Ter filhos aumenta expectativa de vida dos pais, diz estudo

Publicado em sexta-feira, dezembro 14, 2012 ·

Um estudo desenvolvido pela Universidade de Aarhus, na Dinamarca, descobriu que ser pai ou mãe pode diminuir o risco de morrer de forma prematura. Os resultados foram publicados na edição de dezembro no Journal of Epidemiology and Community Health.

Os autores acompanharam mais de 21.000 casais sem filhos, que se inscreveram para um tratamento de fertilização in vitro, entre 1994 e 2005. Eles acompanharam o tratamento até o final de 2008. Durante o período, mais de 15.000 bebês nasceram e outros 1.564 foram adotados. Além disso, 96 mulheres e 220 homens morreram.

Cruzando os dados, os pesquisadores perceberam que ser pai diminuía o risco de morte prematura por qualquer causa. Mães com um filho biológico tinham uma expectativa de vida até quatro vezes maior se comparadas com mulheres sem filhos.

Já os pais com um filho biológico eram duas vezes menos propensos a morrer do que os homens sem filhos. No caso de crianças adotadas, as chances de morte prematura diminuíram pela metade para homens, mas a mudança não foi significativa para as mulheres.

De acordo com os estudiosos, é possível apenas especular as razões que fazem a paternidade ou maternidade aumentar a expectativa de vida. Segundo eles, o melhor palpite é o fato de os pais manterem hábitos mais saudáveis quando têm filhos, como dormir mais e se alimentar melhor.

Minha Vida

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627