Arquivo da tag: Velocidade

PRF intensificará fiscalização sobre embriaguez e excesso de velocidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta sexta-feira (9) a Operação Carnaval de 2018. Será intensificada a fiscalização relativa a condução irregular de motocicletas, ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e embriaguez ao volante.

A Operação Carnaval será encerrada na “Quarta-feira de Cinzas”. Na Paraíba, A PRF vai ter as escalas de serviços reforçadas por equipes de agentes que trabalham na área administrativa lotadas em outros Estados, que vão apoiar na fiscalização, intensificada principalmente nos trechos das rodovias federais BR-101 e BR-230, sobretudo os que dão acesso para os litorais Norte e Sul da Região Metropolitana de João Pessoa.

A embriaguez ao volante é uma das maiores preocupações da PRF durante a festa do Carnaval. Esse período é considerado o mais crítico do ano, tendo em vista a possibilidade do aumento de ocorrências de acidentes provocadas por pessoas que insistem em dirigir sob efeito de bebida alcoólica.

Dirigir sob influência de álcool é uma infração de natureza gravíssima e, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a penalidade de multa é no valor de R$ 2.934,70 e, em caso de reincidência, a multa passa para R$ 5.869,40. O infrator além de receber sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação, ainda terá o seu direito de dirigir suspenso por 12 meses.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Feriado tem uma morte no trânsito e 171 multados por excesso de velocidade na PB

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta sexta-feira (13) o resultado das últimas 48 horas da “Operação 12 de Outubro” de 2017, que aconteceu nas rodovias federais que cortam o estado da Paraíba. Ao todo, foram 7 ocorrências de acidentes, com 8 vítimas, sendo 7 feridas leves e 1 morta.

O acidente fatal aconteceu às 10h10 da quinta-feira (12), no km 504, da rodovia BR-230, município de Cajazeiras, Sertão paraibano. O acidente que envolveu um veículo não identificado e uma motocicleta provocou a morte de uma mulher de 37 anos, que estava como passageira da moto. O condutor da moto sofreu apenas escoriações leves.

A PRF também fiscalizou 578 veículos, lavrou 539 Autos de Infração de Trânsito, 171 veículos com excesso de velocidade foram detectados pelo radar e 279 testes de alcoolemia foram realizados com o resultado de 14 pessoas reprovadas e autuadas e uma conduzida para Delegacia de Polícia.

Ainda, outras duas pessoas foram conduzidas para Delegacia de Polícia. Uma por cometer crime de trânsito e outra com mandado de prisão em aberto.

A Operação 12 de Outubro da PRF, segue até às 23h59 do domingo (15) e será proibido o trânsito em trechos de pistas simples, os transportes de cargas de Combinações de Veículos de Carga (CVC), de Combinação de Transportes de Veículos (CTV), Combinações de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP), bem como outros veículos também portadores de Autorização Especial de Trânsito. A restrições será entre às 16h às 22h no domingo.

Algumas recomendações para uma viagem segura:

– Lembrar que antes de pegar a estrada é recomendável verificar as condições de segurança do veículo e se os documentos estão dentro da validade.

– Nos automóveis, checar os níveis de água e fluídos, as condições dos pneus, suspensão, freios, farois, lanternas, limpadores de parabrisas entre todos os outros itens do sistema de iluminação;

– Nas motocicletas e outros veículos de duas rodas motorizados além de verificar os níveis de óleo e combustível, checar as condições dos pneus, raios (se tiver), corrente, retrovisores e o sistema de iluminação;

– Bom lembrar que tanto o motorista, quanto o motociclista não deve esquecer dos documentos pessoal e do veículo. Os Motociclistas e os demais condutores de veículos de duas rodas, assim como os caronas, além de uso de roupas adequadas, são obrigados a usar o capacete com viseira ou óculos de proteção específicos.

Quando estiver dirigindo:

– Lembrar que os faróis acesos são obrigatórios em rodovias também durante o dia;

– Mantenha uma distância segura do veículo que segue a sua frente;

– Observe e respeite a sinalização e os limites de velocidade;

– Em pista dupla dê preferências aos veículos que trafegam na faixa da esquerda;

– Só faça ultrapassagem em locais permitidos;

– Não faça uso de bebida alcoólica ou substâncias consideradas tóxicas se for dirigir.

A PRF dispõe do telefone 191 para informações, comunicação de acidentes e denúncias. A ligação é gratuita e atende 24 horas em todo País.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Em Esperança motorista de carro em alta velocidade atropela mãe e filha de dois anos e foge

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e compareceu ao local para prestar socorro às vítimas (Foto: Walla Santos)

Uma criança de dois anos e sua mãe foram atropeladas no início da madrugada deste sábado (27) na cidade de Esperança, no Agreste do Estado.

De acordo com informações divulgadas no relatório do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), o solicitante do registro de ocorrência informou que um veículo Celta branco com duas portas e vidro fumê passou em alta velocidade e atingiu as duas.

Após a colisão o motorista fugiu do local. Alguns moradores da região que viram o fato ainda seguiram o carro em suas próprias motocicletas. No entanto, os ocupantes do veículo efetuaram disparos de arma de fogo e fugiram em direção a Lagoa de Pedra.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e compareceu ao local para prestar socorro às vítimas. O estado de saúde tanto da mulher quanto da criança não foi informado.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

PRF flagra mais de 700 motoristas com excesso de velocidade

prf-radaresA Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou diversas irregularidades durante o final de semana nas rodovias federais que cortam a Paraíba. Da última sexta até o domingo, mais de 700 condutores foram flagrados trafegando com excesso de velocidade. Ultrapassagem proibida, motociclistas sem fazer uso do capacete, falta do uso do cinto de segurança e condutores dirigindo sob efeito de álcool também foram algumas das infrações observadas.

Motocicletas, veículos de passeio e autocargas cometeram a infração de transitar em velocidade superior à máxima permitida, e que dependendo do excesso cometido, pode caracterizar infração gravíssima, computando 7 pontos na CNH. As irregularidades foram observadas principalmente nas BRs 230, 101 e 104, onde o fluxo de veículos é mais intenso e as maiores velocidades foram flagradas: 167, 171 e 178 Km/h.

A PRF alerta que condutores que trafegam pelas rodovias federais precisam ficar atentos, pois além dos radares fixos instalados, diversos radares fotográficos portáteis estão em operação diariamente em todo estado, inclusive trabalhando de forma sequenciada. Ou seja, um mesmo condutor pode ser flagrado diversas vezes em uma mesma viagem durante seu trajeto.

Segundo a PRF as velocidades altas (acima do limite permitido) e as inadequadas (dirigir rápido demais para as condições do momento) são sempre maléficas. Em alta velocidade, os efeitos dos erros dos condutores são ampliados e o tempo de parada (tempo de reação + tempo de frenagem) implica em uma maior distância percorrida.

Veja flagrantes

Veja os valores e pontuação na CNH:

Se o excesso foi de 20% acima da máxima permitida, a infração é média, computa 4 pontos na CNH e o valor é R$ 130,16.

Caso o excesso fique na faixa de 20 a 50 % acima da máxima permitida, a infração é grave, computa 5 pontos na CNH e o valor é R$ 195,23.

Mas se o excesso cometido for acima de 50% da máxima permitida, a infração é gravíssima, computa 7 pontos na CNH e o valor é 880,29, além da penalidade da suspensão do direito de dirigir.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

PRF flagra veículo em alta velocidade na BR-230; mais de 45 mil foram multados pela mesma infração

prfA Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou mais de 45 mil condutores dirigindo com excesso de velocidade em 2016. Só este ano, 1.490 condutores foram flagrados circulando com veículo acima da velocidade permitida. Essa é uma das principais causas de mortes no trânsito.

Na manhã desta sexta-feira (27), um veículo de passeio foi flagrado trafegando com a velocidade de 130 Km/h na BR-230, próximo ao município de Patos, no Sertão Paraíbano, em um local devidamente sinalizado, indicando a velocidade máxima de 100 km/h.

De acordo com o inspetor da PRF, Eder Rommel, o condutor do veículo cometeu três infrações. “Ele estava com excesso de velocidade, onde o limite era 100 km/h, fez ultrapassagem em faixa continua, em que prevê uma multa de R$ 1.467 e sete pontos e dirigia com os faróis apagados, resultando numa infração média, no valor de R$ 130, 16 e quatro pontos na carteira. Ao todo, o motorista perdeu 16 pontos na carteira e colocou a vida dele e das outras pessoas em risco”, explicou.

Multas e pontos na CNH: Nos casos mais graves, com mais de 50% da velocidade máxima da via excedida, o Código de Trânsito Brasileiro prevê infração gravíssima, o condutor acumula 7 pontos na CNH e sofre a penalidade de multa no valor de R$ 880,41, além da suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

A quantidade de veículos flagrados transitando com velocidade acima do limite permitido para o local preocupa a PRF. Segundo o inspetor Rommel, na Paraíba, os acidentes mais frequentes acontecem devido a falta de atenção, excesso de velocidade, desrespeito a distância de segurança, alcoolemia e defeito mecânico. “A infração mais cometida acontece devido ao uso de celular e consequentemente vem provocando mais colisões traseiras. O excesso de velocidade é um dos principais fatores para mortes no trânsito”, completou.

Veja o que diz o artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro:

Art. 218. Transitar em velocidade superior à máxima permitida para o local, medida por instrumento ou equipamento hábil, em rodovias, vias de trânsito rápido, vias arteriais e demais vias:

I – quando a velocidade for superior à máxima em até 20% (vinte por cento):

Infração – média;

Penalidade – multa (multa de R$ 130,16);

II – quando a velocidade for superior à máxima em mais de 20% (vinte por cento) até 50% (cinqüenta por cento):

Infração – grave;

Penalidade – multa (multa de R$ 195,23);

III – quando a velocidade for superior à máxima em mais de 50% (cinqüenta por cento):

Infração – gravíssima;

Penalidade – multa [3 (três) vezes], suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação. (multa de R$ 293,47 x 3 = R$ 880,41).

Veja o flagrante da PRF, nesta sexta-feira(27):

Nayanne Nóbrega- MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

PRF flagra mais de 1,1 mil veículos em alta velocidade nas rodovias da Paraíba

prfEm apenas três dias de realização da Operação República, 1.116 motoristas foram flagrados trafegando com velocidade acima do permitido nas rodovias federais que cortam a Paraíba. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (14), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo a PRF, apenas em um dos locais de fiscalização foi registrado que a cada 17 segundos um veículo trafegava em alta velocidade, trazendo riscos de maiores acidentes.

“Quanto maior a velocidade, maior o tempo e a distância necessária para parar um veículo, portanto, maior o risco de ocorrer uma colisão. Para garantir mais segurança no retorno ao lar e não terem surpresas desagradáveis ao final do feriadão, é recomendável viajar durante o dia após a verificação das condições de alguns itens do veículo, como calibragem dos pneus, inclusive do estepe; nível de óleo; acionamento dos faróis, setas e lanternas, macaco, chave de roda, triângulo de sinalização”, informou a PRF.

A Operação República termina na noite desta terça-feira (15), feriado da Proclamação da República.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

STJ confirma condenação da Claro por velocidade reduzida de internet

CLAROO Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a condenação da Claro por não informar os clientes das limitações de velocidade de seu serviço de internet 3G. Nas peças publicitárias, a Claro omite que pode garantir somente 10% da velocidade contratada. O recurso especial contra a empresa foi movido pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ).

De acordo com resolução da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as empresas de telefonia deve garantir, no mínimo, 40% da velocidade contratada. Convocada pelo MPRJ para prestar informações, a Claro alegou que não oferecia a velocidade em sua plenitude devido a uma série de circunstâncias, como relevo, posição geográfica, acidentes naturais e construções.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Com a decisão, a Claro fica obrigada a informar ao público em suas propagandas todas as características e limitações do serviço de 3G sob pena de multa diária de R$ 1 mil. Consumidores que se sentirem lesados pela empresa podem ir à Justiça.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Claro disse não comentar decisões judiciais.

O Globo

PRF reforça fiscalização nas rodovias para combater excesso de velocidade

prf Polícia Rodoviária Federal (PRF) faz hoje (27), em todo o país, operação para combater o excesso de velocidade nas estradas. As fiscalizações ocorrerão em 152 pontos de rodovias, das 14h às 18h.

Serão monitorados os locais onde os condutores mais costumam ultrapassar o limite de velocidade. A corporação utiliza um banco de dados para localizar esses trechos, e as unidades regionais da Polícia Rodoviária promovem operações integradas, aumentando a fiscalização nos locais.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Segundo a PRF, o excesso de velocidade é uma das principais causas de acidentes no trânsito e potencializa o risco de mortes em razão da gravidade provocada pela força do impacto. Só neste ano, aproximadamente 2 milhões de motoristas foram flagrados trafegando em velocidade acima do limite permitido nas rodovias federais.

De acordo com a polícia, das ocorrências que resultaram em mortes em 2014, as principais causas foram a falta de atenção (32%), a velocidade incompatível (20%) e ultrapassagens indevidas (12%). Dados levantados pela PRF mostram também que, embora a maioria dos acidentes ocorra em áreas urbanas, 70% das mortes foram registradas em áreas rurais, onde os motoristas abusam da velocidade e das ultrapassagens.

Graça Adjuto Da Agência Brasil

Motorista de Cristiano Araújo ‘acredita’ que estava em alta velocidade, diz polícia

carroEm depoimento à polícia neste domingo (29), o motorista Ronaldo Miranda disse “acreditar” que estava dirigindo em alta velocidade no momento do acidente que matou o sertanejo Cristiano Araújo, segundo o delegado Fabiano Henrique Jacomelis, responsável pelo caso.

O cantor voltava de um show em Itumbiara (a 200 km de Goiânia) com sua namorada, Allana de Moraes, na última quarta-feira (24), quando o veículo em que eles estavam, uma Range Rover, saiu da pista na altura do km 614 da rodovia BR-153, entre as cidades de Goiatuba e Morrinhos, em Goiás, e capotou no canteiro central por volta das 3h15. A velocidade máxima permitida na via é de 110 km/h.

De acordo com Jacomelis, o condutor disse não ter certeza sobre a velocidade em que trafegava antes de perder o controle do carro. Ele afirmou ainda que, por causa da potência do automóvel, pode não ter percebido que estava correndo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Miranda contou ainda, conforme o delegado, que ouviu um barulho de pneu murcho antes de veículo sair da pista e confirmou que as rodas da Range Rover de Cristiano não eram originais, o que já havia sido apontado em perícia.

Jacomelis informou que a polícia aguarda o resultado de um levantamento técnico solicitado à fabricante da Range Rover no equipamento que funciona como uma espécie de “caixa preta” do veículo. A expectativa é que a análise revele se o motorista trafegava mesmo em alta velocidade no momento do acidente.

O empresário do sertanejo, Vitor Leonardo, quarto ocupante do carro, também ainda prestará depoimento.

Durante o capotamento, a namorada de Cristiano foi atirada para fora do veículo, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do acidente.

O músico chegou a ser socorrido e levado em estado grave para o Hospital Municipal de Morrinhos, onde recebeu os primeiros atendimentos.

Cristiano foi transferido de helicóptero para Goiânia, mas chegou ao Hospital de Urgência com morte encefálica.

Na quarta, a Polícia Rodoviária Federal informou que todos os indícios encontrados no local do acidente apontavam que os dois estavam sem cinto de segurança no banco traseiro.

Os corpos foram velados por cerca de 15 horas entre a noite de quarta e a manhã de quinta, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia, e enterrados em túmulos próximos no Cemitério Jardim das Palmeiras.

 

Folha

Dilma quer lançar ‘banda larga para todos’ com velocidade de 25Mbps

internetEm meio a um ajuste fiscal, o Ministério das Comunicações prepara um projeto para levar internet com velocidade de 25 Mbps a 98% dos domicílios até 2018, usando recursos de um fundo setorial que hoje ajuda o governo a fazer caixa para pagar os juros de sua dívida.

Batizado de Banda Larga para Todos, o plano é uma promessa de campanha da presidente Dilma Rousseff, que pretende universalizar a internet e elevar a velocidade das conexões a patamares de nações de ponta, como a Coreia do Sul, onde a internet é de 25 Mbps. No Brasil, essa média é de 2,9 Mbps, segundo a consultoria Akamai.

Para se tornar realidade, o governo estuda fazer parcerias público-privadas com as operadoras ainda no primeiro semestre deste ano. O investimento seria de R$ 50 bilhões. O governo entraria com R$ 15 bilhões, e as teles, com a diferença (R$ 35 bilhões).

Os recursos públicos sairiam do Fistel (Fundo de Fiscalização das Telecomunicações), que hoje conta com R$ 47 bilhões em caixa e ajuda pagar as contas da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e os outros fundos setoriais.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

 

ara receber esse dinheiro, as teles teriam de participar de uma concorrência conhecida como leilão reverso (porque recebem dinheiro em vez de gastar –como ocorreu no leilão do 4G).

Ainda segundo apurou a reportagem, não há detalhes dos critérios para esse leilão. Esses R$ 15 bilhões do Fistel seriam usados inicialmente pelas teles, que fariam investimentos próprios numa segunda etapa, quando o programa já estivesse em curso.

BARREIRAS

As empresas só vêm empecilhos na iniciativa do governo. Primeiro, não acreditam que será possível convencer o Ministério da Fazenda a abrir mão do Fistel em um momento de crise na economia e de contenção de gastos.

Além disso, elas dizem não ter como bancar R$ 35 bilhões em investimentos sem comprometer seu retorno ao prestar esse tipo de serviço. Hoje, a média anual de investimento das teles é de 15% a 20% da receita. Para atingir esse patamar (25 Mbps), seria preciso aumentar essa proporção a cerca de 30% construindo redes de fibra óptica que ficariam ociosas na maior parte dos locais.

A saída, para elas, seria usar o próprio PNBL e estabelecer uma meta de conexão de até 10 Mbps. Para isso, investiriam na rede existente de fios de cobre encurtando a distância entre as centrais das operadoras e as caixas que fazem as conexões com os domicílios.

Por meio de sua assessoria, o ministério confirmou que o projeto está em elaboração, mas não comentou detalhes dizendo que se tratam apenas de estimativas. O Tesouro Nacional disse que ainda não participa do desenvolvimento do programa.

Não é a primeira vez que o governo cria um projeto desse porte. Em 2010, a presidente lançou o PNBL (Plano Nacional de Banda Larga) para levar conexões de até 1 Mbps a 68% dos domicílios. Mas só conseguiu a adesão de 2,6 milhões de assinantes. O serviço é prestado pelas teles que aderiram ao programa.

Folha