Arquivo da tag: violentada

Criança chora em palestra sobre abuso sexual e diz que era violentada por radialista na PB

esperança_pbA polícia prendeu nessa quinta-feira (10), no município de Esperança, localizado na região do Agreste, a130 km de João Pessoa, um radialista de 41 anos, suspeito de ter estuprado uma menina de 13 anos. O abuso contra a menina estaria ocorrendo desde agosto de 2013 sob coação, uma vez que o radialista teria feito fotos da menina nua desmaiada no dia em que foi violentada.

O fato só foi descoberto porque houve uma palestra na escola em que menina estudava sobre abusos sexuais cometidos contra crianças. Durante as explicações dos orientadores, ela começou a chorar compulsivamente. A diretora e professores desconfiaram e pediram para que ele conversasse sobre o que estava ocorrendo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A menina confessou e disse que vinha sendo abusada por um radialista da cidade e que todos o conheciam. O fato foi comunicado à família da vítima e ela foi levada ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social de Esperança através do Conselho Tutelar, para tratamento psicológico e onde também a família foi aconselhada a denunciar o caso à polícia.

Conforme o delegado Malon Casimiro, o homem confessou que havia abusado da irmã da menina quando ela trabalhava na rádio. “Foi por isso que ele conseguiu seduzir a outra menor com a desculpa que devia um dinheiro e pediu para que a menor fosse buscar em sua residência e lá ele a estuprou e quando ela desmaiou aproveitou para tirar as fotos e começar a fazer as chantagens”, disse.

Segundo o delegado, o depoimento da vítima foi muito contundente, além das declarações dos parentes e dos professores da escola, por isso que o radialista foi preso e está na Cadeia Pública da cidade onde vai aguardar julgamento. O delegado informou ainda que a polícia apreendeu o celular e o computador que são usados nas investigações.

 

Portal Correio

Moradora do Bessa, denuncia ter sido violentada sexualmente pelo jogador de futebol Fábio Bilica

sireneUma mulher moradora do Bairro do Bessa compareceu na noite desse sábado (6) na Delegacia Mulher para denunciar que foi vítima de estupro praticado pelo jogador Fábio Bilica. O crime teria acontecido na noite de ontem no  estacionamento do Aeroporto do Recife.

A mulher identificada por M.S. contou a delegada Maria Rodrigues que estava indo deixar a filha de 15 anos em um restaurante quando o jogador, que estava acompanhado de três amigos, parou o carro e ofereceu uma carona. Como conhecia Fábio Bilica, M.S. disse que resolveu entrar no carro só que ele seguiu em direção ao Recife.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ao chegar no aeroporto, Fábio Bilica pediu aos três amigos identificados como sendo o radialista Lima Júnior, outro conhecido por “Hitler” e um que é político no município do Conde que fosse com adolescente fazer o chek-In.

Logo em seguida, o jogador teria trancado os vidros da sua camioneta e obrigado a mulher a manter relações sexuais com ele. Após o ato sexual, Fábio Bilica, mandou a vítima tomar a pílula do dia seguinte e viajou para a Turquia e a mulher voltou com a filha para João Pessoa e na noite deste sábado resolveu procurar a polícia para prestar queixa.

Após prestar depoimento, a mulher foi encaminhada para o Instituto de Polícia Científica (IPC) para ser submetida a exames e depois levada a uma maternidade onde foi medicada para evitar uma gravidez indesejada.

A Delegada Maria Rodrigues adiantou que vai solicitar a gravação do circuito de câmera do Aeroporto como também intimar os três amigos do jogador Fábio Bilica para que eles possam prestar melhores esclarecimentos sobre o caso.

Paulo Cosme / Washington Luiz

Criança morre após ser violentada pelo próprio pai com um cabo de vassoura

Um homem foi preso, na madrugada desta quarta-feira (18/04), suspeito de abusar do próprio filho, em Cotia, na Grande São Paulo. A vítima, um bebê de apenas seis meses de vida, morreu .

O caso ocorreu por volta de 2h. Os pais do bebê levaram a criança, já em estado grave, ao Pronto Socorro do Atalaia. Após desconfiar que se tratava de abuso, a enfermeira do Hospital acionou a Guarda Civil Metropolitana.

Os pais foram questionados sobre a ocorrência, e a mãe acabou confessando que o pai teria violentado a criança com um cabo de vassoura.

Segundo o delegado que atende o caso, o pai da criança será autuado por homicídio e a mãe ainda não será autuada.

Da BandNews