IBGE

Taxa de desemprego no interior é menor que na Grande João Pessoa

Publicado em quinta-feira, julho 25, 2019 ·

Um estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou uma realidade inédita do mercado de trabalho no país. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) revelou que as cidades do interior têm menor taxa de desemprego se comparadas à capital e região metropolitana. A Paraíba seguiu a tendência nacional.

O estudo considera como interior do Estado todos os municípios, exceto a capital e a região metropolitana, quando existir. Na Paraíba, a região metropolitana de João Pessoa corresponde por, além da capital, Bayeux, Cabedelo, Conde, Cruz do Espírito Santo, Lucena, Rio Tinto, Santa Rita, Alhandra, Pitimbu, Caaporã e Pedras de Fogo.

Na Paraíba, a taxa de desocupação no interior é de 10,8%, contra 11,7% na região metropolitana. Como referência, a média nacional é de 12,7%. Do outro lado, a taxa de ocupação nos municípios interioranos da Paraíba chega a 64%, enquanto que na região metropolitana é de apenas 36%.

Contudo, uma menor taxa de desocupação no interior do Brasil não significa melhores condições de trabalho. A PNAD Contínua aponta que, mesmo com índices melhores, os trabalhadores do interior ainda trabalham na informalidade, além de terem uma renda salarial mensal menor.

No Brasil, a taxa de informalidade é de 36,6%, subindo para 62,4% nos interiores. A nível local, a informalidade atinge 37,2% na região metropolitana de João Pessoa, enquanto que no interior do estado, 57,8% trabalham na informalidade. O estudo considera como informalidade aqueles que trabalham sem carteira assinada, sem CNPJ, sem contribuição para a previdência oficial ou sem remuneração (trabalhos familiares).

O rendimento médio também chamou a atenção da pesquisa. Na Paraíba, o trabalhador da capital ou região metropolitana chega a ganhar o dobro daquele que trabalha no interior do Estado. Enquanto que, em João Pessoa, a renda média mensal é de R$ 3.007 e na região metropolitana é de R$ 2.451, os trabalhadores do interior recebem em média apenas R$ 1.195. O rendimento médio brasileiro é de R$ 2.291.

Bruno Marinho – MaisPB

 

 

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS









ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627