Arquivo da tag: viaturas

Viaturas da PM têm pneus furados durante bloco de carnaval em João Pessoa

Pelo menos seis viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros tiveram os pneus furados na noite desta quarta-feira (19), antes do desfile do bloco de carnaval Muriçocas do Miramar, em João Pessoa.

Ainda não foi confirmado quem danificou os veículos, mas a suspeita é que tenham sido policiais que participavam de uma paralisação. Um PM contou que cerca de vinte policiais encapuzados o abordaram e furaram os pneus.

A paralisação dos policiais foi encerrada ainda na quarta-feira por volta das 23h, de acordo com Steferson Nogueira, presidente da Associação de Defesa das Prerrogativas dos Delegados de Polícia da Paraiba (Adepdel), uma das representações do Fórum.

Cerca de 300 policiais não puderam trabalhar na segurança do bloco das “Muriçocas”, que teve como principal atração o cantor Alceu Valença. Conforme a assessoria da PM informou à TV Cabo Branco, mais de 500 policiais teriam participado do esquema de segurança, quando a previsão era de mais de 800.

Esse tipo de paralisação já foi considerado ilegal pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Em 2017, em votação no plenário da Corte por 7 votos a 3, os ministros declararam inconstitucional o direito de greve de servidores públicos de órgãos de segurança e decidiram proibir qualquer forma de paralisação nas carreiras policiais.”

Profissionais da Segurança Pública fazem paralisação na Paraíba

Profissionais da Segurança Pública fazem paralisação na Paraíba

Trio também foi danificado

Durante a mobilização dos policiais em João Pessoa nesta quarta, o pneu do trio que seria puxado por Alceu Valença também foi danificado, mas isso não impediu que o bloco acontecesse.

Cinquenta policiais que estavam dentro de um ônibus para fazer o policiamento no bloco foram impedidos de descer. O veículo foi cercado pelos manifestantes. Além disso, os pneus dos ônibus e das viaturas que estavam próximas foram furados. Pouco tempo depois, os policiais militares saíram do ônibus e foram levados para o Clube Cabo Branco, onde estava concentrado o outro grupo de PMs.

O G1 entrou em contato com a assessoria de imprensa das Polícias Militar e Civil sobre o efetivo nesta quinta-feira (20), mas não obteve resposta até pouco antes de 8h.

Os policiais militares, civis e bombeiros da Paraíba paralisaram as atividades em todo o estado nesta quarta-feira. De acordo com o Fórum das Entidades das Polícias Civil, Militar e Bombeiros, a paralisação começou por volta de 12h.

Apesar do efetivo reduzido, não houve nenhuma ocorrência vinda do bloco Muriçocas do Miramar registrada na Central de Polícia Civil ou no Hospital de Emergência e Truama de João Pessoa.

Conforme nota publicada na terça-feira (18) pelo Fórum das Entidades das Polícias Civil, Militar e Bombeiros, não houve um acordo entre os servidores e o Estado acerca da incorporação da bolsa desempenho e do reajuste da categoria. A entidade alega que o governo da Paraíba tem adiado dar uma resposta sobre o assunto.

A Secretaria de Segurança e da Defesa Social da Paraíba informou na quarta que não foi comunicada sobre a decisão do fórum e que a pasta continua articulada com a equipe econômica do governo a fim de dar prosseguimento ao diálogo com as entidades.

A mobilização começou no início da tarde de quarta, quando um grupo com representantes da segurança pública seguiu até a frente da residência oficial do governador da Paraíba. Eles reivindicam reajuste de salário e melhores condições de trabalho.

De acordo com a organização do movimento, a categoria está há dez meses tentando negociar com o governo. Como não conseguiram, decidiram fazer uma paralisação de 12 horas.

A categoria explica que o governo da Paraíba apresentou uma proposta de incorporar 30% na bolsa desempenho em 60 meses, além de 5% de reajuste, em outubro, para os ativos e na bolsa desempenho. O fórum recusou a proposta, reivindicando incorporação de 100% na bolsa, em 36 meses, e um reajuste de 24% pelos próximos dois anos.

Policiais civis, militares e bombeiros da PB paralisam atividades nesta quarta-feira — Foto: Walter Paparazzo/G1

Policiais civis, militares e bombeiros da PB paralisam atividades nesta quarta-feira — Foto: Walter Paparazzo/G1

Desembargador determina ilegalidade de paralisações de policiais e bombeiros na PB

O desembargador Leandro Santos decretou a ilegalidade e pediu a suspensão da paralisação dos policiais civis, militares e bombeiros da Paraíba desta quarta-feira. A decisão liminar também vale para a possível deflagração de uma greve.

O magistrado ressalta que o movimento ameaça o direito à segurança que os cidadãos têm, especialmente no período carnavalesco e durante o bloco Muriçocas do Miramar. Ele se solidariza, ainda, com a situação salarial dos policiais do estado.

Em caso de descumprimento da medida liminar, que passa a ter efeito a partir do momento de cada intimação, fica fixada uma multa diária no valor de R$ 500 mil para entidades que compõem o Fórum das Entidades das Polícias Civil Militar e Bombeiros.

Uma multa pessoal diária no valor de R$ 300 mil também deve ser paga por membros da diretoria de cada instituição.

Por fim, o desembargador marcou uma audiência de conciliação entre as forças de seguranças e o Governo da Paraíba. A reunião deve acontecer no dia 26 de fevereiro, às 9h, na sede do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

G1

 

Pacientes denunciam retenção de macas e oito viaturas do Samu sem funcionar no Hospital do Trauma

Pacientes do Hospital de Trauma denunciam que oito ambulâncias do Samu permanecem inativas no local e que está faltando macas para ajudar no atendimento de quem chega ferido. Segundo eles, os veículos estão parados há dias e não há previsão para que retomem os serviços. As reclamações já se estendem durante dias.

O Portal ClickPB entrou em contato assessoria do Hospital para obter mais detalhes sobre o caso. Segundo a assessoria, as ambulâncias chegaram por volta de  meio dia e permaneceram no local, sendo direcionadas aos atendimentos ao longo do dia. Já as macas ficaram paradas durante o processo de atendimento e depois foram liberadas.

Ainda segundo o órgão, o ocorrido foi um caso isolado e que ao longo da madrugada já não se registrava nenhuma ambulância no local.

 

ClickPB

 

 

“Polícias da Paraíba nos enche de orgulho” comemora Ricardo Coutinho ao falar sobre novas viaturas entregues

motosO governador Ricardo Coutinho (PSB) destacou, na manhã desta terça-feira (29), durante solenidade de entregas de armamento e viaturas para as Polícias Civil e Militar da Paraíba, o empenho de todos os agentes envolvidos, principalmente na elucidação de crimes.

O governador ressaltou que, mesmo diante da criminalidade, o trabalho das polícias da Paraíba, de forma preventiva e repressiva deve ser reconhecido, pela agilidade, e pela importância na ordem pública

“A cada dia as polícias Militar e Civil nos enche de orgulho. Observem os resultados. Nos enche de orgulho a quantidade de crimes solucionados, é grande e rápida. Ninguém pode adivinhar alguma coisa que está sendo feita nesse momento, agora a ação da polícia tem sido uma ação importantíssima no Estado”, disse.

Foram entregues 80 viaturas para as Polícias Civil e Militar, 60 motos além de 40 fuzis, que vão reforçar as ações preventivas da segurança pública.

Segundo o governador, outros investimentos também continuam sendo realizados em prol da coletividade, a exemplo da passarela para o Iesp, na BR 230, desafogando o tráfego, e ainda ordem de serviço para construção de mais estradas, tirando algumas cidades do isolamento asfáltico.

“Então vamos entregar a ordem de serviço da passarela do Iesp, que é um tráfego muito grande, e estamos fazendo isso com recursos próprios. Vamos ter a oportunidade de da a ordem de serviço da PB 063, que liga Gurinhém à BR 230”, ressaltou.

PB Agora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Governador entrega 80 viaturas e 40 fuzis para as policias Civil e Militar da PB

viaturasO governador Ricardo Coutinho entrega, nesta terça-feira (28), 80 viaturas para as Polícias Civil e Militar, além de 40 fuzis, que vão reforçar as ações preventivas da segurança pública.

A solenidade integra o pacote de ações e obras programadas para serem entregues à população paraibana até o final do ano.

No pacote estão previstas as inaugurações do Viaduto do Geisel, do Teatro Santa Roza, do Parque Parayba, em João Pessoa, e da Avenida João Suassuna, em Campina Grande, entre outras obras.

A solenidade de entrega do equipamento será às 10h, no Salão Nobre do Palácio da Redenção, no Centro de João Pessoa.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

PM mobiliza 15 viaturas, frustra explosão a banco na Paraíba, mas bandidos escapam

policiaUma explosão de banco foi frustrada pela polícia na madrugada deste sábado (6) em Itaporoca, a 69 km de João Pessoa, no Litoral Norte da Paraíba. Apesar de ter ocorrido apreensões de materiais ilícitos, ninguém foi preso.

Conforme repassado pelo capitão Alberto Filho, foram mobilizadas 15 viaturas que conseguiram apreender quatro explosivos, uma submetralhadora, uma barra de ferro para abrir os caixas, grampos para impedir a perseguição durante fuga, capuzes e dois veículos que seriam utilizados no crime.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo a Polícia Militar, os bandidos foram interceptados na estrada que liga Curral Velho a Itapororoca, durante as atividades da operação ‘Patrulha Bancária’ – realizada diariamente pela 2ª Companhia Independente, com viaturas intensificando as rondas em possíveis rotas de acesso dos praticantes deste tipo de crime.

De acordo com o comandante da 2ª Companhia Independente, capitão Alberto Filho, uma das viaturas envolvidas na operação flagrou duas motos, com dois ocupantes cada, espalhando grampos pelo local.

Houve perseguição, troca de tiros e os bandidos se acidentaram, mas conseguiram escapar por matagais e até o fim da tarde deste sábado (6) ainda não haviam sido presos.

 

portalcorreio

Reivindicação de Trocolli é atendida e PB vai ter viaturas para socorro em prédios de até 55 metros

 

trocoli juniorUma reivindicação antiga do deputado estadual Trocolli Júnior (PMDB) foi finalmente atendida pelo Corpo de Bombeiros da Paraíba. Preocupado com a segurança das pessoas que moram ou trabalham em edifícios de grande altura, o parlamentar vinha há meses reclamando sobre a falta de estrutura da corporação para prestar socorro em caso de incêndio. Mas agora, depois da ‘briga’ travada por Trocolli na Assembleia, o Estado vai ganhar duas viaturas para salvamentos em edifícios de até 55 metros de altura (escadas) e para combate a incêndios em prédios com até 150 metros (jato de água). Os equipamentos devem chegar até o final do ano.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A inquietação de Trocolli se dava, principalmente, porque a única escada do Corpo de Bombeiros paraibano só chega a 30 metros, o equivalente a 10 andares, e está em manutenção há mais de um mês, sem previsão de voltar a funcionar. Atualmente, João Pessoa tem 3.385 prédios com três ou mais pavimentos e 99 com mais de 20 andares. O mais alto tem 43 pavimentos (140 metros de altura), o Rio Mamoré, localizado no bairro de Miramar.

“Os prédios construídos em João Pessoa, por exemplo, são cada vez maiores. Isso me chamou a atenção para a segurança das pessoas que vão viver e conviver nesses ambientes. Imagine se ocorre um incêndio em um prédio que tem 40 andares, mas a viatura que o Corpo de Bombeiros tem só alcança 20? Como será feito o socorro dessas pessoas?”, indagou o deputado.

Informado sobre a nova aquisição do governo, Trocolli agradeceu ao comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Jair Carneiro de Barros, por ter tido o seu pedido atendido. “Eu quero agradecer a atenção do coronel Jair que entendeu a nossa preocupação e buscou soluções para isso. Esperamos que, em breve, a Paraíba já esteja com esse equipamento a disposição para nos deixar mais tranquilos”, enfatizou.

Viaturas ficarão em CG e JP

As duas viaturas que estão sendo compradas pelo Estado ficarão na Capital e em Campina Grande para atender ocorrências nas regiões. A Paraíba será o primeiro Estado do Nordeste a adquirir esse tipo de viatura. O investimento será de R$ 6,5 milhões com recursos do Governo do Estado.

Com fabricação italiana e obedecendo às normas brasileiras, as viaturas terão plataformas de resgate com alcance de 55 metros para salvamento de pessoas e mangueiras com jatos d’água que atingem até 150 metros, além de tanque de água com capacidade para três mil litros e um tanque para líquido gerador de espuma para incêndios em líquidos inflamáveis.

 

Assessoria para o Focando a Notícia

Operação Lei Seca vai contar com viaturas exclusivas para blitz nas principais cidades da PB

O superintendente do DETRAN /PB, Rodrigo Carvalho, comentou que a operação Lei Seca que foi lançada nesta sexta (21) vai atuar em duas frentes a de prevenção e outra na repressão nas principais cidades do Estado e no trabalho de conscientização, Carvalho apontou que vai mostrar na TV uma história real que perdeu um parente.

Carvalho explicou, durante entrevista ao programa Rede Verdade da TV Arapuan desta sexta (21) que já vem sendo realizadas ações integradas entre o DETRAN e o Batalhão de Policiamento de Trânsito desde 2011 e comentou que a partir de hoje a operação ganha outros parceiros como a Secretaria de Comunicação e outros órgãos.

O superintendente destacou a criação de uma logomarca, uma nominação para a operação que é ‘Lei Seca, nossa luta é pela vida’ e ainda a integração com órgãos e equipes atuando uniformemente para que se espalhe pelo estado cada vez mais agregando parceiros. Ele destacou ainda o sindicato dos taxistas e a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) em conjunto com a sociedade civil.

“Vamos partir por duas frentes, uma na parte de prevenção e conscientização com educadores de trânsito e equipes que estamos montando e a partir de hoje já vão fazer visitas nos bares e restaurantes de João Pessoa”, conta. O superintendente destacou também que vai ter programação para Campina Grande, Patos, Sousa, Cajazeiras e as principais cidades do Estado, principalmente em períodos que tenham eventos festivos, onde aumenta o consumo de álcool.

Na TV a campanha vai trazer uma história real de um família que perdeu um parente vítima da mistura de álcool e direção e é voltada para atingir vários públicos. Além disso, o superintendente explicou que hoje o governador está entregando mais 3 viaturas destinadas exclusivamente à Operação Lei Seca.

Carvalho destacou que a meta é a longo prazo e que para começar estão focando em locais onde acontecem mais acidentes, já que a equipe é pequena e não pode abranger todas as cidades. “Temos feito um levantamento de locais, horário e dia da semana, para que possamos fazer abordagem de blitz”, explica. Em João Pessoa, essas regiões são os bairros de Manaíra, Mangabeira, proximidades da Praça da Paz e rodovias onde as pessoas retornam das praias.

Marília Domingues