Arquivo da tag: Vista

Governo legaliza desconto para compras à vista ou pagas em dinheiro vivo

dinheiroO presidente Michel Temer autorizou que os lojistas cobrem preços diferentes para um mesmo produto de acordo com a forma de pagamento (cartão de crédito, dinheiro, parcelamento etc.). A Medida Provisória 764 foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (27).

Na prática, a MP legaliza os descontos nas compras à vista ou pagas com dinheiro em espécie. Antes, era proibido por lei cobrar um preço diferente para quem paga à vista, em cheque ou parcela a compra no cartão de crédito. As compras feitas no cartão de crédito em uma única parcela eram consideradas pagamento à vista.

A medida já havia sido antecipada pelo governo há duas semanas e confirmada pelo presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, na semana passada. Agora oficializada, ela entra em vigor a partir desta terça.

Na ocasião do anúncio, o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o objetivo da MP é estimular a competição entre os diversos meios de pagamento e reduzir os juros do cartão de crédito.

“Essa é uma medida vantajosa para o consumidor, que vai poder pagar menos à vista. Além disso, a medida regulariza uma prática do pequeno comércio, que já faz isso”, declarou Meirelles.

A Proteste (entidade de defesa do consumidor) disse ao jornal “Folha de S. Paulo” que é contra o desconto para pagamento à vista ou em dinheiro porque considera que o consumidor tem um custo de anuidade com o cartão, enquanto o lojista economiza ao ser dispensado de fazer a análise de crédito do cliente.

“É uma luta longa da Proteste, para que todos os pagamentos tenham o mesmo desconto”, diz Henrique Lian, gerente da entidade.

Governo aposta em ‘pauta positiva’

No dia 15, o governo anunciou propostas para tentar estimular a economia e tirar o país da crise. Muitas dessas medidas ainda estão em estudo e não têm prazo determinado para entrar em vigor.

O desempenho da economia continuou ruim no segundo semestre deste ano, o que colocou em xeque o otimismo visto com a mudança de governo (Michel Temer assumiu interinamente a Presidência em 12 de maio).

O anúncio de medidas consideradas positivas também acontece num momento em que o governo tenta reverter um desgaste de imagem, após a cúpula do Palácio do Planalto –incluindo o próprio presidente– ter sido citada em delação premiada da Odebrecht, no âmbito da operação Lava Jato.

Para especialistas, o “minipacote” divulgado neste mês é positivo, mas não resolve”. A principal crítica é que as propostas não têm relação entre si, parecem um “catadão de medidas”, e devem ter quase nenhum impacto na retomada da economia.

O que já foi anunciado

Veja os principais pontos já anunciados pelo governo para tentar estimular a economia:

  • Legalização do desconto para pagamento à vista
  • Estudo para cortar juros de cartão de crédito
  • Mais rentabilidade para o FGTS (renderia como a poupança)
  • Corte gradual de parte da multa do FGTS paga por empresas em demissões (mas sem afetar os 40% dos trabalhadores)
  • Refinanciamento de dívidas de empresas e pessoas
  • Incentivo ao crédito imobiliário
  • Desburocratização de pagamento de impostos e obrigações trabalhistas (de empresas)
  • Melhora no cadastro de bons pagadores e redução no ganho dos bancos (spread)

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Adapte a leitura para evitar a vista cansada

Diante da falta de tempo, é comum a leitura ocorrer em lugares inusitados, como no ônibus, na cama e em ambientes escuros. Mas será que esses hábitos de leitura podem prejudicar a vista? Segundo o oftalmologista Wagner Ghirelli, na verdade, quanto mais lemos, melhor. “Quem lê muito tem uma capacidade visual melhor e lê mais rápido”, conta. “Com o uso do computador, há pessoas que se tornam muito ágeis e desenvolvem habilidade visual muito grande, já que associam habilidade visual com motora.” Desbanque os mitos a seguir e fique atento a alguns cuidados.

Ler no ônibus faz mal?

Há quem acredite que esse hábito pode causar até mesmo descolamento de retina, mas não é verdade. “O problema na retina é relacionado a traumas e independe de hábitos relacionados à leitura”, explica o oftalmologista Omar Assae. Um baque muito grande, por exemplo, é o que pode causar o descolamento, que é mais comum em pessoas com alto grau de miopia ou com diabetes.

Ler no ônibus - Getty Images
Ler no ônibus

O que a leitura no ônibus pode causar é incômodo e mal-estar, pois o balanço do veículo provoca uma confusão no sistema vestibular do cérebro, responsável pelo equilíbrio.

Leitura no escuro é prejudicial?

Ler em locais com pouca luminosidade está longe de piorar doenças como miopia, hipermetropia, astigmatismo etc., tampouco “forçar a vista”. O que pode acontecer, segundo Osmar Assae, é a fadiga, ou seja, sensação de cansaço dos olhos, já que é preciso força-los mais para enxergar.

“O que se recomenda é apenas não permanecer muito tempo com o foco de visãoem um mesmo objeto próximo, já que isso causa dor de cabeça e sensação de baixa visão”, aconselha o oftalmologista. “O ideal é fazer pequenas pausas durante a leitura.”

Tablets deixam a vista cansada?

Ler em tablets (como iPad) também não pode ser considerado um mau hábito, pelo contrário: o oftalmologista Osmar Assae vê esses gadgets como aliados da boa leitura, já que a função “zoom” permite aumentar as letras, o que confere melhor visualização, além da possibilidade de ajustar a iluminação ao seu conforto.

Leitura - Getty Images
Leitura

É importante lembrar, apenas, de fazer pequenas pausas, já que o esforço repetitivo para visualizar imagens em curta e média distância causa o ressecamento da vista. Uma pessoa pisca os olhos, em média, 20 vezes por minuto, enquanto em frente ao eletrônico pisca apenas de seis a sete vezes.

Leitura na praia é permitida?

A luz da praia exige mais cuidados. Essa luminosidade excessiva, segundo o oftalmologista Wagner Ghirelli, pode gerar degenerações na retina, . Por isso, a leitura exige óculos escuros ou, pelo menos, um boné para proteger os olhos da luz intensa.

Crianças precisam de cuidados ao ler?

Para os pequenos, ficar muito próximo ao livro (ou da televisão, computador etc.) pode levar ao desenvolvimento de miopia, que se acentua conforme o hábito perdura. “Isso faz com que o olho tenha um crescimento maior do que deveria ter pelo fato dela ler muito de perto”, esclarece Wagner Ghirelli. Mas esse risco só vale para crianças. Em adultos, ler com o livro muito perto pode causar, no máximo, desconforto.

Para uma boa leitura

Mais do que se preocupar com boatos, é preciso prestar atenção em pequenas atitudes que, com certeza, garantirão maior conforto durante a leitura:

– Independente de ser livro, tablet etc., o objeto deve ficar a, aproximadamente, 40 cm de distância dos olhos, com luminosidade adequada (determinada pela sensação de conforto ao ler);

– O objeto de leitura deve ficar sempre abaixo dos olhos, nada de deitar na cama e colocar o livro acima deles;

– A iluminação é importante aliada de leitura e não pode incomodar a visão, seja pela falta ou pelo excesso. Embora o conforto seja relativo, Osmar Assae recomenda uma lâmpada de 60w, que deve fornecer iluminação suficiente.

minhavida

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Terra à vista

artigoramalhoHá controvérsias a respeito dessa versão da história que nos foi contada desde as primeiras letras. Alguém, com forte sotaque lusitano, teria gritado: “Terra à Vista”, quando, com a ajuda de um binóculo ou coisa que o valha, divisou o nosso Monte Pascoal.

Isolado na gávea, aquele compartimento em formato de  cesta colocada no alto da vela principal da caravela de Cabral, o dono do primeiro olhar sobre as terras brasileiras estava cumprindo pena, castigado por alguma falta cometida a bordo…Sua posição já o permitia ver mais longe, mas, mesmo assim, com a ajuda de lentes, sua visão alcançou mais cedo a costa da Ilha de Vera Cruz.

Quando estudante do Liceu estava vendo as letras embasadas. A miopia causadora foi corrigida com os meus primeiros óculos. Ao sair de uma ótica na Duque de Caxias, já portando uma carrocinha à frente dos olhos, avistei até a placa da Radio Arapuan, colocada alí há muitos anos, mas longe do alcance da minha retina .

Até que viessem  a me conceder uma visão perfeita, muitos séculos haviam se passado, desde que no primeiro depois de Cristo surgiram as primeiras lentes. Nome originado de “ocularium”, aqueles dois orifícios que permitiam aos soldados enxergarem de dentro das  armaduras, os óculos foram utilizados inicialmente pelos monges, dada a sua permanência nas bibliotecas, cansando a vista. Mas foram os alemães que formataram os primeiros óculos com aros de metal e unidos por rebites. No Brasil, não seria demais lembrar, foram eles, os portugueses, que colocaram óculos nos jesuítas, nos membros da Coroa e nos colonos endinheirados.

Até chegar ao Ray Ban, (do inglês Ray-Banner, ou raios banidos) encomenda dos americanos para evitar que os raios do sol causassem danos aos olhos dos seus pilotos, e serem transformados também em artefato da moda, os óculos evoluíram e surgiram em milhares de modelos a complementar a indumentária de homens e mulheres. Credita-se a Benjamim Franklin a invenção dos óculos bifocais. Era composto de duas lentes na frente de cada olho, unidas pela armação, possibilitando ao usuário enxergar de longe e de perto com um único aparelho.A Wikipédia registra  noticia de óculos de vidros sem grau, no antigo Egito,

Foi de um desses modelos mais aperfeiçoados que me livrei recentemente, após uma bem sucedida operação de cataratas. A propósito, publiquei na minha página do Facebook  um auto-retrato com o olho vedado e me referí a um chiste de Dorgival Terceiro Neto aludindo à velhice característica dos  senadores  de antigamente:

– Para ser Senador é preciso fazer três operações: cataratas,próstata e hemorróidas.

Postei então, sendo um pouco  irreverente, que estava iniciando minha campanha de Senador, ao fazer a primeira das três operações necessárias.Teve gente que acreditou no gracejo e me ofereceu votos. Outro, com  uma pitada de bom humor, chamou  a minha cirurgia  de “catavotos”. O certo é que os tempos são outros, e hoje, tem senador tão jovem que ainda não deve ter se livrado da fimose.

O nosso estimado senador Humberto Lucena, por exemplo, fez operação de cataratas somente no seu ultimo mandato, contrariando a versão terceiriana. O fato  levou à comoção um seu amigo deputado, que se apressou em lhe telefonar:

-Humberto, é verdade que você fez operação de catarata nos olhos?

E o senador, professoral e carinhosamente retrucou:

-Não diga isso a ninguém, é um pleonasmo!

Quando, na Assembléia, indagaram do deputado sobre o estado de saúde do líder partidário, ele informou constrangido:

-Ele me pediu pra não dizer a ninguém…Mas é um pleonasmo!

Ramalho Leite

 

 

O texto é de inteira responsabilidade do assinante

Jovem é assassinada no Alto da Boa Vista, em Guarabira

Uma jovem identificada até o momento como Edvania da Silva, 22 anos, foi assassinada por volta das 10h deste domingo (2) no Alto da Boa Vista.

A vítima teria sido golpeada com uma faca, segundo as primeiras informações. Populares, apesar do fato ter acontecido à luz do dia, não souberam prestar esclarecimentos sobre a autoria do homicído.

Nossa equipe colheu que Edvânia teria sido esfaqueada dentro de uma casa pertencente a uma amiga conhecida como “Galega” e correu jorrando sangue para rua pedindo socorro, antes de cair numa calçada e não resistir aos ferimentos. Rastros de sangue ficaram na residência e no percurso.

Conforme declarações dadas por uma irmã, Edvânia não tinha envolvimento com drogas.

A Polícia foi acionada e tenta encontrar indícios que possam apontar os motivos e quem teria cometido o crime.

Da Redação