Arquivo da tag: vários

Homem é executado com vários tiros na cabeça em Pirpirituba

assassinatoUm homem foi executado com vários disparos de arma de fogo na rua São João, no alto da caixa d`água, na cidade de Pirpirituba, que fica a 10 quilômetros de Guarabira/PB. O homicídio aconteceu no incio da noite deste domingo (12)e chamou a atenção de todos daquela pequena cidade.
Segundo as informações colhidas pela nossa equipe, a vítima, identificada apenas como “Gago”, filho do casal Francisco e Emília, foi atingido com pelo menos cinco disparos na região da cabeça.
Segundo alguns populares, logo após os tiros, o suspeito deixou a sua residência também na rua São João, a pé e fugiu no sentido a estrada que acesso ao cemitério da cidade.
A mãe da vítima ainda encontrou o filho vivo e ficou abraçada com o mesmo, desesperada aguardando a chegada do socorro. Viaturas do Samu e do Corpo de Bombeiros prestaram os primeiros socorros à vítima, mas minutos depois de ser atendido “Gago” não resistiu e morreu.
A Polícia Militar foi acionada e já tem informações do autor do assassinato.
Por Juka Martins

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Incêndio destrói mata há vários dias e preocupa moradores em Alagoa Grande

Foto reprodução TV Cabo Branco
Foto reprodução TV Cabo Branco

Um incêndio no Distrito de Canafístula, na zona rural de Alagoa Grande, no Brejo paraibano, vem preocupando moradores da região há vários dias.

De acordo com informações, o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas teria informado que não enviou equipes por conta do difícil acesso à serra. Há informação também que só atende a chamados desse tipo quando a situação põe risco a plantios, animais e pessoas.

Por conta da situação, os próprios agricultores estão tentando apagar o fogo do jeito que podem, mas as chamas insistem em destruir a vegetação.

A causa do incêndio ainda não foi descoberta e só uma perícia no local pode solucionar o caso.

Os bombeiros disseram que nessa época do ano incêndios como esse são comuns por conta das altas temperaturas.

Veja fotos:

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Voto Seguro: Mais de 300 pessoas foram detidas na Paraíba pela prática de vários crimes

major-lucasA Polícia Militar divulgou, na manhã desta segunda-feira (3), o resultado da operação ‘Voto Seguro’, que foi deflagrada na última quarta-feira (28) e terminou na madrugada desta segunda-feira (3), mobilizando mais de 7 mil policiais e 1. 200 viaturas. Nesse período, 306 pessoas foram detidas e apresentadas nas delegacias da Polícia Federal e da Polícia Civil, tanto por crimes eleitorais quanto por crimes comuns.

Em relação aos crimes eleitorais, a PM conduziu 28 pessoas suspeitas de compra de votos, 14 por propaganda boca de urna, 2 por violarem o sigilo do voto e estarem filmando a urna, além de 26 por outras condutas vedadas pela legislação eleitoral, a exemplo de transporte irregular de eleitores e propaganda irregular.

As detenções por crimes desta natureza ocorreram nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, São Bentinho, Juazeirinho, Manaíra, Piancó, Araçagi, Pilões, Massaranduba, Alagoinha, Olho D’Água, Bom Jesus, Pombal, Ingá, Belém, Sousa, Princesa Isabel, São Francisco e Cajazeiras, conforme o levantamento que foi feito pelos Centros de Comando e Controle instalados nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos.

O coordenador de Comunicação Social e Marketing da PM, major Cristóvão Lucas, disse que mais uma vez a Polícia Militar cumpriu bem seu papel na democracia do Estado. “Foram mais de três meses de planejamento para a segurança das eleições, liderado pelo próprio comandante geral, coronel Euller Chaves, que do início da operação até o final esteve nas ruas ao lado da tropa, e confirmamos mais uma vez o papel fundamental da nossa corporação para que o pleito ocorresse de forma tranquila, importância institucional que foi destacada por juízes e promotores que a PM teve a honra de auxiliar neste período”, avaliou.

O trabalho da Polícia Militar para garantir a segurança das eleições não se limitou ao fechamento das urnas, mas foi até o final das comemorações dos eleitos em cada um dos 223 municípios paraibanos.

Outros números – Além das ocorrências eleitorais, a PM apreendeu no período 17 armas de fogo e entregou nas delegacias 236 pessoas suspeitas de roubo, furto, tráfico de drogas, porte ilegal de arma, ameaça, lesão corporal, agressão física, homicídio e outros crimes.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Ao menos seis candidatos foram mortos durante campanha; PB registra vários casos de violência

candidato-assassinadoAo menos seis candidatos já foram mortos durante a campanha eleitoral no Brasil. Nessa quarta-feira (28), um atirador matou José Gomes da Rocha (PTB), candidato à prefeitura de Itumbiara, e feriu o vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), durante uma carreata na cidade, que fica a cerca de 190 quilômetros da capital, Goiânia.

Eliton foi atingido na barriga e levado para um hospital da região, onde passou por cirurgia. Ele foi transferido para o Hospital de Urgências Doutor Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia, em uma UTI aérea, que chegou ao local por volta das 22h30.

Em nota, o governo de Goiás informou que Eliton não corre risco de morrer.

Alguns dias antes, o presidente da Portela e candidato a vereador no Rio de Janeiro pelo PP, Marcos Vieira de Souza, conhecido como Marcos Falcon, foi assassinado a tiros na segunda-feira (26) no subúrbio da capital fluminense, em Campinho, durante um comício em frente ao comitê de campanha dele. A Polícia Civil investiga quem foi o autor dos disparos.

Ainda no Rio, um candidato a vereador de Itaboraí foi morto no último domingo (25) durante uma caminhada política na cidade da Região Metropolitana da cidade. José Ricardo Guimarães, conhecido como Capitão Guimarães (PTC), era policial militar da reserva.

Ele também era coordenador de campanha do atual prefeito e candidato a reeleição, Helil Cardozo, do PMDB.

No começo desta semana, no Rio Grande do Norte, o vereador candidato à reeleição Manoel Clementino do Carmo (PMDB) foi morto a tiros durante uma carreata política na cidade de Serrinha dos Pintos. Policial militar da reserva tinha 56 anos. Um homem abriu fogo contra a multidão, matando o vereador.

No início do mês, o vereador José Cláudio Carvalho Borges (PSDB) foi morto enquanto participava de um comício, na cidade de Barra, na Bahia. Os atiradores estavam de moto quando efetuaram os disparos e estão foragidos.

Já em agosto, o candidato a vereador no Guarujá, litoral de São Paulo, Cerciran dos Santos Alves (PSDB), foi assassinado com vários tiros perto do seu comitê de campanha. Conhecido como Celso do Transporte, ele morreu dentro do carro dele.

Na Paraíba

Conde – Um jovem que participava de um comíssio do PMDB foi assassinado durante uma confusão no evento na região de Gurugi.

Mari – O candidato à reeleição pela Prefeitura de Mari, Marcos Martins (PSB), sofreu uma tentativa de homicídio, na noite desta quarta-feira (28), durante uma atividade de campanha na cidade.

De acordo com informações repassadas ao blog do Anderson Soares, um homem armado com uma faca peixeira tentou atingir o candidato, mas foi interceptado pelos segurança de Marcus. O acusado foi preso e não quis falar com a imprensa.

Na cidade, o que se cometa é que a tentativa de homicídio tenha motivações políticas, mas a polícia preferiu se aprofundar nas investigações para descobrir os reais motivos do crime.

Na terça (27), em São José de Caiana, um candidato a vice-prefeito foi vítima de uma emboscada e tentativa de homicídio quanto iria visitar um sítio durante atividades de campanha. Não houve feridos durante a ação, mas o carro dirigido pela vítima ficou crivado de balas.

São José de Caiana – De acordo com informações de Alan Richers, filho do atual vice-prefeito da cidade de São José de Caiana, José Alcides, candidato a vice-prefeito, Manoel Moleque, estavam no veículo, quando foram vítimas de uma emboscada no Sítio Condado.

Eles foram surpreendidos por dois homens vestidos com jaquetas e capacetes, e logo em seguida avistaram uma moto que os perseguia enquanto o ‘garupa’ atirava. Após os disparos os homens seguiram em destino ignorado e as vítimas ainda assustadas abandonaram o veículo e saíram em direção ao mato.

Apesar da quantidade de disparos de arma de fogo os dois ocupantes do carro saíram ilesos.

Juripiranpa – Um idoso de 75 anos, identificado como Severino José Nascimento, foi baleado com um tiro, quando participava de um comício na cidade.

paraiba.com.br com Band

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Dupla suspeita de vários roubos de motos e celulares é presa no Brejo

Reprodução/ Danilo Orengo
Reprodução/ Danilo Orengo

Uma dupla de 18 e 20 anos foi presa na madrugada desta terça-feira (20), no município de Alagoinha, no Brejo do estado, a 89 km de João Pessoa, suspeita de uma séria de assaltos e roubo de motos em Alagoa Grande, na mesma região, a 103 km da capital paraibana. Ação foi integrada entre as polícias Civil e Militar no cumprimento dos mandados de prisão.

O delegado Danilo Orengo, que coordenou a operação, disse que as investigações iniciaram há um mês quando uma jovem sofreu uma tentativa de latrocínio na zona rural de Alagoa Grande. Ela foi atingida por tiro de raspão e passa bem.

“Após esse crime, identificamos os autores e começamos a investigar. A dupla é suspeita de vários roubos e motos e celulares. Os jovens são de Alagoinha, mas vêm para Alagoa Grande praticar os crimes com motos roubadas. Quando há perseguição, a dupla abandona o veículo e consegui fugir”, explicou o delegado.

Na delegacia de Alagoa Grande consta cerca de 6 inquéritos em abertos por roubo de motos e celulares atribuídos aos jovens. “Inicialmente, eles serão autuados pela tentativa de latrocínio e receptação de motos roubadas. Porém, eles serão interrogados com relação aos inquéritos policiais”, falou Danilo Orengo.

Os jovens já foram apreendidos quando eram menores de idade. A dupla foi encaminhada para a Cadeia Pública de Alagoa Grande.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Na PB, Polícia desarticula quadrilha por clonagem de veículos em vários Estados

operacaoA Polícia Civil, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande, realizou nessa quarta-feira (14) a segunda fase da Operação Espelho Mágico. A ação aconteceu nas cidades de Campina Grande, Ingá e Picuí e teve como objetivo combater a atuação de quadrilhas especializadas na clonagem e adulteração de placas de veículos roubados em vários Estados. Durante a ação, foram cumpridos quatro mandados de prisão preventiva.

No município do Ingá, no Agreste paraibano, o alvo foi a sede da 19ª Ciretran. No local, foi cumprido um mandado de prisão contra o funcionário José Ricardo Bacalhau Rodrigues, suspeito de repassar para a quadrilha espelhos de Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) que serviam para ‘esquentar’ carros roubados. Com ele a polícia também apreendeu um carro, CPUs, placas de veículos e vários documentos.

Outro preso foi Sérgio Ricardo Ferreira. As investigações mostram que ele comprava do funcionário do Detran espelho de CRLV por R$ 20. No município de Picuí, a polícia prendeu Bruno Araújo Costa e em Campina Grande, Diego Figueiredo Lima. Dois veículos foram aprendidos. O grupo criminoso, que vem sendo monitorado há vários meses, segundo o trabalho de investigação, atua nos Estados de Sergipe, Rio Grande do Norte, Bahia, São Paulo e Distrito Federal.

Os quatro suspeitos foram ouvidos pelo delegado Cristiano Santana “Estas prisões são o resultado de nossas investigações, que começaram com a primeira fase da operação. O nosso objetivo é desarticular e prender estes grupos criminosos que vêm agindo na nossa Região. Já conseguimos identificar todos os membros desta quadrilha e vamos continuar a operação até prender o último membro do grupo”, falou a autoridade policial.

Na primeira fase da Operação Espelho Mágico, realizada na cidade de Campina Grande no dia 22 de agosto deste ano, cinco pessoas foram presas e autuadas em flagrante por adulteração de veículos, receptação e associação criminosa. Na época, também foram apreendidos três carros. O nome da ‘Operação Espelho Mágico’ é uma referência a forma como os suspeitos agem fazendo um espelho dos documentos autênticos usando dados falsos.

paraibaja

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Ônibus batem em frente a UFPB e deixam vários feridos na Capital

onibusVárias pessoas ficaram feridas no final da tarde desta segunda-feira (11), após dois ônibus colidirem, em João Pessoa.  O acidente aconteceu em frente a Universidade Federal da Paraíba.

 

Os feridos foram socorridos para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital paraibana.

De acordo com o último boletim médico do Trauma, 11 pessoas deram entrada naquela Casa e nenhum apresenta apresenta gravidade em seus quadros de saúde.

Por causa do acidente, o trânsito sofreu alterações no local. Homens do Corpo de Bombeiros e do Samu trabalharam no socorro as vítimas.

 

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana também foram até o local para direcionar o trânsito.

MaisPB

Segurança apresenta acusados de estupro e morte; dupla tem extensa ficha criminal em vários estados

acusados-estuproA Secretaria de Segurança e da Defesa Social da Paraíba, apresentou na tarde desta terça-feira (30) os dois acusados pelo sequestro e estupro  de duas mulheres e  o assassinato de uma delas fato ocorrido há cerca de oito dias.

O secretário de Segurança, Claudio Lima, destacou que a prisão dos acusados contou com a participação de cerca de 30 policiais e três delegados que trabalharam diuturnamente.

“Por se tratar de um crime monstruoso e que chocou toda a sociedade paraibana e brasileira, o empenho da nossa equipe de policiais foi integral para prender os acusados e assim darmos uma resposta a sociedade”, destacou o secretário.

A delegada Roberta Neiva que participou das investigações e estava de plantão  no dia do fato, explicou que uma das vítimas estando em estado grave conseguiu contar toda a história de como tudo aconteceu.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Elas contaram que estavam conversando na porta de casa quando  dois homens chegaram e anunciaram o assalto. Logo em seguida, um dos bandidos assumiu o volante do carro enquanto o outro comparsa saiu na moto.

 

Os dois seguiram em direção ao Recife e ainda pensaram e retornar para João Pessoa para abandonar as vítimas, mas depois desistiram e retornaram para o Pernambuco.  De acordo com a delegada, Glória Silva foi a primeira ser violentada sexualmente, Glória Silva e depois colocada na mala do carro e logo em seguida um acusado violentou a colega dela.

 

Caroline Teles disse que por várias vezes pediu  para eles não matassem a sua amiga, mas os bandidos não deram a mínima atenção e passaram o carro várias vezes por cima do corpo de Glória enquanto que a criança foi mantida amarrada dentro do mato.
paraiba.com.br

Homem é alvejado com vários disparos de arma de fogo em Mari/PB no início da manhã deste domingo (29)

vitimaUma tentativa de homicídio foi registrada pela polícia por volta das 5h00 da manhã deste domingo (29) na cidade de Mari, Zona da Mata da Paraíba.

Segundo informações colhidas pela reportagem do ExpressoPB, a vítima que é deficiente físico tinha acabado de chegar de um bolão de vaquejada e ainda dentro do carro teria sido alvejado com vários disparos de arma de fogo.

A polícia militar ao chegar ao local, no Bairro Pasto Novo, identificou a vítima apenas pelo apelido de ‘Chiroca’.

O Samu foi acionado e socorreu com vida a vítima para o Hospital de Trauma da Capital.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Da Redação
Do ExpressoPB 

Rodovias da Grande JP têm trânsito intenso e vários acidentes na volta do feriado

Reprodução/ Instagram/ Emerson Machado
Reprodução/ Instagram/ Emerson Machado

Com o término do feriado de Carnaval, vários moradores de João Pessoa decidiram retornar à rotina nesta Quarta-Feira de Cinzas (18). No início da manhã, a movimentação era normal, mas por volta do meio-dia, os engarrafamentos começaram a se formar nas BRs 101 e 230,  que ligam a Capital a estados vizinhos e municípios do interior.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
No Centro da Capital, o trânsito em importantes avenidas, como na Dom Pedro II, foi tranquilo, mas o retorno a João Pessoa pelas rodovias exigiu atenção; das primeiras horas desta quarta até o início da tarde foram registrados nove acidentes pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), um deles, um capotamento no sentido João Pessoa/Campina Grande, que pode ter sido ocasionado pela chuva, que atingiu trechos das estradas.

De acordo com a PRF, 90% dos acidentes são ocasionados por falta de atenção ao volante e colisões traseiras são as campeãs entre as ocorrências. O balanço oficial desse feriado só deve ser divulgado pela PRF nesta quinta (19).

Ônibus e balsas

Quem optou por voltar de ônibus, conseguiu mais tranquilidade pela manhã, quando havia mais gente saindo da Capital do que chegando ao Terminal Rodoviário de João Pessoa. O movimento nas balsas foi intenso desde as primeiras horas, na travessia entre Cabedelo e Lucena, na região metropolitana, e mesmo com mais uma embarcação, houve lotação.

 

portalcorreio