Bayeux.

Relembre o caso clicando no link – http://www.uirauna.net/buscanoticia.php?id=2824

Fonte: Portal Correio
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627