Tarifa de Energia da Paraíba ficará entre as mais caras do Nordeste

Publicado em sexta-feira, agosto 12, 2011 ·

80962_W220Q60I2SASRFHFVRLRRCLCTCRCBNo próximo dia 28 de agosto a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai autorizar mais um reajuste da tarifa de energia na Paraíba. Com o aumento, o estado vai ocupar um ranking nada agradável: a Paraíba passa a ter a 4ª tarifa mais cara do Nordeste, perdendo apenas para os estados do Maranhão Ceará e Bahia, respectivamente.

Esse ano o reajuste de 7,57% pedido pela Energisa está acima da inflação, que nos últimos 12 meses acumulou 6,92%. A ANEEL poderá homologar ou não pedido da Energisa, se conceder o reajuste a ANEEL estará confirmando que o critério da modicidade econômica não está sendo considerado, com isso garantindo apenas a saúde financeira da Energisa. Para Dráuzio Macêdo, vice-presidente do Sindeletric, esses reajustes anuais concedidos a empresa só aumentam sua capacidade de lucrar. O relatório semestral divulgado no próprio site da empresa revela que em 2011 a Energisa já obteve um lucro líquido de 46,1 milhões.
Em 2010 a Energisa completou 10 anos de privatização e durante esse tempo acumulou lucro líquido de 664 milhões, duas vezes o valor da venda da SAELPA que na época foi arrematada por aproximadamente 360 milhões. A receita operacional bruta da empresa saiu de 382 milhões (antes da privatização) para 1.183 bilhão.

A diretoria do Sindeletric já está adotando medidas para que o reajuste da tarifa de energia elétrica seja discutido pela sociedade. “Esse reajuste é abusivo e antes que ele seja concedido os parlamentares, a sociedade civil organizada e as entidades de defesa do consumidor devem se unir para que esse aumento não seja permitido”, afirmou Manuel Henrique, presidente do Sindeletric.

Redação iParaíba com Ascom

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627