Arquivo da tag: vaga

Ex-prefeito de Belém se filia ao Avante para disputar uma vaga na ALPB

Foto: Paolloh Oliver

No partido Avante, mais um nome foi divulgado para disputar as vagas de deputado estadual na Assembleia Legislativa da Paraíba. Desta vez, quem se filiou foi o ex-prefeito da cidade de Belém, Roberto Flávio, que deixou o MDB e ao lado dos deputados Tião Gomes e Genival Matias, presidente do Avante, assinou a ficha de filiação ao partido na quarta-feira (04), acompanhado de sua esposa, a atual prefeita de Belém, Renata.

Roberto Flávio foi vereador, prefeito de Belém por oito anos e conseguiu eleger a esposa para administrar o município. Ele tem um trabalho reconhecido não só na cidade, mas também em toda região do Brejo paraibano.

Genival Matias e Tião Gomes destacaram que o Avante segue se fortalecendo e crescendo para disputar o pleito eleitoral deste ano.

“O partido está ganhando grandes quadros com as filiações de nomes importantes e respeitados como é o caso do ex-prefeito Roberto Flávio, além de outros que podem vir e estamos finalizando conversas ao lado do deputado Tião Gomes e dos demais filiados. O Avante está vivendo um novo momento na Paraíba e temos certeza de que faremos a diferença nas eleições de 2018”, disse o presidente estadual, Genival Matias.

Roberto Flávio afirmou que após analisar convites de diversos partidos, decidiu pelo Avante por ser um partido organizado e que vem crescendo na Paraíba. Ele confirmou que segue apoiando Gervásio Maia na disputa por uma vaga na Câmara Federal.

Para o ex-prefeito, que atualmente assume a secretaria de infraestrutura de Belém, é preciso que a região tenha um representante. “Um deputado precisa se comprometer com sua região, mesmo sendo representante de todos. Nossa região está carente de deputados e eu quero realizar um trabalho justo e honesto, um trabalho apartidário. Agora assumo um novo desafio junto ao Avante para ter mais oportunidades de continuar lutando pela minha cidade e pelo povo da nossa região”, comentou.

 

Portal do Brejo.

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Concorrência do concurso do TCE-PB chega a 2 mil por vaga

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) divulgou, nesta terça-feira (12), que 16.860 pessoas se inscreveram para o concurso público do órgão, que vai ofertar 20 vagas, sendo 15 de auditor de contas públicas e cinco para agente de documentação. Segundo informações da comissão do concurso, 6.768 candidatos inscreveram-se para concorrer às vagas no cargo de auditor de contas públicas, o que representa 451,2 candidatos por vaga, enquanto que 10.092 optaram pelas vagas abertas para agente de documentação, ou 2.018 candidatos por vaga.

Para concorrer a uma das vagas no cargo de auditor de contas públicas, o candidato deverá ter curso superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração do cargo será de R$ 13.002,03, com 40 horas semanais.

Ao de agente de documentação, a exigência é de conclusão de curso de ensino médio. Duas vagas, uma de cada área, estão reservadas a candidatos portadores de deficiência. A remuneração do cargo será de R$ 5.519,61.

Locais e horários de realização das provas serão divulgados até o dia 4 de janeiro de 2018, via internet, no endereço eletrônico do concurso e pelo Portal do TCE-PB.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Flamengo bate Católica e fica perto da vaga na Libertadores

O Flamengo encaminhou a sua classificação para a próxima fase da Libertadores na noite desta quarta-feira. O Rubro-Negro mostrou força e venceu a Universidad Católica, por 3 a 1, no Maracanã, num jogo “encardido” e complicado. O técnico Zé Ricardo teve papel fundamental no resultado, com alterações que mudaram o panorama da partida.

Flamengo x U. Católica
Flamengo x U. Católica

Foto: Luciano Belford/AGIF / LANCE!

Na próxima rodada, o Flamengo encara o San Lorenzo, na Argentina. O Rubro-Negro jogará pelo empate para avançar às oitavas. Já a Católica recebe o Atlético-PR, no Chile.

O primeiro tempo teve chances claras para ambos os times. O Flamengo começou pressionando, como já era esperado, e esteve perto do gol com Guerrero. Voraz para balançar a rede, o peruano lutou muito, mas vacilou numa oportunidade clara, cara a cara com o goleiro Toselli.

A Universidad mostrou-se mais organizada do que no jogo da ida, no Chile, e criou a melhor chance da primeira etapa. Maripán deu um lindo passe para Fuenzalida, entre os zagueiros do Flamengo. O atacante ficou sozinho com Muralha, teve tempo para pensar, mas chutou, incrivelmente, para fora. Os visitantes assustaram ainda em outra jogada, num cruzamento, mas Santiago Silva não conseguiu completar para o gol.

Com um coro de mais de 50 mil vozes, qualquer lance de perigo ganhava um ar dramático. A luta de Guerrero em busca do gol era até comovente, mas faltava capricho. O peruano lutava muitas vezes sozinho, num dia em que o Flamengo atuou desfalcado de alguns jogadores importantes, como Diego e Berrío.

Zé Ricardo percebeu a baixa produtividade do setor de criação rubro-negro no primeiro tempo e lançou Rodinei no lugar de Mancuello. Avançado, na ponta direita, o camisa 2 mostrou estrela ao sair do banco de reservas e abriu o placar aos cinco minutos do segundo tempo, em rebote de falta cobrada por Guerrero.

Mesmo com a vantagem, o Flamengo seguiu em busca do segundo gol. Guerrero chegou perto em chute que bateu primeiro no chão e depois encobriu a meta. A Católica, por outro lado, demorou um pouco para se reorganizar. Na base do toque de bola, com paciência, os chilenos chegaram ao empate. Fuenzalida foi ao fundo, na direita, e cruzou para Santiago Silva deixar tudo igual aos 22 minutos. Rafael Vaz falhou no lance e não conseguiu evitar a chegada do adversário.

O Rubro-Negro respondeu aos 28, com gol de Guerrero. Decisivo, ele recebeu na área e chutou cruzado: 2 a 1. Mesmo em vantagem, o Flamengo não tinha tranquilidade. A Católica era perigosa e ameaçava em bolas aéreas. O alívio só veio aos 41 minutos, quando Trauco estufou o barbante em jogada de insistência, no segundo chute seguido ao gol. O curioso é que o camisa 13 passou a jogar mais avançado somente no segundo tempo, após uma alteração de Zé Ricardo. No fim das contas, o treinador foi decisivo.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 3 X 1 UNIVERSIDAD CATÓLICA

Data/Hora : 3/5/2017, às 21h45
Local : Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro : Victor Carrillo (Peru)
Auxiliares : Raul Cruz (Peru) e Victor Raez (Peru)
Cartões amarelos : Pará, Réver (FLA); Maripán, Espinoza e Espinosa (UNC)
Público e renda : 61.363 presentes / 54.555 pagantes / R$ 3.314.405,00

Gols : Rodinei, 5’/2°T (1-0); Santiago Silva, 22’/2°T (1-1); Guerrero, 28’/2°T (2-1); Trauco, 41’/2°T (3-1)

Flamengo : Muralha, Pará, Réver, Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Arão e Mancuello (Rodinei, intervalo); Gabriel (Renê, 29’/2°T), Éverton (Cuéllar, 42’/2°T) e Guerrero. Técnico : Zé Ricardo

Universidad Católica : Toselli, Espinoza, Álvarez (Magnasco, 26’/2°T), Maripán e Parot; Kalinski (Gutierrez, 34’/2°T), Fuentes (Espinosa, 7’/2°T) e Buonanotte; Fuenzalida, Noir e Santiago Silva. Técnico : Mario Salas

LanceNet

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Vencer, vencer, vencer: Fla pega Católica em busca de triunfo e da vaga

O clima, sem dúvidas, será de decisão. O Maracanã estará lotado. E o que não falta é motivo para isso realmente acontecer. O Flamengo entra em campo nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), podendo garantir uma vaga nas oitavas de final da Libertadores se vencer a Universidad Católica. Ao mesmo tempo, uma derrota pode complicar a situação do Rubro-Negro na competição. Por isso, a quinta rodada da fase de grupos tem mais cara de final.

Com seis pontos ganhos, o Flamengo é o vice-líder do Grupo 4 da Libertadores, atrás apenas do Atlético-PR, que tem sete. A Católica, com cinco, e o San Lorenzo, com quatro, completam a chave. Veja o que o Rubro-Negro precisa, então, para ir ao mata-mata já nesta quarta-feira:

– Vencer a Universidad Católica por qualquer placar;
– Torcer para o San Lorenzo empatar ou perder o jogo contra o Atlético-PR.

Guerrero é esperança de gols do Flamengo contra a Católica e será titular (Foto: André Durão)

Guerrero é esperança de gols do Flamengo contra a Católica e será titular (Foto: André Durão)

Caso isso aconteça, o Flamengo chega a nove pontos. O Atlético-PR, se vencer, mantém a ponta e elimina o San Lorenzo. Se os paranaenses empatarem, chegam a oito pontos e caem para a segunda posição. Os argentinos, de qualquer forma, a uma partida do fim da fase de grupos, não teriam mais condições de alcançar o segundo colocado da chave. Porém, em caso de empate em Curitiba, a Católica continuaria com chances porque encara o Furacão, em casa, tendo que tirar a diferença do saldo de gols.

Se perder, porém, o Flamengo se complica. Isso porque a Universidad Católica chegaria a oito pontos, tirando o Rubro-Negro da vice-liderança e da zona de classificação para o mata-mata a uma rodada do fim. Na partida seguinte, o time comandado pelo técnico Zé Ricardo precisaria, então, vencer o San Lorenzo fora de casa e torcer por um tropeço dos chilenos. Missão complicada.

O jogo decisivo desta quarta-feira, inclusive, tem outro ingrediente que aumenta sua importância: antecede a final do Campeonato Carioca. No domingo, o Flamengo encara o Fluminense, às 16h (de Brasília), no Maracanã. Como venceu por 1 a 0 o primeiro jogo, no domingo passado, o Rubro-Negro pode até empatar para ser campeão estadual. A classificação na Libertadores é certeza de um time cheio de moral e com apoio maciço de sua torcida no próximo dia 7 diante do Tricolor.

Flamengo x Universidad Católica

Local: Maracanã, Rio de Janeiro;
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília);
Escalação provável: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello e Gabriel (Renê); Everton e Guerrero;
Desfalques: Berrío (suspenso), Diego (lesão no joelho), Donatti (lesão na panturrilha esquerda) e Romulo (lesão no joelho direito);
Arbitragem: Victor Carrillo apita, auxiliado por Raul Lopez Cruz e Victor Raez. O trio é argentino;
Transmissão: TV Globo para RJ, RS, SC, PR, MG (menos Juiz de Fora, Uberlândia, Uberaba e Ituiutaba), ES, GO, TO, MS, MT, SE, AL, PB, RN, PI, MA, PA, AM, RO, AC, RR, AP e DF (com Luis Roberto, Junior e Leonardo Gaciba).

GE

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

São Paulo faz 2 a 0 no Linense e abre vantagem por vaga

Foto: Maurício Rummens/ Agência Lancepress! / LANCE!
Foto: Maurício Rummens/ Agência Lancepress! / LANCE!

O Linense pensou nas contas, na vida administrativa. Assim, abriu caminho para que as duas partidas das quartas de final do Campeonato Paulista contra o São Paulo fossem realizadas no Morumbi. Uma decisão baseada no lucro, mas que tinha um preço. Um “cavalheirismo” que foi repassado ao primeiro jogo, neste domingo, com o gol contra que iniciou o triunfo por 2 a 0 dos tricolores.

A passividade do time de Lins foi traduzida na postura defensiva, Os 11 atrás da linha da bola, quase encaixotados na grande área. Parecia não haver nem sequer interesse em agredir. Tanto é que a primeira chance foi linense por acaso e fez o São Paulo se lembrar de que estava em casa, mesmo com apenas 15 mil torcedores presentes no Morumbi.

Os 20 minutos finais foram de pressão total do Tricolor. A equipe de Rogério Ceni já havia mostrado que retomara a marcação mais adiantada nos primeiros minutos, mas custava a criar. A criação melhorou, os pontas atacavam com facilidade e uma atuação gigante de Jucilei deu tranquilidade para que o foco fosse sempre o ataque.

Enquanto o volante colecionava desarmes e uma boa distribuição de jogo, o goleiro Victor Golas tentava ser menos gentil com os são-paulinos. Mas depois de parar Pratto e companhia no primeiro tempo, o arqueiro foi castigado por fogo amigo, em mais um presente do Linense. Rodrigo Caio apareceu bem na segunda trave, tocou para trás e Diego Felipe, no susto, fez contra aos quatro minutos da etapa final.

O domínio são-paulino persistiu, Golas seguiu mostrando serviço, mas marcar um gol parecia causar sofrimento aos comandados de Rogério Ceni. Pratto teve jornada ruim e o estreante Thomaz, que entrou na vaga de Luiz Araújo, pouco apareceu. E quando o Linense, mais uma vez prestativo, teve Maycon expulso, imaginava-se mais pressão por uma vitória mais larga.

O que se viu, porém, foi uma queda brusca de ritmo e frustração da torcida pelo fato do São Paulo ter feito apenas 1 a 0. Sobraram até vaias para Wellington Nem, substituído por Shaylon nos acréscimos. Uma alteração banal? Nada! O garoto entrou, cruzou no capricho e Golas espalmou. Mas sem heroísmo desta vez, e sim generosidade tipicamente linense: bola na cabeça de Pratto e gol tricolor, para alívio da torcida e do argentino.

O duelo de volta com o Linense será às 16h de sábado, de novo no Morumbi. Antes de definir se irá às semifinais do Paulistão, o Tricolor ainda jogará na Argentina contra o Defensa y Justicia, na estreia na Copa Sul-Americana. O duelo será às 19h15 de quarta-feira.

FICHA TÉCNICA

LINENSE 0 X 2 SÃO PAULO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 2/4/2017
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis
Público/renda: 15.480 presentes / R$ 396.216,00
Cartões amarelos: Carleto, Diego Felipe (Linense); Buffarini
Cartão vermelho: Maycon, 34’/2ºT (Linense)
Gols: Diego Felipe (contra), 4’/2ºT (0-1); Pratto, 48’/2ºT (0-2)

LINENSE: Victor Golas, Bruno Moura, Rodrigo Lobão, Caíque e Carleto (Bruno Costa – 44’/2ºT); Pio, Maycon, Zé Antonio e Diego Felipe (Tatá – 40’/2ºT); Thiago Humberto (Thiago Santos – 20’/2ºT) e Gabrielzinho. Técnico: Márcio Fernandes.

SÃO PAULO: Renan Ribeiro, Buffarini (Araruna – 26’/2ºT), Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem (Shaylon – 47’/2ºT), Luiz Araújo (Thomaz – 20’/2ºT) e Lucas Pratto. Técnico: Rogério Ceni.

Terra

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

Flu vira sobre Sport e terá que secar Santos para confirmar vaga no G4

fluEstádio lotado contra um adversário que não fazia grande campanha como visitante no Campeonato Brasileiro. O cenário parecia perfeito para o Fluminense conseguir pela primeira vez a trinca na competição. E o Tricolor não decepcionou e virou sobre o Sport, venceu por 3 a 1, com gols de Marcos Júnior,  Richarlison e Gustavo Scarpa – Gum, contra, fez o de honra dos pernambucanos.

O resultado foi excelente para as pretensões do Fluminense em disputar a Libertadores em 2017. O Tricolor chegou aos 46 pontos e assume provisoriamente a 4ª colocação do Brasileiro. Isso porque o Santos recebe o Atlético-PR, às 16h, na Vila Belmiro. Somente uma derrota alvinegra mantém o Flu no G4 – um empate já devolve a 5ª posição.

O Fluminense volta a campo nesta quarta-feira, quando medirá forças com o próprio Santos, na Vila Belmiro. O Sport permanece em 13º com 33 pontos e segue embolado na briga contra o rebaixamento. Os pernambucanos encaram, agora, o São Paulo, na Ilha do Retiro, também na quarta-feira.

Sem centroavantes, único gol do primeiro tempo sai em gol contra

Marcos Júnior foi testado mais centralizado contra o Corinthians e ganhou vaga no ataque. Mantido contra o Sport, não teve bom desempenho no primeiro tempo e perdeu uma grande oportunidade após passe de Wellington Silva. Os pernambucanos adotaram a mesma tática e o veloz Rogério atuou como um falso 9, se revezando com Diego Souza. Melhor em campo, o Rubro-negro só abriu o placar devido a um gol contra.

Levir muda esquema do Flu no intervalo: sai volante, entra atacante

Após ser derrotado no primeiro tempo, o técnico Levir Culpi mudou o esquema tático do Flu. Abandonou o tradicional 4-4-2 para ousar no 4-3-3, com Richarlison na vaga do volante Douglas. A alteração fez bem ao time, que passou a dominar o jogo e chegou à virada com Marcos Júnior e Richarlison. Após a virada, o treinador repôs o meio de campo ao sacar o próprio Marcos Júnior para a entrada de Marquinho, com maior poder de marcação.

Torcida do Flu pede Magno Alves, mas Levir coloca Richarlison. E ele fez o gol da vitória

Durante a derrota parcial no primeiro tempo, a torcida do Fluminense não mostrou muita paciência e pediu a entrada de Magno Alves. O técnico Levir Culpi mandou um atacante para o campo, mas não o que os tricolores pediram. Richarlison foi o escolhido e precisou de poucos minutos para fazer o gol da vitória da equipe. O Magnata só entrou aos 43min do segundo tempo.

Flu reencontra “motivado” Diego Souza, xingado por tricolores no estádio

Jogador de personalidade forte, Diego Souza mostrou empolgação ao reencontrar o Fluminense, time que defendeu no início do ano. O jogador tem grande identificação com o Sport e deixou claro isso na partida, fazendo com que os tricolores em Edson Passos o xingassem insistentemente. O camisa 87, porém, sumiu no segundo tempo e não conseguiu ajudar a equipe na virada do Flu.

FLUMINENSE 3 X 1 SPORT

Data e hora: 01/10/2016, sábado, às 11h (horário de Brasília)
Local: Estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (SP).
Cartões amarelo: Rodney Wallace, Durval e Paulo Roberto (SPO)  Cícero (FLU)
Gols: Gum, contra, aos 10min do primeiro tempo; Marcos Júnior, aos 9min, e Richarlison, aos 21min, e Gustavo Scarpa, aos 41min do segundo tempo;

Fluminense
Julio César, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Douglas (Richarlison), Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington (Magno Alves) e Marcos Júnior (Marquinho)
Técnico: Levir Culpi

Sport
Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Rodney Wallace; Rithely, Paulo Roberto (Neto Moura), Diego Souza, Gabriel Xavier (Vinícius Araújo) e Everton Felipe (Lenis); Rogério
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Botafogo-PB empata com o Fortaleza e garante vaga nas quartas de final da Série C

Isis Vilarim/Portal Correio
Isis Vilarim/Portal Correio

Numa missão não muito complicada, o Botafogo-PB carimbou sua classificação para as quartas de final da Série C do Campeonato Brasileiro, na noite deste domingo (18). O alvinegro empatou em 0 a 0 com o Fortaleza, no Estádio Almeidão, em João Pessoa. No mata-mata, o Belo vai encarar o Boa Esporte.

No primeiro tempo, o Belo manteve maior posse de bola, mas foram do Fortaleza as chances mais efetivas de gol. A equipe paraibana parecia sem definição de jogadas e cometia muitos erros. A primeira oportunidade clara de abrir o placar do time da casa só surgiu aos 34 minutos, em bomba rasteira lançada de fora da área por Raphael Luz.

O Botafogo-PB tentou botar pressão nos últimos minutos, mas o ímpeto acabou fazendo Jefferson Recife e Marcelo Xavier levarem cartão amarelo após faltas em Pio e Leandro Lima.

No segundo tempo, o Belo voltou mais cansado, com ritmo de jogo inferior ao da primeira etapa. A situação fez o Fortaleza crescer e dominar a posse de bola. Apesar disso, os paraibanos tiveram boa chance aos 19 minutos, em jogada de Marcinho, mas esbarrou em boa defesa do Fortaleza. Aos 32 e aos 36, mais oportunidades perdidas, com Marcinho e Warley.

O gol não saiu, mas a classificação do Botafogo-PB já era praticamente certa depois do bom desempenho na primeira fase. O time terminou em terceiro lugar no Grupo A, com 28 pontos.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Olimpíadas: Nadadores brasileiros garantem vaga na etapa final dos 100m peito

felipeOs nadadores brasileiros Felipe França e João Gomes Júnior garantiram hoje (6) a posição 6 e 7, respectivamente, na final de 100m peito, prevista para ser disputada amanhã à noite. É a primeira vez que o Brasil tem dois representantes na final olímpica da prova, que será disputada por oito atletas.

Felipe França e João Gomes Júnior foram os dois nadadores brasileiros mais bem posicionados no ranking mundial da última temporada de competições do esporte, na terceira e quinta colocações.

As informações são da Agência Brasil.

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Vereadora de Bananeiras desiste de disputar vaga na Câmara

alineA vereadora Aline das Neves, filha da ex-vereadora Mercês de Vila Maia, usou a tribuna da Câmara nesta terça-feira (02) para anunciar sua desistência da disputa para as próximas eleições municipais.

Aline justificou a difícil tarefa de unir a vida pública com a vida profissional, já que exerce a função na área da saúde em outra cidade. “Infelizmente não está sendo possível conciliar minha vida profissional com o cargo de vereadora e se é para exercer um cargo e não poder se dedicar como deve ser feito, prefiro abrir mão da vida pública”, anunciou.

A vereadora revelou, ainda, que sua mãe também não voltará a disputar o cargo na cidade e, mesmo tendo sido da oposição durante seu mandato, estará com o prefeito Douglas Lucena nestas eleições. “Anuncio também que minha mãe não vai voltar a ser candidata e mesmo cumprindo meu mandato na oposição, nós estaremos ao lado do prefeito Douglas Lucena pelo que ele tem feito pelo Distrito de Vila Maia”, comunicou.

Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Campinense decide vaga contra o Globo-RN

barretaoCom a vantagem de jogar pelo empate, o Campinense entra em campo às 19h, no estádio Barretão, em Ceará-Mirim, para tentar avançar a terceira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, contra o Globo-RN.

No jogo de ida, no domingo passado, no Amigão, Raposa sofreu, mas venceu de virada por 2 a 1, nos acréscimos, gol de Danilo, que pode, hoje, ser utilizado no meio campo.

Até uma derrota pode colocar o rubro-negro na fase seguinte, desde que faça 2 gols.

O árbitro da partida será o pernambucano Gilberto Castro Júnior (Aspirante Fifa). Ele terá os auxílios de Ricardo Bezerra Chianca e Fabrício Leite Sales, ambos também de Pernambuco.

Prováveis escalações

Globo-RN: Rafael, Ângelo, Negreti, Jamerson e Renatinho Carioca; Leomir, Niander, Pablo Oliveira e Renatinho Potiguar; Vavá e Gláucio. Técnico: Luizinho Lopes.

Campinense: Glédson, Everaldo, Joécio, Rafael Jensen e Danilo; Negreti, Magno, Filipe Ramon (Téssio) e Jussimar; Vanger (Reginaldo Júnior) e Júnior Chicão. Técnico: Paulo Moroni.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br