Arquivo da tag: viaduto

Governo libera novos trechos do Viaduto do Geisel a partir desta quinta

(Foto: Reprodução/ TV Cabo Branco/Arquivo)
(Foto: Reprodução/ TV Cabo Branco/Arquivo)

Novos trechos da BR-230 estão liberados a partir da quinta-feira (8) até o próximo sábado (10). O Governo do Estado, por meio da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento (Suplan), continua intensificando os trabalhos para a conclusão do Viaduto do Geisel, considerada a maior obra de mobilidade urbana de João Pessoa, cuja inauguração está prevista ainda para este mês.

As alterações nas vias são definitivas e quem trafega pelas redondezas não precisa se preocupar. As sinalizações estão fixadas nos devidos locais, informando aos condutores o caminho a seguir. As atenções, claro, deverão ser redobradas, visto que em torno ainda existe a última parte da obra em andamento. Observe as mudanças:

Mudanças definitivas – A partir desta quinta-feira (8) está liberado o eixo 7, que corresponde as duas vias centrais da BR-230. A primeira liberação da via acontece no sentido Campina Grande/Cabedelo. As mudanças implicam na inversão do tráfego que hoje está no sentido contrário.

No próximo sábado (10), será liberado o sentido Cabedelo/Campina Grande.

As alterações marcam a entrega definitiva da BR-230.

Inauguração – Depois de pronto, o viaduto terá 1,75 km de extensão. “Já é possível constar o quanto a obra já melhorou a circulação de veículos na interseção da BR-230, que atendem aos bairros das zonas Sul e Sudeste da Capital paraibana”, observa a diretora-superintendente da Suplan, Simone Guimarães.

As duas últimas alças, situadas nas proximidades da Central de Polícia Civil, no Geisel, serão concluídas em breve. Após a finalização, serão instaladas as últimas sinalizações, assim como a arborização e detalhes do acabamento.

O viaduto foi edificado em concreto armado, com quatro alças e trevo, devendo ser entregue até o final deste mêso. Cerca de R$ 39 milhões foram investidos pelo Governo do Estado em parceria com o Governo Federal.

blogdogordinho

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Ministro das Cidades deve vir à PB este mês e liberar mais recursos para Viaduto do Geisel

ministro-viaduto-geiselO Ministro das Cidades, Bruno Araújo, deve vir a Paraíba ainda no mês de Outubro. Bruno deverá, durante a visita, confirmar a liberação de mais recursos para as Obras do Viaduto do Geisel, em João Pessoa.

A informação foi divulgada pelo senador Cássio Cunha Lima. Segundo o senador, outras obras com recursos do Governo Federal também devem receber atenção do ministro.

O valor total da obra do Viaduto do Geisel é de R$ 38,9 milhões. Depois de pronta, a obra terá 1,75 km de extensão. O viaduto está sendo edificado em concreto armado, com quatro alças e trevo. O projeto foi aprovado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Brasília.

paraiba.com.br

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

RC reclama do governo federal e nega superfaturamento no viaduto do Geisel

(Foto: Albemar Santos)
(Foto: Albemar Santos)

Durante inspeção à obra do viaduto do Geisel, na manhã deste sábado, o governador Ricardo Coutinho (PSB) reclamou da retenção de recursos federais para a obra e negou qualquer tipo de superfaturamento apontado pela Controladoria Geral da União.

“A parte que ficou restante, de 40%, é preciso que chegue urgentemente para que a gente possa concluir isso aqui no final de novembro”, disse. Conforme o governador, o Estado já pagou mais de R$ 20 milhões com recursos próprios, enquanto o governo federal repassou apenas R$ 4 milhões dos R$ 17,8 milhões previstos.

Questionado sobre os indícios de superfaturamento apontados pela CGU, Ricardo Coutinho afirmou que o órgão apontou sobrepreço como sendo o pagamento duplicado pelo mesmo serviço. “O que efetivamente não existe”, garantiu.

Segundo ele, apenas foi usada uma tabela específica para obra por conta da sua localização, mas a CGU entendeu que outra tabela deveria ter sido utilizada.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Carro bate em viaduto, motorista quebra pernas e fica inconsciente, na Grande JP

Imagem compartilhada por WhatsApp
Imagem compartilhada por WhatsApp

O condutor de um carro Volkswagen Fox de cor vermelha ficou ferido após bater o veículo na mureta lateral do viaduto Major Ciraulo, nas proximidades do acesso ao aeroporto Castro Pinto, em Bayeux, na Grande João Pessoa. O acidente ocorreu na noite desta segunda-feira (29). O motorista, de 26 anos, teve as duas pernas fraturadas e ficou inconsciente.

De acordo com a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, o jovem também sofreu uma pancada forte no tórax. Ele foi retirado das ferragens por agentes do Corpo de Bombeiros e conduzido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. A instituição de saúde ainda não havia divulgado informações sobre o quadro clínico dele.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O condutor seguia sozinho e não atingiu nenhum outro veículo. A estrutura do viaduto não foi danificada. A PM interpretou que o jovem provavelmente perdeu o controle do automóvel, que chegou a raspar a mureta por alguns metros após colidir. Os oficiais classificaram o estado do veículo como “perda total”.

 

portalcorreio

Aeronave cai após bater em viaduto e mata 19

TAIWAN-AVIAO1Um acidente de um avião da TransAsia Airways ocorrido nesta quarta-feira em Taiwan deixou pelo menos 19 mortos e dezenas de feridos, segundo as últimas informações oferecidas pela agência taiwanesa “CNA”.

O avião, no qual viajavam 58 pessoas, entre elas, cinco membros da tripulação, caiu no rio Jilong em Taipé, a capital, após realizar uma manobra brusca e atingir um viaduto, por razões ainda desconhecidas.

As equipes de emergência transferiram os feridos para quatro hospitais próximos, enquanto os trabalhos de resgate continuam, pois, aparentemente, ainda havia passageiros presos na fuselagem da aeronave.

As equipes que estão no local estão tentando resgatar as pessoas de dentro da aeronave através de um buraco na fuselagem, por onde também estão injetando ar para evitar que o avião afunde.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mais da metade do avião está submersa, segundo as imagens divulgadas por emissoras de televisão locais.

Aparentemente, a parte dianteira, onde se encontra a cabine dos pilotos, está incrustada no fundo do rio. O acidente ocorreu por volta das 11h locais (1h de Brasília) e as equipes de emergência chegaram rapidamente ao local onde caiu a aeronave com veículos e lanchas, para prestar socorro.

Entre os passageiros, estava um grupo de 31 turistas da China continental, da província de Fujian, segundo a agência oficial chinesa “Xinhua”.

O avião, um bimotor turboélice ATR-72 de fabricação franco-italiana, tinha menos de um ano de uso e passou por sua última revisão no dia 26 de janeiro, segundo confirmou um representante da Autoridade de Aviação Civil da ilha.
A aeronave caiu no rio pouco após decolar do aeroporto de Taipé com destino a Jinmen, um arquipélago a oeste de Taiwan. Algumas fotografias feitas por testemunhas do acidente começaram a circular na internet e mostram o avião realizando uma manobra muito brusca sobre o viaduto antes de cair no rio.

Nesta queda, o avião tocou em um táxi com a ponta da asa esquerda antes de se chocar contra a água. Trata-se do segundo acidente envolvendo essa companhia aérea taiwanesa em menos de um ano, depois que 48 pessoas morreram em julho do ano passado na queda de um avião do mesmo modelo.

Naquela ocasião, a aeronave se acidentou quando precisou realizar um pouso de emergência nas ilhas Penghu por causa das más condições atmosféricas devido à passagem do tufão Matmo.

Terra

Justiça autoriza demolição de viaduto que desabou em BH, diz prefeitura

viadutoA Justiça mineira autorizou a demolição parcial do viaduto Guararapes, que desabou na Avenida Pedro I, em Belo Horizonte, na última quinta-feira (3), deixando duas pessoas mortas e 23 feridas. A informação é da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Os trabalhos devem ser iniciados ainda na manhã desta segunda-feira (7). Neste domingo (6), segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a demolição havia sido suspensa e o local, interditado.

De acordo com a administração municipal, a decisão foi tomada pelo desembargador Adilson Lamounier e comunicada à Procuradoria do município, ao Ministério Público e à Polícia Civil. O trabalho, conforme a PBH, vai preservar a área solicitada pela polícia para perícia posterior. Às 8h20, a assessoria do TJMG ainda não havia conseguido confirmar a informação sobre a liberação dos trabalhos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O trabalho, conforme a PBH, vai preservar a área solicitada pela polícia para perícia posterior. Às 8h20, a assessoria do TJMG ainda não havia conseguido confirmar a informação sobre a liberação dos trabalhos.

Defesa Civil informou que jogo da Copa não vai interferir em tempo de demolicação. (Foto: Pedro Ângelo/G1)Demolição do viaduto Guararapes é autorizada pela Justiça, segunda a prefeitura . (Foto: Pedro Ângelo/G1)

A Avenida Pedro I é uma das vias de acesso entre Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, e o Mineirão, onde ocorre o jogo entre Brasil e Alemanha nesta terça-feira (8).

O pedido de suspensão havia partido do delegado Hugo e Silva, que preside o inquérito que apura o acidente, e teve manifestação do Ministério Público Estadual. De acordo com a Polícia Civil, o delegado recebeu um comunicado judicial determinando a preservação do local por tempo indeterminado. Contudo, segundo a assessoria do fórum, a decisão inicial não estabelecia prazo.

Ainda segundo a polícia, o delegado repassou a determinação por meio de um ofício à Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Belo Horizonte. No sábado, o órgão havia informado que a semifinal da Copa do Mundo não iria acelerar os trabalhos de demolição.

Neste domingo (6), a Construtora Cowan informou por meio de nota que havia paralisado as obras de demolição do viaduto Guararapes a pedido dos órgãos competentes. Segundo a empresa, um desses órgão é a Defesa Civil.

 

A Polícia Civil informou, na noite deste sábado (5), que 18 pessoas já foram ouvidas na investigação sobre a queda do Viaduto Guararapes. De acordo com a corporação entre os depoimentos colhidos pela a equipe coordenada pela 3ª Delegacia Regional de Venda, estão os de engenheiros e funcionários da empresa responsável pela obra, a Cowan.

 

Inquérito de superfaturamento
O desabamento do viaduto Guararapes vai ser incluído em investigação de superfaturamento já conduzida pelo Ministério Público Estadual de Minas Gerais. De acordo com o promotor Eduardo Nepomuceno, o elevado em construção integra um conjunto de obras do BRT/Move que é alvo de inquérito para apurar se houve dano ao erário e enriquecimento ilícito.

 

Em 2012, o Ministério Público instaurou o inquérito para verificar suspeita de superfaturamento e de fraude nas licitações que envolvem a contração das empresas Delta e Cowan para as obras. Posteriormente, a Delta deixou o consórcio. As supostas irregularidades também são investigadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Minas Gerais.

G1

Ônibus é desvirado após cair de viaduto e deixar 7 mortos no Rio

onibusO ônibus que caiu do Viaduto Brigadeiro Trompowski na pista lateral da Avenida Brasil, na altura da Ilha do Governador, no Rio, por volta das 16h30 desta terça-feira (2), deixando feridos e mortos, foi desvirado no início da noite. De acordo com o Batalhão de Vias Especiais (BPVE), sete mortes estão confirmadas. A queda foi de uma altura de cerca de 10 metros.

O coronel Sérgio Simões, secretário estadual de Defesa Civil, disse à Globo News que os mortos são cinco homens e duas mulheres.

O coronel disse ainda que cerca de 50 homens do Corpo de Bombeiros em cinco equipes trabalham no resgate. Foram acionados os quartéis de Ramos, Benfica, Penha, Méier, Ilha do Fundão e do Grupamento de Busca.

Feridos
O Hospital de Bonsucesso recebeu uma ferida, uma jovem de 17 anos que estava com o corpo pintado, já que tinha acabado de sair do trote da faculdade. A menina, que não teve o nome revelado, sofreu fratura na clavícula e traumatismo craniano. Ela está em observação e vai passar pelo exame de tomografia. Uma mulher de de 59 anos também foi encaminhada à unidade porque passou mal ao presenciar o acidente. Como não estava no ônibus, essa paciente não entra na contagem do Corpo de Bombeiros.

No Hospital Souza Aguiar, no Centro, deram entrada dois passageiros, um homem e uma mulher. A assessoria da unidade informou que o homem sofreu fratura no fêmur e a mulher está com escoriações no braço.

Também foram levadas quatro vítimas para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha. A Secretaria estadual de Saúde informou que deram entrada três homens e uma mulher. Um dos pacientes, que ainda não foi identificado, chegou em estado gravíssimo e foi levado diretamente para o centro cirúrgico. Ainda não há informações sobre o estado de saúde.

Dois feridos chegaram de helicóptero ao Hospital Miguel Couto, na Zona Sul. Eles sofreram politraumatismo e estão em estado grave. Outras duas vítimas foram encaminhadas ao Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, na Baixada Fluminense. A Secretaria estadual de Saúde informou que uma das pacientes é uma mulher, que está em estado muito grave. A outra vítima chegou de helicóptero ao local e ainda não havia sido identificada até as 19h.

O ônibus, da Viação Paranapuã, do Consórcio Internorte, fazia a linha 328, Bananal-Castelo. O veículo ficou com as rodas para cima.

Câmera de segurança
A Secretaria de Transportes, o Centro de Operações e a empresa de ônibus verificavam, por volta das 17h40, se o veículo possuía câmera de segurança, para apurar as causas do acidente e verificar sobre a possível discussão entre motorista e passageiro.

Às 18h, as equipes da CET-Rio e bombeiros tentavam desvirar o veículo. Havia corpos no local, que ainda seriam periciadas.

Discussão
Um passageiro ouvido pela Globo News, e que saltou um ponto antes do local do acidente, disse o motorista estava discutindo com um homem que pulou a roleta. Esse passageiro disse que desceu do ônibus com medo da briga.

Pista fechada
Três helicópteros dos bombeiros pararam na pista para fazer o resgate, fechando a Avenida Brasil no sentido Centro. Às 17h50, os motoristas enfrentavam trânsito lento no sentido Centro, no trecho entre Cordovil e a Ilha do Governador. No sentido Zona Oeste, a Avenida Brasil tinha tráfego intenso até a altura da Ilha, com reflexos até o Túnel Rebouças. As informações são do Centro de Operações da Prefeitura do Rio.

A alternativa para os motoristas é pegar a Linha Vermelha.

Para mais informações sobre o trânsito no Rio de Janeiro, você pode acompanhar as câmeras do G1 e consultar a tabela com as condições das principais vias.

Outra vítima é levada para ambulância, após queda de ônibus (Foto: Reprodução / TV Globo)Outra vítima é levada para ambulância, após queda de ônibus (Foto: Reprodução / TV Globo)
Vítima, na maca, é colocada em helicóptero para ser levada a hospital (Foto: Reprodução / TV Globo)Vítima, na maca, é colocada em helicóptero para ser levada a hospital (Foto: Reprodução / TV Globo)

 

Helicópteros pousaram no viaduto para socorrer as vítimas da queda do ônibus (Foto: Reprodução / TV Globo)Helicópteros pousaram no viaduto para socorrer as vítimas (Foto: Reprodução / TV Globo)
G1

Caminhão com verduras tomba próximo ao viaduto Sonrisal na BR-230

Foto: Edson Sousa

Um caminhão Caçamba carregado de verduras com placa MUV 9088 de João Pessoa, tombou na noite dessa quarta-feira (17), por volta das 20h50, no viaduto do bairro do Cristo Redentor, conhecido como Sonrisal.

O veículo trancou  o acesso entre a saída do bairro José Américo ao viaduto Sonrisal, próximo a empresa de transporte coletivo, Transnacional.

Uma equipe do Samu está no local, não houve feridos. O acidente deixou o trânsito lento e os motoristas que precisaram ir aos bairros de Mangabeira, Bancários, Cristo e José Américo tiveram que ter paciência.

O caminhão na cor branca estava indo para Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços (Empasa) levar alfaces para serem comercializados. O motorista do caminhão não contabilizou o prejuízo com o tombamento, mas adiantou que muitos alfaces ainda podem ser aproveitados

Caminhão tombado na BR-230
portalcorreio

Veículo com duas mulheres e um bebê cai de viaduto numa altura de 10 metros

Duas mulheres e uma criança de colo ficaram feridas quando o veículo em que estavam caiu de uma altura de 10 metros, do viaduto que fica sobre a BR-230, no bairro de Tambauzinho.

O veículo de passeio, modelo Uno, vinha de Tambauzinho, quando a condutora perdeu o controle e acabou batendo na amureta que separa a pista da BR 230 e caiu de uma altura de aproximadamente 10 metros.

Por coincidência, no momento do acidente o médico socorrista do Samu, Edivan Benevides, que estava de folga e em passeio com a família, passava pelo local e acabou socorrendo os três ocupantes do carro.

Edivan disse que, aparentemente, apesar do imenso susto, todos tiveram apenas ferimentos leves e estavam conscientes. As três vítimas foram levadas para o hospital de Emergência e Trauma para exames.

Por Wanja Nóbrega

Portalcorreio

Carreta fica presa em viaduto da BR-230 próximo a João Pessoa

Uma carreta que carregava a base de um catavento de captação de energia eólica, ficou presa em um viaduto na BR-230, em João Pessoa. De acordo com Polícia Rodoviária Federal, o veículo ficou preso das 8h30 até as 12h30 desta quinta-feira (12). Para liberar a a carreta foi preciso secar seus pneus. O trânsito no local só foi normalizado após os pneus terem sido enchidos e a carreta ter seguido seu caminho.

Carreta fica presa em viaduto da BR-230 próximo a João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1 PB)

G1 PB