Arquivo da tag: valores

Ex-PMs são presos usando farda da polícia em transporte de valores na PB

casos de policiaUm sargento reformado da polícia militar, de 61 anos, e um ex-policial militar de 64, que foi expulso da corporação, foram presos na manhã desta segunda-feira (21), no bairro severino Cabral, em Campina Grande, no Agreste paraibano. Segundo a Polícia Militar, eles foram flagrados usando fardas da PM da Paraíba e armas para fazer o transporte particular de valores de uma rede de farmácias na cidade. Uma das fardas usadas era de um policial que já morreu.

De acordo com o cabo da Polícia Militar, Ricardo Vieira, que estava na equipe que realizou a prisão, o flagrante aconteceu depois que um morador acionou a polícia, informando que havia homens com armas em punho, mas não eram policiais.

“Quando chegamos ao local, confirmamos a denúncia. Eles estavam usando um carro da empresa, fardas da polícia e três armas de fogo. Uma das armas tinha restrição de roubo ou furto”, disse o cabo.

Com o suspeito de 64 anos, que havia sido expulso da corporação, a polícia apreendeu uma farda da Polícia Militar que pertencia a um policial que já morreu, uma pistola de calibre 380, de uso restrito, com munições adaptadas para 9 milímetros, e um revólver calibre 38 com restrição. Já o policial aposentado de 61 anos, foi flagrado com um revólver, sem ter o porte legal da arma.

“Pelos que constatamos, os dois policiais faziam um serviço particular de transporte de valores para a rede de farmácia. Eles usavam um carro da empresa e passavam pelas unidades da cidade recolhendo o dinheiro da sangria dos caixas. Depois eles iam para uma agência bancária fazer o depósito. No momento da abordagem eles não reagiram e disseram que estavam fazendo aquilo porque foram contratados”, contou o cabo Ricardo Vieira.

Os dois suspeitos foram levados para a 4ª Delegacia Distrital de Polícia, no bairro Malvinas. Segundo o cabo Ricardo Pereira, o policial que havia sido expulso da corporação, foi encaminhado para o presídio Raymundo Asfora, Serrotão, em Campina Grande. Já o policial reformado, foi encaminhado para o 2º Batalhão de Polícia Militar, onde vai ficar preso. Eles foram autuados por porte ilegal de arma, receptação e exercício ilegal da profissão.

Ainda de acordo com o cabo Ricardo Vieira, o ex-policial militar preso foi expulso da corporação por indisciplina. “Ele fazia parte de um grupo de extermínio conhecido na cidade como Mão Branca e foi acusado de homicídios, por isso foi expulso da polícia”, explicou o militar.

 

G1

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Combustíveis sofrem sétimo reajuste nos valores médios na PB; veja novos preços

combustivelA partir do dia 16 deste mês, o preço médio cobrado ao consumidor pelo litro da gasolina, do etanol, e do óleo diesel, além do metro cúbico (m³) do Gás Natural Veicular (GNV) vai sofrer reajustes na Paraíba. Com isso, a gasolina salta de R$ 3,2297 para R$ 3,3411, um aumento de quase 12 centavos a cada litro.

A autorização do reajuste foi dada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e publicada no Diário Oficial da União (DOU) da terça-feira (10).

Com o reajuste, o preço médio do litro do etanol sobe de R$ 2,4017 para R$ 2,4936; o óleo diesel passa de R$ 2,7586 para R$ 2,8560; e o GNV sobe de R$ 2,1897 para R$ 2,3080.

Além da Paraíba, a medida de reajuste dos preços vale também para os estados de Alagoas, Amapá, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo, além do Distrito Federal.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O Confaz é presidido pelo ministro da Fazenda e formado pelos secretários de Fazenda, Finanças ou Tributação de cada Estado e do Distrito Federal. O objetivo do órgão é adotar medidas para aperfeiçoar a política fiscal dos Estados e torná-la compatível com as leis da Federação.

Esta é a sétima vez que a Paraíba entra na tabela de alterações de valores médios do Confaz só neste ano.

 

 

portalcorreio

Municípios da Paraíba vão receber quase R$ 163 milhões de FPM em abril; saiba os valores por cidade

dinheiroOs 223 municípios da Paraíba vão receber, em abril, recursos na ordem de R$ 162.880.866 milhões do Fundo de Participação Municipal, de acordo com a estimativa do Observatório de Informações Municipais. O valor dá uma média de R$ 730.407 mil por localidade. Mas, a divisão do dinheiro não é igualitária, porque conforme o Decreto-Lei nº 1.881, cada faixa de população determina os coeficientes de distribuição do FPM: que são variáveis em 16 faixas até o limite de acima de 156.216 habitantes, mas – acima deste número – o coeficiente máximo torna-se fixo.

Por conta dessa divisão baseada no coeficiente populacional, as maiores cidades recebem bem mais recursos. E diante desse quadro, claro, João Pessoa fica com a maior fatia e receberá R$ 21.404.379 milhões, neste mês. Campina Grande é a segunda mais beneficiada e terá o valor de R$ 5.328.125 milhões.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Na região da Grande João Pessoa quem mais recebe é Santa Rita que fica com recursos na ordem de R$ 2.615.445 milhões. Em seguida vem Bayeux, com R$ 2.179.537 milhões e, depois, Cabedelo, com R$ 1.743.630 milhão.

No Sertão, a cidade de Patos fica com a maior fatia do bolo e leva, somente em abril, R$ 2.324.840 milhões. Sousa vem depois com R$ 1.743.630 milhões e Cajazeiras, R$ 1.598.327 milhão.

Guarabira é o município do Brejo que mais recebe verbas do FPM, serão R$ 1.598.327 milhão neste mês e Solânea ficará com R$ 1.017.117 milhão.

Confira aqui os valores por município

 

Por: Nice Almeida

blogdogordinho

Vendedor de automóvel terá que informar valores de tributos ao comprador

Foto: Agência Brasil Empresários que descumprirem a lei serão responsabilizados pelo pagamento dos tributos, das taxas e multas incidentes até a data da compra
Foto: Agência Brasil
Empresários que descumprirem a lei serão responsabilizados pelo pagamento dos tributos, das taxas e multas incidentes até a data da compra

Está publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (26) a Lei 13.111/15, que obriga vendedores de motocicletas e automóveis novos ou usados a informar ao comprador os valores dos tributos incidentes no preço desses veículos. A norma, que passa a valer em 60 dias, também determina que na assinatura do contrato de compra e venda, os consumidores sejam informados sobre a situação de regularidade do quanto a furto, multas e taxas anuais devidas, débitos de impostos, alienação fiduciária ou circulação do veículo.

Empresários que descumprirem a lei serão responsabilizados pelo pagamento dos tributos, das taxas e multas incidentes até a data da compra. No caso de o veículo ter sido furtado, o comprador terá direito à restituição do valor integral. As penalidades serão aplicadas sem prejuízo das demais previstas no Código de Defesa do Consumidor.

Agência Brasil

Mega reajuste: Definido os novos valores da gasolina em Campina Grande

gasolinaO presidente do Sindicato dos Proprietários de Postos de Combustíveis de Campina Grande, Bruno Agra confirmou nesta terça-feira (27) os novos valores da gasolina e do Gás natural na cidade.

Segundo ele, o aumento será de 33 ou 34 centavos e a gasolina deverá custar em média R$ 3,35. O aumento passará a vigorar a partir do próximo domingo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Bruno disse que o Gás Natural Veicular (GNV) sofrerá reajuste de R$ 0,15. O Etanol já sofreu alteração e esse reajuste já foi repassado nas bombas.
Ele não descartou que haja um novo reajuste ainda este ano.

Fonte: paraibaonline

Muricy elogia Marcelo Moreno, mas lamenta valores do negócio: ‘Difícil’

(Foto: Reprodução SporTV)
(Foto: Reprodução SporTV)

A tentativa do Santos de contratar o atacante boliviano Marcelo Moreno, do Grêmio, esbarra principalmente no alto salário do jogador. Após acertar com sete reforços, o clube não tem dinheiro para fazer novo investimento. Por isso, nesta sexta-feira à tarde, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, o técnico Muricy Ramalho admitiu que a negociação é inviável.

A informação que chegou aos dirigentes do Alvinegro era de que Moreno recebia cerca de R$ 400 mil mensais, mas na verdade somando luvas e salários o valor chega a aproximadamente R$ 500 mil.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Ele é um grande jogador, mas pelo salário fica complicado. No nosso orçamento fica difícil (encaixar), a não ser que o Grêmio abra mão de alguma coisa. Se ele viesse seria excelente, pois é um grande jogador.

Nascido na Bolívia, Moreno tem dupla nacionalidade, pois seu pai é brasileiro. Por isso, segundo o próprio jogador, ele não conta como um atleta estrangeiro, algo que confundiu Muricy. Como cada clube só pode relacionar três atletas do exterior em uma partida, o Santos procura um centroavante brasileiro, pois tem o trio argentino Patito Rodriguez, Miralles e Montillo.

– A dificuldade é que ele (Moreno) é estrangeiro. Estamos tendo dificuldades porque nos oferecem atletas estrangeiros, e estamos dando preferências aos jogadores brasileiros. Está difícil, pois algum time sempre leva oferecendo mais. Está correndo muito dinheiro. Os centroavantes estão empregados.

Na última quinta-feira, o Grêmio perdeu para o Huachipato, do Chile, por 2 a 1, pela Taça Libertadores, e Marcelo Moreno entrou no segundo tempo no lugar do volante Adriano, ex-Santos. O jogador ficou chateado por ter seu nome envolvido como moeda de troca na negociação com o Palmeiras por Barcos. Apesar disso, ainda prioriza a permanência no clube gaúcho.

Reserva, Moreno tem a concorrência de Kleber, Barcos, Vargas e Welliton no ataque do Tricolor. No Peixe, brigaria com André e Miralles. O próprio atleta se disse animado com a possibilidade de atuar com Neymar.

 

 

Globoesporte.com

Prefeituras recebem dois repasses de valores do Fundeb; veja quanto seu Município recebeu

DinheiroA Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que a complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do mês de janeiro foi realizada nesta segunda-feira, 4 de fevereiro.

Os valores foram depositados em dois repasses: o primeiro faz parte do resíduo dos recursos de 2012 e representa R$ 447,4 milhões e o outro é referente ao primeiro repasse de 2013 e soma R$ 682,9 milhões.

O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, explica que essa situação só acontece no mês de janeiro porque, junto com o repasse normal do mês, há um resíduo de receita referente ao ano de 2012, pois, ao longo de cada ano, a União só repassa 85% do total de recursos federais que integram o Fundeb. “Os 15% restantes, ficam para serem pagos em janeiro do ano seguinte. Por isso, os Municípios terão em suas contas do Fundo um crédito referente a dois repasses”, conta.

Somente os Estados do Amazonas, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí têm direito a receber esses recursos, pois possuem valores por aluno/ano abaixo do valor mínimo definido nacionalmente no Fundeb e recebem recursos federais a título de complementação.

Valores em queda

Mas, a CNM alerta que o resíduo de 2012 teve uma diminuição do valor em razão da queda da arrecadação verificada no ano passado, cujos valores foram publicados no dia 28 de dezembro. E Ziulkoski avisa que é preciso cautela na utilização desses recursos, pois ainda este ano ocorrerá o acerto financeiro decorrente dos valores repassados a mais pela União a título de complementação no Fundeb o que afetará o montante dos recursos federais a serem repassados até abril, por conta do ajuste financeiro. “Dessa forma, ainda há débitos a serem feitos nas contas de Estados e Municípios que recebem esses recursos no Fundeb”, adianta.

Em 2012, a CNM já havia cobrado do Ministério da Educação que a correção das estimativas do Fundeb fosse feita antes do final do exercício financeiro, mas a Portaria Interministerial só foi publicada no dia 31 de dezembro, forçando a realização do acerto nas contas do Fundo para 2013. Portanto, é preciso que os gestores municipais acompanhem os lançamentos a crédito e a débito em suas contas para que o planejamento municipal da área da educação não fique prejudicado, aconselha o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.

Confira aqui  os valores da Complementação da União referente a janeiro de 2013

Confira aqui  os valores da Complementação da União referente ao resíduo de 15% de 2012 

Bananeiras Online com CNM

16º Crescer será baseado nos valores da família: Vida, Exemplo, Fidelidade e Casamento

 

CrescerOs valores da família, como a Vida, Exemplo, Fidelidade e Casamento serão ressaltados durante a programação do 16º Crescer – O Encontro da Família Católica deste ano, que acontece entre os dias 10 e 12 de fevereiro, domingo, segunda e terça-feira de Carnaval, no ginásio do Clube Campestre, em Campina Grande. O tema do Crescer deste ano, “Fé na família”, está relacionado ao Ano da Fé, proclamado pelo Papa Bento XVI e que teve início em 11 de outubro do ano passado, e a temática principal do evento, que é a família. “É preciso acreditar na família”, afirma o coordenador geral do encontro que é promovido pela comunidade São Pio X, Gustavo Lucena.

 

O Crescer, que tem como lema uma frase retirada do Evangelho segundo São Lucas (2,22): “concluídos os dias da sua purificação, segundo a lei de Moisés, levaram-no a Jerusalém para apresentá-lo ao Senhor”, tem como objetivo destacar o papel catequético da família como instrumento para despertar a comunhão eclesial, a prática religiosa e o conhecimento da fé. O 16º Crescer terá as presenças do bispo diocesano de Campina Grande, Dom Manuel Delson, e do presidente da Comissão Episcopal para a Família e à Vida da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e bispo de Camaçari-BA, Dom João Carlos Petrini, que farão a abertura oficial do encontro, além do bispo de Caruaru-PE, Dom Bernardino Machió, e do arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto.

 

Além dos bispos, que celebrarão as Santas Missas ao final de cada dia de realização do Crescer, que é o maior encontro católico da Paraíba, farão pregações no encontro Vicente Machado, da RCC (Renovação Carismática Católica) de Goiânia-GO, Jorge Gomes, da Comunidade Católica Kairós de Taquaritinga do Norte-PE, Fellipe Felizardo, da RCC de João Pessoa e padre Carlinhos, da Paróquia Sagrada Família de Campina Grande, além de Romero Frazão e Gustavo Lucena, ambos da comunidade São Pio X.

 

O acesso ao local é gratuito, mas os coordenadores pedem aos participantes que doem fraldas descartáveis ou alimentos não perecíveis, que serão destinados para as ações sociais promovidas pela comunidade São Pio X, a exemplos do Faça por mim e AMO (Apoio às Mães Órfãs).

 

 

 

Assessoria de imprensa

Seguro obrigatório para automóveis terá novos valores a partir de janeiro

A partir de janeiro de 2013, o valor pago pelo Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (Dpvat) será maior, seguindo resolução da Superintendência de Seguros Privados (Susep) publicada dia 24 no Diário Oficial da União.

Os valores do prêmio tarifário variam de acordo com a categoria do veículo. A categoria 1, que abrange automóveis particulares, passará a pagar R$ 101,10 anuais – mesmo valor que será pago por táxis e carros de aluguel (categoria 2).

O seguro pago por ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete (categoria 3) – urbanos, interurbanos, rurais ou interestaduais – passará a ser de R$ 390,84; e a categoria 4, que abrange micro-ônibus com cobrança de frete, mas com lotação não superior a 10 passageiros, e ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete, passará a pagar R$ 242,33 anuais pelo seguro.

Com o aumento, motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares (categoria 9) passarão a pagar R$ 286,75; e máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral licenciados, além de camionetas pickup de até 1.500 kg de carga e caminhões (todos pertencentes à categoria 10), pagarão R$ 105,81.

Agência Brasil

Fla se assusta com altos valores e desiste oficialmente de Robinho

Robinho não será mais o presente de fim de ano para a torcida do Flamengo. Após a primeira reunião com Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, da Itália, e que está no Brasil para negociar tanto o ex-santista como Alexandre Pato, o Rubro-Negro se assustou com os altos valores apresentados para a negociação. Na noite desta terça-feira, a nova diretoria do clube, que vai tomar posse nesta quinta, divulgou um comunicado para a imprensa oficializando sua desistência de repatriar o jogador.

O interesse do Fla por Robinho começou com uma viagem do empresário Eduardo Uram à Itália para tratar do negócio. Para amigos, o atacante demonstrou sua vontade de defender o time carioca, e o agente Fifa teve em Milão o primeiro contato com os representantes do clube italiano. Desde então, o Rubro-Negro vinha agindo em silêncio, mas a chegada de Galliani ao Brasil e a primeira reunião com a nova diretoria, na segunda-feira, havia criado um clima de otimismo na Gávea. Porém, o Flamengo optou por não entrar em leilão pelo craque.

Com a desistência do Fla, o futuro de Robinho deve ser a cidade de São Paulo. Na tarde desta terça, Galliani falou com jornalistas em frente a seu apartamento no Rio de Janeiro e revelou que antes do fim do ano poderia ter “alguma coisa” com algum clube paulista, sem ser o Santos.

Confira a íntegra do comunicado:

Tendo em vista as notícias publicadas a respeito de um possível interesse da nova diretoria do Clube de Regatas do Flamengo em contratar o jogador Robinho, informamos:
1) No ultimo dia 24 o futuro VP de futebol Wallim Vasconcellos juntamente com o futuro VP de relações externas Flávio Godinho se reuniu com o senhor Adriano Galliani, representante do Milan, com objetivo de buscar informações sobre as condições desejadas pelo clube para possibilitar a transferencia do jogador.
2) Em virtude do valor solicitado para realização do negocio, achamos por bem, neste momento, não seguir adiante nas negociações para contratação do jogador.
3) Continuamos trabalhando fortemente para reforçar o elenco do futebol. Assim que tivermos notícias mais concretas, informaremos para toda a nação rubro-negra.

Globoesporte.com