Arquivo da tag: vai

Vai pra onde? Emparelhados, Flu e Santos dividem a rota do G-4

Walter e Gabriel, referências ofensivas de Fluminense e Santos em Volta Redonda
Walter e Gabriel, referências ofensivas de Fluminense e Santos em Volta Redonda

O Brasileirão mal recomeçou e já coloca Fluminense e Santos em um confronto direto. Bastou uma rodada para que o cenário de antes da pausa para a Copa do Mundo mudasse. Os cariocas, vice-líderes até a última quarta-feira, saíram do G-4 com a derrota por 3 a 2 para o Criciúma e começam o domingo em sétimo lugar, a pior posição que ocuparam até agora. O Peixe saltou cinco postos. Saiu de décimo para quinto depois de vencer o Palmeiras por 2 a 0. Com a vitória do Grêmio sobre o Figueirense, na noite de sábado, caiu para sexto. Santos e Flu estão separados por um ponto – 17 a 16 -, mas emparelhados na rota da zona de classificação para a Libertadores. O jogo deste domingo, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pode começar a definir um novo rumo para ambos. A partida começa às 18h30 (de Brasília).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda sem Fred, que pediu uma folga de dez dias após fracassar com a seleção brasileira na Copa, o Tricolor espera que Walter, substituto do camisa 9, desencante. Além do jogo contra o time catarinense, o atacante passou em branco contra Bahia, Atlético-MG e Inter (não está incluído na lista o amistoso contra a Itália, no qual também não marcou). Até agora, foram dois gols no Brasileiro, ambos contra o São Paulo.

O Santos também vai a campo sem seu camisa 9. Leandro Damião, ainda se recuperando de uma entorse no tornozelo, sequer viajou para Volta Redonda. O Alvinegro, porém, tem sabido se virar bem sem o centroavante. Após três vitórias seguidas, o Peixe confia, de novo, no trio Rildo, Geuvânio e Gabriel – este último o artilheiro santista em 2014 com 14 gols. Para manter a “seca” de Walter, a aposta é a defesa menos vazada do Brasileiro até agora, com cinco gols sofridos.

A partida terá transmissão do SporTV (menos para o Rio de Janeiro) e do Premiere, pelo sistema pay-per-view. O GloboEsporte.com acompanha tudo em Tempo Real.

HEADER escalacoes 690 (Foto: Infoesporte)

 

 

Fluminense: ainda sem Fred, o Fluminense terá a dupla de ataque com Rafael Sobis e Walter. Na lateral esquerda, Carlinhos é desfalque. Ele terá de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Chiquinho é o substituto provável, mas o lateral Fernando, que retornou de empréstimo, e até o zagueiro Fabrício são alternativas. Nas demais posições, será o mesmo time que perdeu para o Tigre. A formação: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Henrique e Chiquinho; Jean, Cícero, Wagner e Conca; Rafael Sobis e Walter.

Santos: em relação ao time que derrotou o Palmeiras na última quinta-feira, a única novidade é a volta do lateral-direito Cicinho, que cumpriu suspensão. Assim, o Peixe vai a campo com: Aranha; Cicinho, David Braz, Bruno Uvini e Eugenio Mena; Alison, Arouca e Lucas Lima; Geuvânio, Rildo e Gabriel.

HEADER quem esta fora 690 (Foto: Infoesporte)

 
Fluminense: Diguinho, com lesão no tornozelo direito, e Fred, de folga após retorno da Copa do Mundo. Carlinhos cumpre suspensão.

Santos: Gustavo Henrique (joelho direito), Patito Rodriguez e Leandro Damião (ambos tornozelo) se recuperam de lesões. Edu Dracena, Vinícius Simon, Jubal e Thiago Ribeiro estão clinicamente liberados, mas readquirem a forma física e estão fora.

header pendurados 690 (Foto: arte esporte)

Fluminense: Chiquinho e Conca.

Santos: Gabriel e Jubal.

Header arbitragem o arbitro 690 (Foto: Arte / Globoesporte)

 

árbitro Leandro Pedro Vuaden - Fluminense x Santos (Foto: Editoria de Arte)

 

 

Por 

Brasil vai sediar a Copa do Mundo de Handebol de areia

bccehandebolPoucos brasileiros sabem, mas após a Copa do Mundo de Futebol, acontece outra Copa do Mundo no Brasil, porém de handebol de areia (Beach Handball). A competição, que reúne as melhores seleções do planeta na modalidade, será realizada em grande estrutura na praia do Pina, em Recife-PE, entre os dias 22 a 27 de Julho, na categoria masculino e feminino.

Apesar de ainda ser pouco conhecido no Brasil, a nossa seleção é a grande potência do mundo na modalidade nos dois naipes: atual campeã Mundial (título conquistado em Omã, na Ásia, em 2012), líder do ranking mundial e possui, eleito pela Federação Internacional de Handebol, os dois melhores jogadores do planeta (Nailson Amaral no masculino e Patrícia Scheppa no feminino).

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Para essa importante competição, a Seleção Brasileira de Handebol de Areia vem treinando forte na cidade de João Pessoa-PB. Os treinos são realizados diariamente e o grupo fica concentrado na capital paraibana até a realização do Mundial. Ao todo, 17 atletas do masculino e 17 atletas do feminino – de diversos Estados do país – foram convocados para essa fase. Desses, apenas 10 de cada naipe serão escolhidos para a disputa do Mundial.

No masculino, os brasileiros disputam a primeira fase no Grupo A contra a Austrália, Dinamarca, Omã, Sérvia e Uruguai. A chave B é composta por Argentina, Catar, Croácia, Egito, Espanha e Rússia.

Pelo feminino, o grupo A é formado por Brasil, Austrália, Itália, Noruega, Taipei e Uruguai.  Argentina, Dinamarca, Espanha, Hungria, Tailândia e Ucrânia estão no B.

Sobre a modalidade

Como uma tentativa de deixar o esporte ainda mais popular, um grupo da área de comunicação, dirigentes e atletas ligados ao Beach Handball criou no Facebook uma página específica sobre notícias e curiosidades sobre a modalidade. Ela pode ser acessada através do link:  https://www.facebook.com/BeachHandballMundial2014

JP

Polícia Federal vai instalar 35 equipes em cidades da PB para coibir abusos eleitorais

pfO presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides, se reuniu nesta quinta-feira com o superintendente da Polícia Federal na Paraíba, Nivaldo Farias de Almeida, para discutir temas relativos à segurança das Eleições 2014. O superintendente da PF informou que já tem um planejamento elaborado para instalar 35 equipes em 23 cidades polos do Estado que servirão de base para o efetivo.

A Polícia Federal vai atuar nesses locais durante o período eleitoral com o objetivo de coibir os abusos cometidos e punir os crimes eleitorais que vierem a ocorrer. O superintendente declarou que sua equipe trabalhará, principalmente, com inteligência e tecnologia. “Nas eleições, a melhor polícia é aquela que não aparece”, disse o delegado, ressaltando ainda que no período eleitoral há uma equipe de plantão orientada sobre como proceder nos casos de crimes eleitorais.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O presidente do TRE solicitou a presença de um representante da Polícia Federal nas reuniões que realizará com juízes das zonas eleitorais e comando da Polícia Militar em João Pessoa, Campina Grande e Patos para trocar informações e traçar estratégias de trabalho.

“Nós queremos que os juízes informem às autoridades de segurança pública quais os principais problemas que enfrentam em suas regiões, quais os municípios onde a situação é mais crítica e, por outro lado, que essas autoridades indiquem um interlocutor a quem o juiz de cada comarca deve procurar para informar as decisões judiciais que devem ser cumpridas”, explicou o desembargador Saulo Benevides.

Portal Correio

Caso da redução de bancadas vai a julgamento no STF

stfO plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) analisa na próxima quarta-feira (11) as ações que atacam a Resolução 23.389/2013, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que altera a quantidade de deputados federais e estaduais de 13 estados para as eleições de 2014. Segundo os autores das ações, entre eles o governo da Paraíba e a mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado, a resolução invade competência legislativa exclusiva do Congresso Nacional na definição da representatividade dos estados-membros e do Distrito Federal na Câmara dos Deputados, nas Assembleias Legislativas e na Câmara Distrital.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O parágrafo 1º do artigo 45 da Constituição Federal determina que o número total de deputados federais, bem como a representação por estado e pelo Distrito Federal, será estabelecido por lei complementar, de forma que cada estado tenha entre 8 e 70 parlamentares, a depender da população. A Constituição também fixa que o número de deputados de cada bancada deve ser definido um ano antes das eleições.

Publicada no dia 27 de maio de 2013, a Resolução 23.389/2013 estabelece a representação dos estados e do Distrito Federal na Câmara dos Deputados, nas Assembleias Legislativas e na Câmara Distrital para a legislatura que se iniciará em 2015, com base no Censo 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No caso do Estado da Paraíba, a resolução determina que o número de deputados na Câmara Federal passe de 12 para 10 e, na Assembleia Legislativa, de 36 para 30.

O governo da Paraíba afirma que “o poder regulamentar do TSE restringe-se, nos termos do artigo 23, inciso IX, do Código Eleitoral, a expedir as instruções que julgar convenientes” para a execução do Código. Ele acrescenta que tal poder “não se confunde com a inovação e alteração do ordenamento jurídico para a fixação do número de deputados federais e estaduais de cada ente federado, cujo estabelecimento, segundo a própria Constituição da República, em seu artigo 45, parágrafo 1º, deve ser feito por lei complementar”.

A esse respeito, a Mesa da Assembleia Legislativa da Paraíba afirma que o Supremo Tribunal Federal já declarou, no julgamento da ADI 267, que “apenas a lei complementar constitui o único e exclusivo instrumento juridicamente idôneo, apto a viabilizar e concretizar a fixação do número de deputados federais por estado-membro”. A Assembleia lembrou ainda que dois ministros da Suprema Corte, Marco Aurélio e Cármen Lúcia, divergiram da maioria dos ministros do TSE no julgamento da petição que deu origem à Resolução 23.389/2013, por verificar a inconstitucionalidade da iniciativa da Justiça Eleitoral para a fixação do número de parlamentares, “haja vista ser esta atribuição exclusiva do Congresso Nacional”.

O governador Ricardo Coutinho e a Mesa da Assembleia Legislativa da Paraíba acrescentam que a resolução do TSE também viola os princípios constitucionais da separação entre os Poderes da República e da legalidade (artigo 2º e inciso II do artigo 5º da Constituição) e a competência privativa da União para legislar sobre tema eleitoral (inciso I do artigo 22 da Constituição).

 

JP 

Diocese vai acionar Justiça contra grupos que destruíram imagens católicas no Sertão da PB

A imagem destruída
A imagem destruída

Intolerância religiosa é o que pode se dizer sobre o fato ocorrido por um grupo religioso contra a crença da comunidade católica, que acredita em Nossa Senhora, que teve a imagem quebrada e queimada, na cidade de Carrapateira, a 384 km de João Pessoa, no Sertão da Paraíba. O caso foi identificado nessa terça-feira (3).

O município tem cerca de 2,5 mil habitantes. Além de quebrar, o grupo ainda urinou e cuspiu na imagem da santa de pouco mais de um metro.

O padre Quirino Pedro, administrador da Paróquia Santo Afonso, em Carrapateira, lamentou o episódio e a falta de compreensão de algumas pessoas. Segundo ele, a intolerância religiosa não leva a nada, uma vez que, todos são filhos de um mesmo Deus. “E este mesmo Deus que é filho de Nossa Senhora, escolhido por ele para ser a mãe do filho e a filha do filho, assim como nós, seres humanos”, disse.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
O padre contou que o fato deixou todos preocupados porque além do grupo ter cometido o vandalismo, ainda atacou os católicos. “Estão fazendo a cabeça das crianças para repudiarem Nossa Senhora, estão chamando as pessoas de satanás tanto nas escolas, nas ruas quanto na porta da igreja, revelou.

De acordo com as denúncias do padre, as pessoas que estão fazendo esses atos de vandalismo pertenceriam à igreja Pentecostal Rio de Águas Vivas dirigida por Luiz Lourenço, mais conhecido por Pastor Poroca. O padre informou que as providências jurídicas sobre o caso serão tomadas pela Diocese do município de Cajazeiras, da qual a paróquia de Carrapateira faz parte.

O vigário geral da Diocese de Cajazeiras, padre Agripino Ferreira de Assis, em substituição ao arcebispo Dom José Gonzalez que está viajando, emitiu uma nota de agravo divulgada no site da Diocese no início da tarde desta quarta-feira (4).

O representante da igreja católica lamentou que fatos como esse ainda ocorram em pleno século 21, e “justamente na semana de oração de unidade pelos cristãos para que haja proclamação da boa nova, com respeito a liberdade religiosa”, reclamou.

Padre Agripino informou que irá comunicar o fato ao Ministério Público para que acione a Justiça. “Nós respeitamos a liberdade de culto e queremos também que sejamos respeitados, queremos respeito para quem professa a fé católica” enfatizou.

Ex-católicos 

O pastor Poroca se defendeu as acusações dizendo que não determina que nenhum fiel de sua igreja cometa atos de vandalismo contra nenhuma religião. Ele deu sua versão dos fatos dizendo que teria sido um grupo de ex-católicos que teria se convertido e destruído as imagens que tinham em casa.

“Pelo que eu sei, não há a notícia de que alguém tivesse destruído imagem de ninguém e jamais aceitaria que isso ocorresse”, rebateu. Quanto ao fato dos fieis terem destruído as imagens que pertenciam a eles próprios, o pastor disse que não é ele quem ‘manda’ fazer isso, mas a bíblia.

“Eu não condeno, mas a bíblica condena. Pelo menos 437 vezes é mencionado que a imagem é maldita. Na segunda crônica, no capítulo 32 versículo 4, por exemplo, o rei Josias pôs os possuídos abaixo e quebrou as suas imagens e limpando o altar de Deus”, justificou.

O pastor Poroca, conforme informou, prega em pelo menos seis cidades da região de Sousa, realizando cultos em municípios como Carrapeteira, Marizópolis, Vieirópolis e Nazarezinho, no Sertão da Paraíba. Ele disse que possui cerca de 600 fiéis.

Leia a seguir a nota de agravo emitida pela Diocese de Cajazeiras:

“Imagem de Nossa Senhora é profanada na Cidade de Carrapateira

 

Fico pensando na falta de tolerância espiritual com que algumas mentes vazias de conceitos têm. A religiosidade e suas manifestações são protegidas pela Lei da Constituição Federal que diz:

 

“é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;“ (Art. 5, inc. VI)

 

Se fossemos olhar apenas o direito à expressão religiosa que todos têm já seria o bastante para argumentar tamanha ignorância que aconteceu ontem na Cidade de Carrapateira, sede da Paróquia de Santo Afonso, que tem como Administrador Paroquial, o Pe. Querino Pedro Cirilo. Segundo informações repassadas pelo próprio Sacerdote, a Cidade de Carrapateira está passando por uma série de preconceitos religiosos. Um imagem de Nossa Senhora foi profanada quando urinaram sobre a mesma e ataram fogo depois de jogarem gasolina. Além disso, também uma tentativa de corromper o pensamento das crianças com difamações contra Nossa Senhora.

 

Sabe-se que todos têm direito e liberdade de expressar sua fé, mas viola a Leio e o valor ético quando interfere e mais ainda, difama e agride a Fé alheia. Os Católicos veneram Maria como Mãe de Deus e da humanidade e para tanto merece o mínimo de respeito. Se for para justificar pela Palavra de Deus, também está escrito que:

 

“todas as gerações a chamarão de Bem-Aventurada” (cf. Lc 1, 48)

 

Todas as gerações, não pode ser interpretada como uma parte dela, mas todas, sem distinção. Aos que não aceitam, conhecem a Palavra, mas a Palavra ainda não lhe tocou o coração. Somente para refletir!

 

Por Hacéldama Borba e Luciana Rodrigues

Polícia Federal vai investigar o Facebook a pedido do PT

facebookO Facebook será investigado pela Polícia Federal a pedido do PT, que tem visto a legenda e seu provável candidato ao governo de Minas Gerais, Fernando Pimentel, ser alvo de ataques na rede social.

Pimentel e o partido acionaram o Tribunal Regional Eleitoral de MG por conta de supostos casos de calúnia e difamação e o diretor do Foro Eleitoral de Belo Horizonte, o juiz Renato Luiz Faraco, encaminhou o caso à PF para que seja aberta uma investigação.

O envolvimento do Facebook se dá pelo fato de os ataques ocorrem em páginas hospedadas na plataforma, que no Brasil é administrada pela Facebook Serviços Online do Brasil Ltda. Alguns de forma anônima.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mas quatro usuários da rede social também serão investigados: Cristiano Alves Guimarães, Tomas Soares, Lucas Gontijo Guimarães e Carlucio Santos Carvalho, acusados por Pimentel de promover “verdadeiro achanque à sua figura em duas páginas” do Facebook.

O Estadão, que noticiou o caso, ressalta que nas páginas dos envolvidos há críticas ao PT e, ao menos da de Lucas Gontijo, também aparecem elogios ao senador Aécio Neves, que deve disputar a presidência pelo PSDB.

olhar digital

Governo inaugura adutora que vai levar água tratada para mais de 90 mil pessoas no Brejo

adutoraMais de 90 mil pessoas dos municípios de Guarabira, Araçagi, Cuitegi e Pilõezinhos estão sendo beneficiadas com a água tratada chegando em suas casas. O Governo do Estado inaugurou, nesta sexta-feira (30), o sistema adutor Araçagi-Guarabira, que garantirá água para os quatro municípios nos próximos 25 anos e o sistema de esgotamento sanitário dos bairros de Osmar de Aquino, Clóvis Bezerra e parte de Areia Branca, em Guarabira. Foram investidos R$ 20,5 milhões.

O governador Ricardo Coutinho disse que essa é uma obra estruturante, pois garante água tratada pelos próximos 25 anos para quatro municípios importantes do Brejo. “O governo priorizou essa obra para garantir água tratada e de qualidade para que o Brejo possa crescer e se desenvolver com a segurança de que não vai faltar água”, completou.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 
O presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, afirmou que a adutora tem 27 km e uma capacidade de transportar até 160 litros por segundo. “Todas essas cidades convivem com problemas no abastecimento, como Guarabira, que em suas partes altas e acidentadas, em determinados períodos do dia, a água nãoconsegue mais atender à população”, comentou.

Deusdete acrescentou que essa é uma barragem de grande porte, com 63 milhões de metros, e que hoje está com 99% da capacidade e que tem uma vazão para resolver o problema da água nessa região. Ele acrescentou que num segundo momento servirá para atender as adutoras de Itapororoca, Mamanguape e Rio Tinto.

O prefeito de Araçagi, Didi de Braz, falou da emoção de ver a água chegando à cidade. “Só quem sabe é quem convivia com cinco, oito dias ininterruptos sem água e agora vê a água jorrando de suas torneiras”, disse. Didi lembrou que lutou pela construção barragem de Araçagi e pela adutora e o povo só tem a celebrar essaconquista. “A água que chega a Araçagi é tratada e temos a certeza que nos próximos anos não vai faltar água no nosso município”, afirmou.

Em Guarabira – O Governo do Estado também inaugurou o esgotamento sanitário dos bairros de Osmar de Aquino, Clóvis Bezerra e Areia Branca no valor de R$ 1,4 milhão. As obras integram os 11,5 km de rede coletora no valor de R$ 10,4 milhões que garantirá o saneamento básico de vários bairros de Guarabira. O motorista Marcos Pontes, de Guarabira, disse que no bairro do Nordeste, onde mora, já passou por 30 dias sem água. “Imagine um sofrimento de um pai e uma mãe em não ter água para colocar no feijão durante 1 mês. Água é vida e a gente esperou muito por essa água que vem hoje pela adutora de Araçagi”, completou.

Secom

“Vai voltar”: advogado de Reginaldo Pereira mostra confiança e prevê anulação da cassação

reginaldoO prefeito cassado de Santa Rita, Reginaldo Pereira (PRB) pode assumir o cargo novamente nos próximos dias. Conforme o advogado do caso, Johnson Abrantes ainda há recursos jurídicos para que Reginaldo retorne ao mandato de Chefe do Executivo municipal. O jurista revelou ainda na tarde desta sexta-feira (30), que já entrou com um pedido para que a Câmara Municipal disponibilize os documentos que geraram o afastamento do prefeito e aguarda o deferimento, já na próxima semana, do desembargador Abraham Lincoln.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com a liberação dos documentos, o advogado afirmou que o próximo passo é entrar com uma ação na justiça para anular a decisão da Câmara. Ele ainda destacou que o processo que cassou Reginaldo tem muitos erros. E é nesses supostos equívocos que vai fundamentar a defesa. “Existe a ausência do processo legal e de citação válida. Também não houve a aplicação da legislação pertinente ao caso”, ressaltou.

Reginaldo Pereira X Cassação

Reginaldo acredita que a Justiça paraibana também entenderá que a sua cassação não se sustenta em provas e que tudo não passou de um golpe. De acordo com o prefeito, as acusações são infundadas. “Me acusam de nepotismo, mas o próprio Ministério Público já emitiu parecer alegando que familiar em cargo de secretário não configura nepotismo”, disse Reginaldo.

O prefeito afastado também alega que em nenhum processo de cassação, o direito de defesa foi respeitado, o que levanta suspeitas sobre a agilidade da cassação.

Reginaldo acredita ainda que até o final do mês retornará ao mandato conquistado democraticamente em 2012, e promete uma gestão diferente. “Fomos sabotados esse tempo todo por aqueles que planejavam o golpe. Nossas ações não eram divulgadas pelo secretário de Comunicação, aliado do vice-prefeito Netinho. Também existia sabotagem em outras pastas da prefeitura. Mas agora será diferente”, promete Reginaldo.

Relembre o caso

O afastamento do prefeito pela Câmara Municipal se deu devido a suspeita por vários crimes administrativos, como nepotismo, afastamento do cargo, incorreções em licitações improbidade administrativa.

 

clickpb

RC diz que não tem como demitir servidores e avisa que vai recorrer para manter codificados

ricardo-coutinhoO governador  Ricardo Coutinho disse nesta sexta-feira (30) que vai recorrer à Justiça para não demitir os mais de 7 mil codificados na área da saúde. A deterninação partiu do Tribunal de Contas do Estado ao negar um recurso de apelação do governo do Estado.

O TCE deu prazo de 120 dias para o restabelecimento da legalidade, através da admissão de pessoal pela regra do concurso público, e por excepcional interesse público nas hipóteses previstas em lei. Além disso, foi fixado prazo de 30 dias para o secretário de Estado da Saúde, Waldson de Souza, disponibilizar no Sagres a relação dos servidores ‘codificados’ ou sem vínculo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Com isso, será possível para o tribunal, inclusive, verificar se esses servidores estão relacionados na despesade pessoal para fins de contabilização para o limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal de despesas com folha de pessoal.

O governador Ricardo Coutinho disse que sem os codificados o Estado não tem como manter aberto os hospitais. “Respeito a posição do Tribunal de Contas, mas dentro do estado democrático de direito nós temos a condição de recorrer ao Poder Judiciário para manter os empregos e manter o funcionamento dos hospitais”.


pbagora com JP Online

Congresso vai recorrer ao STF contra decisão do TSE que alterou bancadas

tabela-camara_1O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou nesta quarta-feira (28) que entrará com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar derrubar a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de alterar o número de deputados em 13 estados brasileiros.

Em sessão desta terça (27), os ministros do TSE decidiram por unanimidade ratificar resolução de 2013 que altera o tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados já para as eleições de outubro deste ano. A medida foi confirmada pelo tribunal mesmo após os congressistas terem aprovado, em novembro do ano passado, projeto de decreto legislativo que anulava a decisão anterior do TSE.

Segundo Renan, após aprovação das Mesas Diretoras da Câmara e do Senado, será protocolada no STF uma Ação Declaratória de Constitucionalidade (ADC) com o objetivo de validar o decreto legislativo e manter o número atual de deputados federais. Para o presidente do Congresso, a decisão do TSE é uma “usurpação” das prerrogativas do Congresso e “amplia a insegurança do processo político”.

“Vamos entrar com uma Ação Declaratória de constitucionalidade. Há uma clara usurpação da competência do congresso. A democracia perde com isso e é importante que tenhamos reação proporcional. Essas coisas apequenam”, enfatizou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Renan Calheiros afirmou que se reunirá nesta quarta com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para discutir o assunto, mas destacou que a “decisão política” de recorrer da posição do TSE está tomada.

“É uma intromissão indevida, usurpação de competência. Só por lei complementar você pode refazer a decisão política do Congresso Nacional. Alagoas perde um deputado, mas mesmo se ganhasse o TSE estaria usurpando a competência do Congresso Nacional”, disse.

Mais cedo nesta quarta, o presidente da Câmara também criticou a decisão do TSE e reclamou da falta de “diálogo” da Justiça eleitoral com o Legislativo. “Uma medida dessa, se tivesse sido conversada antes conosco, [com a possibilidade de] abrir um diálogo… Mas tomada assim, de repente, sem ter nenhuma noção do que aconteceria, uma decisão por unanimidade do Congresso Nacional cria realmente um mal-estar”, disse Alves.

Novo cálculo
O novo cálculo do número de deputados federais de cada unidade da federação foi feito com base em dados do Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A última alteração nas bancadas federais, que estabeleceu o total de 513 cadeiras na Câmara, havia ocorrido em 1993.

Pela resolução do TSE, os estados de Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul perderão uma cadeira na Câmara dos Deputados. Já Paraíba e Piauí perderão dois deputados.

Por outro lado, Amazonas e Santa Catarina irão ganhar mais uma cadeira no parlamento. Ceará e Minas Gerais passarão a ter mais dois deputados. O Pará foi o maior beneficiado pela mudança nas regras: o estado do Norte irá aumentar sua representação de 17 para 21 deputados. O estado de São Paulo continuará com 70 cadeiras.

G1