Técnico de enfermagem se passava por médico no litoral da PB, diz CRM

Publicado em quinta-feira, agosto 28, 2014 ·

Policial .Um técnico de enfermagem foi afastado de suas funções após se passar por médico em um hospital de Mamanguape, no litoral paraibano. Após fiscalização onde foi constatado que ele tinha registro profissional devido a um diploma falsificado, o Conselho Regional de Medicina (CRM) da Paraíba prestou queixa na Polícia Federal nesta quinta-feira (28) e vai cancelar o cadastro do profissional.

O falso médico estava cadastrado no CRM desde novembro de 2013. Ele atuava no Hospital e Maternidade Nossa Senhora do Rosário. O diretor de fiscalização do CRM, Eurípedes Mendonça, disse que a a irregularidade foi denunciada pela Secretaria de Saúde de Mamanguape.

“Após a denúncia nós entramos em contato com uma faculdade de Pernambuco, que seria o local onde ele teria se formado, que nos repassou que ele não foi aluno de lá, não se formou lá”, explicou Mendonça.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Este foi o segundo caso, em apenas 24 horas, de um falso médico denunciado atuando ilegalmente no estado. Na quarta-feira (27), um agente penitenciário de São Paulo foi preso na cidade de Teixeira, no Sertão do estado, exercendo a medicina. Ele estava utilizando o registro de outro médico, afastado das funções.

Eurípedes Mendonça informou que o CRM-PB recebe em média uma denúncia de exercício ilegal da profissão a cada 15 dias. O diretor ressaltou que o nome do falso médico de Mamanguape só será divulgado após o Conselho confirmar o cancelamento da inscrição.

Do G1 PB

 

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627