Arquivo da tag: visual

Marília Mendonça muda visual e adota cabelo mais curto

Marília Mendonça mudou completamente o visual nesta sexta-feira (04): em meio a uma mudança de hábitos alimentares, a sertaneja adotou cabelo mais curto e com tom mais claro. No Instagram, ela explicou que sempre teve o desejo de ter fios com comprimento menor. “Tcharam! Ta aí minha mudança… já tinha estipulado uma meta comigo mesma, de que quando chegasse num ponto da reeducação alimentar, ia realizar meu sonho de ter cabelo curto…”, iniciou a jovem, adepta da velaterapia para cuidar das madeixas.

Mega-hair continua para dar volume: ‘Cabelo fininho’

Ela afirmou ainda que, apesar de o comprimento do cabelo ter se modificado, continua com mega-hair. “Marília, tirou o mega? Não! Tenho o cabelo bem fininho e ralo, totalmente sem volume, então falei com meus amores do Vitrine Mulher da ideia que tinha, e eles como sempre, com muita excelência atenderam o meu pedido com telas menores, só pro volume, na técnica que sempre usei e amo: micro emborrachada”, detalhou a cantora, cuja torcida no “BBB18” foi para a estudante de psicologia Gleici. “Falei pro Alberth Leal que queria voltar a ser loira também e fazer um corte bem leve, com movimento e ele, esse profissional maravilhoso, fez do jeitinho que pedi! Partiu nova fase… leve em todos os sentidos! Obrigada”, acrescentou Marília.

Pure People

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

CNH ganha novo visual e mais itens de segurança

Uma nova Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está sendo entregue aos condutores com visual diferente e mais requisitos de segurança. As mudanças serão válidas para os novos documentos, por isso os condutores não precisam fazer a troca. As carteiras atuais serão reconhecidas até a validade ou até que o condutor solicite alguma alteração de dado.

Uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito, de maio de 2016, deu prazo até 31 de dezembro para que os departamentos nacionais de Trânsito dos estados e do Distrito Federal se adequassem aos novos procedimentos. Mas a mudança causa impacto apenas no visual da CNH, os procedimentos para obter a habilitação permanecem os mesmos.

Produzida por empresas credenciadas, em modelo único, a CNH terá papel com marca d´água, tintas de variação ótica e fluorescente e imagens secretas. Os itens de controle de segurança incluem ainda mais elementos em relevo e em microimpressão. O fundo do documento ficará mais amarelado.

A tarja azulada, que fica no topo do documento, passará a ser preta e trará o mapa do estado responsável pela emissão do lado direito. No lado esquerdo, sob o Brasão da República, aparecerá a imagem do mapa do Brasil.

A nova CNH terá ainda duas sequências de números de identificação nacional – do Registro Nacional e do Espelho da CNH – e uma de identificação estadual – do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach).

Veja as mudanças:

Saiba quais são os ítens de segurança da nova Carteira Nacional de Habilitação/Divulgação/ Denatran

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Esposa de Michel, Marcela Temer muda radicalmente de visual

esposaImpossível se esquecer do furor causado por Marcela Temer quando da posse de Dilma Rousseff em seu primeiro mandato.

A mulher do vice, Michel Temer, com uma saia justa, ombro de fora e uma trança lateral, chamou mais atenção do que qualquer político presente à cerimônia.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Passados quatro anos, a loiraça deu lugar a uma mulher discreta, de cabelos escuros e figurino comportadíssimo.

Presente ao discurso da vitória de Dilma e de seu marido, no domingo (26), Marcela ficou discretamente posicionada entre as autoridades.

R7

Avaliação: JAC J6 Diamond dá um passo à frente em visual e conforto

Apesar de ter chegado ao mercado brasileiro há menos de dois anos, o J6 já ganha a primeira reestilização. A JAC trabalha em ritmo chinês para não perder tempo. Como havíamos avaliado a minivan anteriormente, não havia tanta expectativa assim em relação ao modelo reestilizado. Mas não é que o J6 2014 foi uma grata surpresa?

Em relação ao visual, o J6 sempre foi um carro agradável. Guardadas as limitações de design de uma minivan familiar, o modelo chinês tem personalidade e até se destaca em relação aos concorrentes, como Chevrolet Spin e Nissan Grand Livina, que também não são exatamente beldades. Nessa atualização, a JAC deu ênfase na renovação de estilo, com novas lanternas, agora horizontais, faróis redesenhados e rodas diferentes.

nova-jac-j6-2014 (17)

Mas o melhor está no interior. O encaixe das peças está mais justo e os detalhes em black piano, aplicados nas portas e console, dão certa percepção de refinamento. Mas os plásticos continuam rígidos e, se os ocupantes não forem cuidadosos, podem riscar facilmente. A parte central ficou mais bonita também pelos novos comandos do ar-condicionado automático.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Além do painel completamente novo, outra atração é o quadro de instrumentos com grafia na cor cinza e iluminação azul. À noite o visual é estiloso, mas durante o dia os LEDs são insuficientes para oferecer uma leitura correta – e nem precisa ser um dia de sol forte. Mesmo em dias nublados o velocímetro e o conta-giros ficam no escuro.

nova-jac-j6-2014 (24)

Para um modelo desta categoria, sentimos falta de algumas coisas simples como computador de bordo e ajuste de profundidade do volante, além de uma central multimídia (disponível no modelo chinês) – oferecida apenas como acessório. Outras novidades ficam por conta do sensor de monitoramento da pressão dos pneus, faróis automáticos e volante redesenhado.

Ao volante, as impressões não mudam muito em relação ao modelo antigo. Mas o comportamento está mais apurado. A JAC aumentou a carga dos amortecedores e, ao mesmo tempo, adotou pneus de perfil mais alto (205/55 R16 contra os anteriores 215/45 R17) para não abrir mão do conforto. O acertou ficou bom, com a carroceria mais controlada nas curvas e boa absorção de impactos. O ponto negativo é a frente baixa que raspa com facilidade em saídas mais inclinadas, valetas e lombadas.

nova-jac-j6-2014 (3)

A direção também merece um comentário à parte. Apesar de não exibir a leveza de uma assistência elétrica, ela mostra precisão e peso correto no J6. Como parâmetro, pego como referência outro carro da própria JAC, o J5, em que a direção imprecisa e nada comunicativa não lembra em nada a bem acertada da minivan. Outra evolução aparece no câmbio, que embora ainda seja a mesma caixa, ganhou um novo trambulador que deixou os engates mais curtos e precisos.

Rodando na cidade, o J6 se revelou agradável, com saídas e retomadas medianas. O motor 2.0 16V de 136 cv e 19,1 kgfm a elevadas 4 mil rpm é apenas suficiente para embalar a minivan de 1.500 kg, mas deixa a desejar em baixos giros, pedindo reduções de marcha constantes. De acordo com a JAC, a aceleração de 0 a 100 km/h consome 13,1 segundos e a velocidade máxima é de 183 km/h. De todo modo, seu funcionamento é suave e silencioso, melhorando a percepção de conforto a bordo.

nova-jac-j6-2014 (2)

Na estrada, a minivan vai bem e o fôlego para ultrapassagens melhora, considerando o peso do modelo. A 120 km/h o rodar é silencioso, mostrando que o trabalho de isolamento acústico foi eficiente. Importante ressaltar que o carro não balança demais e nem apresenta comportamento inseguro na maioria das situações de uso, ou seja, se não abusar (lembrando que a proposta do carro é familiar) o J6 transmite confiança ao volante.

nova-jac-j6-2014 (9)

Como esperado numa minivan, o espaço interno dá conta da família. Teto elevado, sete lugares e bom vão para as pernas, tanto para quem vai na frente quanto na fileira do meio. Mesmo na última fileira, onde normalmente o espaço é extremamente reduzido, é possível acomodar dois adultos com relativo conforto. Mas, ao usar os sete lugares, o o porta-malas fica com apenas 190 litros. Uma vantagem da versão de sete lugares é possuir todos os bancos com ajuste de inclinação. Além disso, o mecanismo de rebatimento para acesso à última fileira é prático e simples de utilizar. Por fim, os bancos do fundão podem ser retirados para ampliar a capacidade para 720 litros de bagagens.

J6_interior

Com porte e mecânica superiores aos dos concorrentes Spin e Grand Livina, afora a boa lista de itens de série, o J6 é uma opção a se considerar entre os familiares. Custando a partir de R$ 57.900 na versão de cinco lugares ou R$ 59.990 nesta para sete ocupantes, ela oferece garantia de seis anos. Pena que falte uma versão com transmissão automática, item altamente desejado nesse segmento.

nova-jac-j6-2014 (26)

Por Julio César
Fotos Diogo Dias

Ficha Técnica: JAC J6 Diamond 2014

Motor: dianteiro, transversal, quatro cilindros, 16 válvulas; Potência: 136 cv a 5.500 rpmTorque: 18,9 kgfm a 4.000 rpm Transmissão: manual de cinco velocidades Direção:hidráulica Suspensão: independente McPherson na dianteira e dual link na traseira; Freios:discos ventilados na dianteira e discos na traseira, com ABS; Peso: 1.500 kg; Capacidades:porta-malas 198 a 720 litros, tanque 68 litros; Dimensões: comprimento 4.550 mm, largura 1.775 mm, altura 1.660 mm, entre-eixos 2.710 mm.

 

 

carplace

Polícia Militar prende deficiente visual por abuso sexual a neta de oito anos

plantão policialUm deficiente visual foi preso pela polícia Militar por abusar sexualmente a neta de oito na noite dessa segunda-feira (11), no bairro do Roger, em João Pessoa. De acordo com o sargento Valter, José Félix, 61 anos foi flagrado pela vizinha tentando violentar a criança.

“Uma vizinha entrou na casa do acusado e o viu acariciando a criança, tento beijar e tirar a roupa dela”, contou o sargento, que acrescentou que o idoso só não estuprou a vítima porque foi pego em flagrante pela vizinha.
Segundo a família da criança essa não é a primeira vez que o avô abusa da neta. José Felix chegou a dizer a polícia que agiu por impulso e que estava arrependido. A reportagem da TV Correio ele afirmou que o ato foi “uma fraqueza”.
De acordo com a polícia, a criança foi encaminhada para um hospital da cidade, onde recebeu atendimento médico.
Portalcorreio