Arquivo da tag: Wilson Santiago

Ministro do STF diz que Wilson Santiago colocou mandato a serviço de agenda criminosa

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, afirmou que o deputado Wilson Santiago (PTB-PB) pôs seu mandato à serviço de uma agenda criminosa. A declaração foi feita ao determinar o afastamento do parlamentar, alvo da Operação Pés de Barro, em dezembro de 2019.

A informação é do Antagonista.

A Câmara dos Deputados vai a plenário em fevereiro, após o recesso, para decidir o afastamento de Wilson Santiago.

“Desse modo, o conjunto de dados indiciários antes referido – registrados em arquivos de som e imagem – parece indicar, em suporte ao pedido de afastamento cautelar do mandato parlamentar ora em análise, que o congressista sob investigação pôs seu mandato a serviço de uma agenda criminosa, em ordem a dar concreção, no plano factual, à sua aparente “auri sacra fames”, degradando-se o ofício legislativo, em tal contexto delinquencial, à subalterna condição de instrumento destinado a alimentar corruptas venalidades”, escreveu o ministro.

A PF chegou a pedir a prisão do deputado, mas Celso de Mello considerou o afastamento da Câmara como medida mais adequada diante da “probabilidade de utilização das prerrogativas inerentes ao ofício parlamentar para o fim espúrio de propiciar, em favor do congressista em referência, a continuidade e a subsistência do aparente esquema de corrupção instaurado por esse investigado, cujo alegado plano criminoso, por ele próprio concebido, teria encontrado suporte, segundo se sustenta, nas atividades de estruturada organização criminosa”.

O decano afirmou ainda que ao que tudo indica, o deputado  “convertera o seu mandato parlamentar em plataforma de ações delituosas, dirigidas, todas elas, para o fim de obter, à margem das leis da República, inadmissíveis (e criminosas) vantagens de caráter pessoal”.

 

clickpb

 

 

Ministro do STF ordena sequestro de bens de Wilson Santiago, Wilson Filho, do prefeito de Uiraúna e de familiares

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o sequestro de bens do deputado federal Wilson Santiago, do prefeito Bosco Fernandes, e dos parentes do parlamentar e de alguns familiares do gestor de Uiraúna, no Sertão da Paraíba. A decisão veio após Wilson Santiago e Bosco Fernandes serem alvos da ação que investiga desvio de dinheiro público da obra da Adutora Capivara, que deveria estar pronta levando água para várias localidades sertanejas no Estado.

Ficam retidos os bens em nome da esposa de Wilson Santiago, Maria Suely Alves de Oliveira Santiago, e dos filhos, o deputado Wilson Filho, Mayara Raissa Alves de Oliveira Santiago e William Ramon Alves de Oliveira Santiago.

Os bens que estão no nome da primeira dama de Uiraúna, Maria Juliet Gomes Fernandes, e dos filhos do casal, Camila Gomes Fernandes e Danilo Gomes Fernandes, também foram alvos do sequestro judicial.

O suposto desvio de recursos em forma de propina foi denunciado pelo empresário George Barbosa, que acertou delação premiada. Segundo a Polícia Federal, ele foi beneficiado com fraudes em licitações na Prefeitura de Uiraúna e pagava propina para Bosco Fernandes e Wilson Santiago como recompensa.

Após o esquema ser detalhado no Fantástico da TV Globo, com as gravações feitas por George, o advogado Luís Henrique Machado, que defende Wilson Santiago, disse que o delator George Barbosa quer apenas obter benefícios com a delação.

 

A Operação Pés de Barro, da Polícia Federal

Segundo a PF:

As investigações apuram pagamentos de vantagens ilícitas (“propina”) decorrentes do superfaturamento das obras de construção da “Adutora Capivara”, a qual se trata de um sistema adutor que deve se estender do município de São José do Rio do Peixe/PB ao município de Uiraúna/PB, no Sertão da Paraíba.

As obras contratadas, inicialmente, pelo montante de R$ 24.807.032,95 já teriam permitido, de acordo com as investigações, a distribuição de propinas no valor R$ 1.266.050,67.

O inquérito policial federal teve por base uma proposta de colaboração premiada, apresentada pela Polícia Federal e acolhida pelo Exmo. Ministro Relator no STF, cujos termos permanecem em sigilo.

Foi ainda determinada, pelo Poder Judiciário, a indisponibilidade de bens imóveis em nome dos investigados.

Tal medida tem por objetivo ressarcir os cofres públicos dos desvios apurados.

Os investigados deverão responder pelos crimes de peculato (art. 312 do Código Penal), lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei 9.613/98), fraude licitatória (art. 90 da Lei 8.666/93) e formação de organização criminosa (art. 2º da Lei 12.850/2013).

 

clickpb

 

 

Câmara suspende cota parlamentar para Wilson Santiago, mas mantém pagamento de salário

O pagamento da cota parlamentar do deputado federal paraibano Wilson Santiago (PTB) foi suspenso por decisão da Câmara Federal. Santiago foi afastado do mandato no mês de dezembro por decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), no âmbito da Operação Pés de Barro.

Apesar de ter tido a cota parlamentar suspensa, Wilson Santiago continua recebendo o salário como deputado federal. Caberá à Mesa Diretora decidir quais as consequências administrativas do afastamento de Wilson Santiago, como o corte dos vencimentos. O entendimento tem sido de que a atribuição é do comando da Casa, diante da falta de previsão do afastamento no Regimento Interno e demais normativos.

A manutenção do afastamento de Wilson Santiago deverá ser apreciada pelo plenário da Câmara na primeira na primeira sessão após o recesso, marcada para fevereiro.

A Câmara informou que foi comunicada da decisão do STF no dia 23 de dezembro de 2019, quando recesso parlamentar já havia começado. “Naquela data, a Câmara prontamente cumpriu a decisão e registrou o afastamento do deputado, bem como determinou que nenhuma despesa do parlamentar fosse paga mediante utilização de recursos da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar.”, diz a nota.

“Importante ressaltar que, no presente caso, o parlamentar não se afastou de sua função para assumir outro cargo público e, tampouco, foi demovido definitivamente do mandato”, completou o texto.

 

clickpb

 

 

Agentes federais apreendem R$ 37 mil em apartamento do deputado Wilson Santiago

Os agentes federais cumpriram três mandados de busca e apreensão em imóveis do deputado federal Wilson Santiago (PTB), em João Pessoa e em Brasília (DF). Aqui, na Capital, os policiais apreenderam na residência do parlamentar a quantia de R$ 37 mil reais.

No seu gabinete na Câmara dos Deputados e em outra residência, no Distro Federal, foram recolhidos um computador e vários documentos que serão analisados pela perícia técnica. A Polícia Federal chegou a pedir a prisão de Wilson Santiago, o que foi negado pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou apenas o seu afastamento do cargo.

No apartamento do deputado, que fica em um condomínio na cidade de João Pessoa, os policiais federais passaram quase quatro horas analisando e recolhendo documentos.

paraiba.com.br

 

 

Wilson Santiago é cotado para assumir vice-presidência do Banco do Brasil

Wilson-SantiagoO presidente estadual do PTB, ex-senador Wilson Santiago, está sendo cotado para ocupar uma vice-presidência do Banco do Brasil, no lugar de Valmir Campelo. A indicação de Santiago para o cargo seria parte da estratégia do governo em garantir uma base de apoio a presidente Dilma mais ampla.

Recentemente, por exemplo, o governo conseguiu vitória considerada magra na aprovação do primeiro item da Medida Provisória de ajuste fiscal.

Informações dão conta que a ordem no Planalto é ‘esquecer’ o retrovisor. Santiago, por exemplo, disputou o Senado nas eleições do ano passado numa coligação com o PSDB paraibano e dividiu palanque com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), candidato a presidente.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

As informações foram repercutidas pela Folha de São Paulo.

Alexandre Freire – MaisPB

6Sigma: Maranhão lidera para o Senado com empate na 2ª colocação entre Lúcélio e Wilson Santiago

candidatosO ex-governador do Estado José Maranhão está liderando  a corrida para o Senado de acordo com a  pesquisa 6Sigma, divulgada nesta quinta-feira e contratada pela TV Itararé e a Rádio Campina FM.

Os dados mostram  que José Maranhão (PMDB)  tem 32,8% das intenções de votos.

A  novidade fica por conta da segunda colocação, com um empate literal entre Lucélio Cartaxo (PT) e Wilson Santiago (PTB), em 15,4%.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os outros colocados são: Walter Brito Filho (PTC), com 1,8%; Professora Leila (Pros), 1,4%; Nelson Júnior (PSOL), 1,1%; Rama Dantas (PSTU), 0,5%.

 

Brancos e nulos, 11,7%. Indecisos 18,3%. Nao informou 1,6%.

A margem de erro é de 2,6% para mais ou para menos.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral.

 

Redação\Paraíba online

Treze partidos fecham com o PSDB; Cássio, Ruy e Wilson Santiago formam chapa

Naira Di Lorenzo
Naira Di Lorenzo

O PSDB conseguiu fechar coligação com 13 partidos para a chapa majoritária com o senador Cássio Cunha Lima candidato a governador, o deputado federal Ruy Carneiro a vice-governador. A decisão foi oficializada na tarde deste domingo (29), durante a convenção do PSDB acontece no Colégio Marista, em João Pessoa.

Além dos nove partidos (PMDN, PRB, PTN, SD, PSD, PT do B, PPS, PSDC, PTC e PEN) que já haviam anunciado apoio a Cássio, três dos partidos mais ‘cobiçados’ pelas três principais candidaturas ao governo confirmaram a aliança com os tucanos: PTB, PSC e PR.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O presidente do PTB na Paraíba, Wilson Santiago, confirmou na tarde deste domingo (29), antes do início da convenção do PSDB ao Portal Correio, a coligação com o PSDB e sua candidatura a senador.

Completam a chapa majoritária o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PEN), como primeiro suplente de Wilson Santiago, e Júlio Evangelista (PPS), na segunda suplência.

A convenção do PSDB começou por volta 17h com discursos de apoio à candidatura de Cássio Cunha Lima dos presidentes dos partidos aliados. Com o ginásio do Colégio Pio X lotado de militantes e apoiadores falaram o deputado estadual Janduhy Carneiro (PTN), o deputado federal Benjamin Maranhão (SD), o deputado estadual Jutay Menezes (PRB), o ex-deputado Genival Matias (PT do B) e o ex-deputado Marcondes Gadelha (PSC).

“Companheiros o campeão voltou, com a força do povo e a vontade de Deus. Voltou para enfrentar todas essas mazelas que tornou a vida dos paraibanos um inferno”, declarou Marcondes Gadelha ao anunciar o apoio do PSC a Cássio e crítica a atual gestão socialista.

Luciano Agra também discursou a favor de Cássio “Sempre achei que as mudanças da Paraíba estavam nas mãos de Cássio. Por que? Porque Cássio é gente como a gente. (…) É uma honra de ser suplente de Wilson Santiago, dessa forma poderemos fazer as mudanças que a Paraíba merece”, disse.

 

portalcorreio

Wilson Santiago confirma aproximação com Cássio Cunha Lima e descarta conversas com demais partidos

wilson-santiagoO presidente do PTB na Paraíba, Wilson Santiago confirmou nesta segunda-feira (14) que está fechando uma aliança com o PSDB. Com o desejo de se candidatar ao Senado, o petebista deve ser o nome certo para a chapa do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que vai se candidatar ao Governo.

A conjuntura é cheia de ironia, já que no passado Cássio e Wilson disputaram a mesma vaga pelo senado. E os dois se tornaram praticamente “inimigos”, já que uma ação do então peemedebista tirou o direito do tucano de assumir o cargo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Santiago também descartou conversas com outros partidos. “Nos não podemos conversar com duas três lideranças políticas de partidos diferentes, temos que ter um norte, um rumo e a vontade de acertar”, completou.

 

“Não é conversando com todos os lados que se adquire a credibilidade da população e muito menos a solidariedade, no que se refere a qualquer decisão política”, afirmou Santiago.

Wagner Mariano / Fernando Braz

Wilson Santiago se congratula com o Aniversário da Capital da Paraíba: 428 anos

wilson-santiagoO presidente regional do PTB paraibano, ex-senador Wilson Santiago, diz encontrar todos os motivos e razões para se congratular com o transcurso dos 428 anos de fundação da Cidade de João Pessoa, neste 05 de Agosto de 2013, alegando que, foi na Capital, ainda bem jovem, que encontrou todas as oportunidades de prosperidade profissional, mesmo com as dificuldades inerentes, e, mais do que isso, pôde ver todos seus filhos nascerem em solo tabajarino.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Natural da cidade sertaneja de Uiraúna, polarizada por Cajazeiras, Wilson Santiago também diz ter encontrado porto-seguro, logo que chegou a João Pessoa, na legendária Casa do Estudante da Paraíba, situada à Rua da Areia, no Centro, dividindo sonhos e dificuldades com dezenas e dezenas de outros interioranos, na perspectiva de prosperidade possível para todos.

Ademais, ele salienta que todos os municípios da Paraíba são usufrutuários do colosso de belezas naturais e do ideal de conquista que conferem, a João Pessoa, posição de elevado destaque na cartografia das cidades de maior aceitabilidade turística do Nordeste, senão de todo o Brasil, sem contar com o imenso acervo de sua historiografia política e cultural.

“Mais de 60 por cento dos que habitam nossa Capital, como nós, são oriundos do interior do Estado; então, João Pessoa é a Cidade de todos nós”, arremata o ex-senador paraibano.

 

assessoria

Ricardo Coutinho põe fim a mistério sobre aliança com Wilson Santiago

ricardo coutinho“Wilson Santiago não vem para o PSB”. Foi com essa frase que o governador Ricardo Coutinho pôs fim nesta quinta (7) às especulações de uma provável filiação do ex-senador ao PSB. Ainda sobre o assunto, Ricardo fez questão de frisar que muito menos apresentou o convite ao peemdebista para ingressar em sua sigla.

“Eu mesmo não faço convite a ninguém de outro partido. Eu estaria me intrometendo, e não gostaria de fazer isso”, justificou o socialista.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Destacando que guarda por Santiago muito respeito (iniciado desde o tempo em que dividiam acento no Legislativo), Ricardo foi sarcástico ao rebater às especulações que estaria influenciado o ex-senador a decidir assinar a ficha de filiação do PSB.

“Wilson é bem grandinho paRa saber seus caminho, seus desejos e necessidades”, declarou, reforçando em seguida: “Para onde ele vai tem que se pergunta a ele”.

Apesar de buscar por fim ao assunto, Ricardo não perdeu a oportunidade de dar sua opinião sobre a crise vivida entre Santiago e o PMDB, que, segundo ele, é motivada pelo tentativa de hegemonia de ‘um grupo de Campina’.

“Existe um clima em que uma pessoa com a força política de Wilson Santiago tem sido relegado a um plano muito inferior, em função da tentativa de hegemonia que um grupo de Campina tenta implementar no partido”, opinou o governador.

MaisPB