Karlos Thotta

Temporada 2020 de tapeação eleitoral

Publicado em terça-feira, dezembro 3, 2019 ·

MAUS GESTORES ACHAM QUE CORTAR GASTOS É CANSATIVO E PODE SER MUITO IMPOPULAR. PREFEREM ESCONDER OS NÚMEROS USANDO ARTIMANHAS E TRUQUES INCONFESSÁVEIS.

Durante uma entrevista, o presidente de uma empresa estatal disse que poderia “tapear as obras” muito atrasadas.

Ao tomar conhecimento da repercussão negativa, gerada pela sua fala, o tal presidente afirmou que queria dizer “etapear” significando dividir em etapas todas as obras com atrasos.

Como podemos ver, os sistemas de tapeação, usados pelos políticos, candidatos ou não, também encontram carinhoso abrigo durante os relatórios que mascaram o uso de verbas, que são patrimônio exclusivo do povo.

As tapeações, portanto, são aplicadas antes, durante e depois dos períodos eleitorais, pois continuam se aprimorando nos mandatos de muitos políticos que venceram as eleições.

Os desvios de verbas públicas configuram crimes hediondos pois negam aos mais pobres os recursos que que poderiam ser aplicados para melhorar a saúde, a educação, a assistência social e a tantas outras áreas ligadas aos esportes, ao meio ambiente e à cultura da plena cidadania.

MAUS GESTORES ACHAM QUE CORTAR GASTOS É CANSATIVO E PODE SER MUITO IMPOPULAR. PREFEREM ESCONDER OS NÚMEROS USANDO ARTIMANHAS E TRUQUES INCONFESSÁVEIS.

 

 

 

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627