Arquivo da tag: universitária

Chapa “Inovação com Inclusão” realiza live para debater governança, transparência e democracia universitária

A Chapa “Inovação com Inclusão” que tem como candidatas as professoras Terezinha Domiciano e Mônica Nóbrega estarão, na noite desta sexta-feira (14), realizando um live para debater sobre governança, transparência e democracia universitária. A conversa será na plataforma YouTube, a partir das 21h e terá como mediadora a professora Angeluce Soares.

“Este será um momento para conversarmos sobre o assunto e apresentarmos a toda sociedade acadêmica, mas também a sociedade em geral as nossas propostas, os nossos planos para fazer uma UFPB cada melhor e maior em qualidade de ensino, pesquisa e extensão. Sem deixar de olhar para o que é essencial, que é a capacidade de atuar com transparência fazendo sempre valer a democracia”, compartilhou Terezinha Domiciano, candidata à reitora da UFPB.

Esta será a segunda live realizada pelas candidatas. A primeira colocou em pauta a Proposta para assistência estudantil, inclusão e acessibilidade.

Quem pode votar – As eleições para reitoria da UFPB serão realizadas no dia 26 de agosto deste ano, será totalmente online e ocorrerá em turno único. Tem direito a voto professores e técnico-administrativos do quadro permanente da UFPB e em efetivo exercício, alunos da instituição formalmente matriculados nos cursos de médio e profissionalizante, graduação e tecnológicom pós-graduação, mestrados (acadêmicos e profissionalizantes), doutorados e pós-graduação (lato sensu), nas modalidades de especialização, residência médica, residência multiprofissional e residência em área profissional da saúde. Porém, para poder votar é necessário estar com cadastro atualizado.

Assessoria 

 

 

Emoção: universitária Maria Helena é sepultada na tarde deste domingo em Serra Branca-PB

universitariaFoi enterrada na tarde deste domingo (09) a estudante do curso de Odontologia, Maria Helena Antonino Almeida, de 18 anos. Ela estava internada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa após ser atropelada por motociclista na PB-111 em Araruna, Curimataú da Paraíba, na última quinta-feira (6).

Maria Helena, ficou gravemente ferida, após um acidente na PB-111, na quinta-feira (6), em Araruna, quando um motociclista teria perdido o controle do veículo ao ser atingido por um carro e bateu contra a estudante, que caminhava na margem da rodovia. Uma professora do curso de odontologia realizou os primeiros socorros, depois a vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), e encaminhada para o hospital, na capital do estado.

Alunos e professores do Campus VIII participaram do sepultamento da estudante.

midiapb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Polícia Militar apreende adolescente suspeito de assassinar estudante universitária em João Pessoa

jovemA Polícia Militar apreendeu, na tarde desta sexta-feira (17), um adolescente suspeito de matar a estudante universitária Meirylane Thaís, no bairro de Tambiá, na noite de quarta-feira (15), em João Pessoa.

Em contato com o Portal MaisPB, o coronel Lívio Delgado informou que a apreensão aconteceu no Porto do Capim.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social,  Cláudio Lima, acompanha o caso e aguarda a apresentação do menor.

A estudante universitária Meirylane Thaís foi assassinado com um tiro na cabeça após supostamente reagir a uma tentativa de assalto. O crime aconteceu quando a vítima caminhava para uma universidade particular, onde cursava Biomedicina.

De acordo com a polícia, a universitária estava acompanhada por uma amiga quando foi abordada por dois homens em uma moto.

Um dos bandidos sacou a arma e ordenou que a vítima entregasse sua bolsa e relógio. Logo em seguida, o suspeito efetuou um disparo que atingiu a cabeça da vítima.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Universitária reage a assalto e é morta perto de faculdade em João Pessoa

(Foto: Phillipe Xavier/Jornal da Paraíba)
(Foto: Phillipe Xavier/Jornal da Paraíba)

Uma universitária de 19 anos foi morta após reagir à abordagem de um assaltante, na noite desta quarta-feira (15), no bairro de Tambiá, em João Pessoa. De acordo com o tenente Ítalo Santana, da Polícia Militar, a jovem estava perto da faculdade particular onde estuda quando foi rendida por dois homens em uma moto. Nervosa, ela resistiu a entregar a bolsa, e um dos assaltantes atirou. O disparo atingiu o ouvido da jovem e ela morreu no local.

O crime aconteceu na esquina da Rua Deputado Barreto Sobrinho com a Avelino Cunha. De acordo com o tenente Santana, ela chegou de Itabaiana, onde mora, e estava indo lanchar com uma amiga antes de assistir à aula. A amiga, no entanto, percebeu a movimentação e conseguiu correr.

A dupla conseguiu levar a bolsa e o celular da universitária. A polícia verificou sinais de que os criminosos também tentaram levar o relógio dela, mas não conseguiram. A universitária cursava o segundo período de biomedicina na faculdade.

Os policiais continuam no local do crime, buscam câmeras que possam ter registrado o crime na região e fazem busca na região para tentar prender o criminoso. Até as 19h30, nenhum suspeito foi encontrado.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Alunos invadem reitoria da UFPB em protesto contra atraso no auxílio de residência universitária

UFPBPouco mais de 100 estudantes invadiram o prédio da reitoria da UFPB em João Pessoa. Eles moram na residência universitária e fazem um protesto, na manhã desta sexta-feira (20), contra o atraso no pagamento de um auxílio-moradia de R$ 220. Segundo alguns dos manifestantes, os atrasos vem ocorrendo desde dezembro de 2014. Ao todo, são 360 alunos beneficiados com essas bolsas.

Os estudantes interditaram os acessos dos funcionários que trabalham na reitoria. Usaram para o bloqueio móveis encontrados nos corredores, como armários de metal. Eles exigem uma reunião com a reitora Margareth Diniz e dizem que havia uma promessa das pro-reitorias de que essa situação seria resolvida no início do ano.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com as informações dos universitários, os repasses dessa bolsa também não foram efetuados em janeiro e os referentes ao mês de fevereiro ainda não aconteceu.

Há casos de atrasos nos repasses de verbas para instituições federais não apenas em restaurantes e casas de estudantes. Pesquisadores e estudantes estão com bolsas atrasadas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão federal ligado ao Ministério da Educação (MEC). Os atrasos ocorrem em diferentes modalidades de bolsas – de iniciação à docência a programas de pós-doutorado – e em vários locais do país.

Também há registros de atrasos no pagamento a bolsistas em Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Piauí, Sergipe, São Paulo, Pernambuco, entre outros estados. O MEC sustenta que a situação está resolvida.

Na Paraíba, a invasão da reitoria ocorre um dia depois dos protestos na UFPB no restaurante universiário. Os funcionários terceirizados paralisaram suas atividades por algumas horas para reclamar de falta de pagamento em seus salários pela empresa que presta serviços à Universidade Federal da Paraíba.

Em contato com o Portal Correio, a assessoria de comunicação da UFPB reconheceu que houve um atraso no pagamento das bolsas dos estudantes, mas garantiu que os valores serão liberados ainda nesta sexta-feira. “Houve um problema com a relação dos estudantes beneficiados, o que impossibilitou o pagamento das bolsas, mas isso já está sendo resolvido e os estudantes receberão o dinheiro ainda hoje”.

 

 

Portal Correio

Polícia investiga filmagem porno em biblioteca universitária

videoKendra Sunderland gravou o vídeo de 17 minutos a tirar a roupa e a estimular-se e colocou-o no site Pornhub. Em poucos dias e até ser retirado, o vídeo atingiu as 260 mil visualizações.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A jovem, que segundo os dados colocados no Facebook, vive em Salem, no Estado do Oregon, e que não se matriculou no semestre em curso, foi intimidada para responder por atentado ao pudor e, apesar de não ter sido detida, será levada a tribunal e incorre numa multa que pode atingir 6250 dólares (5500 eruros) e um ano de prisão.

Polícia investiga filmagem porno em biblioteca universitária
FOTO DR

Em várias reportagens feitas na Universidade após a divulgação do caso, os estudantes dizem-se espantados quanto à forma como Kendra conseguiu gravar-se a si própria durante tanto tempo num sítio tão movimentado e que a universidade diz ser usado por 30 mil pessoas por semana.

 

JN

Universitária é vítima de sequestro-relâmpago dentro da UFCG

reporterUma universitária foi vítima de sequestro-relâmpago na tarde desta segunda-feira (24), dentro do campus de Bodocongó da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). A estudante, que cursa Engenharia Agrícola, estacionava o carro nas proximidades do bloco CZ, quando foi rendida por dois homens.

G1 entrou em contato com o chefe de segurança da UFCG, Lourival Silva, que informou desconhecer o ocorrido. Ele ainda explicou que o interior do campus não tem câmeras de segurança para auxiliar na investigação, mas preferiu não comentar sobre o caso.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Segundo a vítima relatou à Polícia Civil, os assaltantes levaram apenas seu carro, um Hyundai HB-20. Ela foi libertada pouco depois, na zona rural de Campina Grande, no sítio Félix Amaro.

saiba mais

  • Grupo é detido com colete do exército, arma e munição na Paraíba
  • MST ocupa fazenda no interior da Paraíba e duas pessoas são baleadas

No momento em que foi abordada, dois homens desceram de um Fiat Siena que também estava no estacionamento da UFCG. Um deles estava armado e rendeu a jovem. A estudante foi colocada no banco de trás do seu próprio veículo, enquanto a dupla levava o carro para a zona rural do município. Ainda de acordo com o depoimento da jovem à polícia, durante o trajeto um dos criminosos falava ao celular que “tinha dado certo pegar o carro”.

O 2º Batalhão da Polícia Militar realizou buscas na zona rural de Campina Grande, mas nenhum suspeito foi preso e o carro roubado não foi localizado. O crime será investigado pelo delegado de roubos e furtos, Henry Fábio.

g1

Programa de apoio à extensão universitária lança edital com aumento dos recursos

concursoProgramas e projetos de extensão universitária, propostos por universidades públicas, institutos federais de ciência e tecnologia, centros federais de educação tecnológica e instituições comunitárias poderão receber recursos de até R$ 300 mil para o seu desenvolvimento. É o que determina o edital 2015 do Programa Nacional de Extensão Universitária (Proext), lançado nesta sexta-feira, 7, pela Secretaria de Educação Superior (Sesu), do Ministério da Educação.

O Proext é uma ação interministerial, coordenada pelo MEC e desenvolvida em parceria com as instituições públicas de educação superior por meio de programas e projetos de extensão universitária.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com o edital, podem participar do Proext as universidades públicas federais, estaduais e municipais, os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, os centros federais de educação tecnológica e as instituições comunitárias.

Para a edição 2015, o edital define um aumento do valor dos recursos, que podem ser destinados a programas, com dois anos de duração (até R$ 300 mil), e a projetos, com duração de um ano (RS 100 mil). O edital de 2014 limitava os valores do último a R$ 50 mil e do primeiro a R$ 150 mil. O novo edital também permite a participação das instituições comunitárias, que não participavam nas edições anteriores.

De acordo com o secretário de educação superior, Paulo Speller, o programa potencializa e amplia os patamares de qualidade da extensão universitária na formação dos alunos, associando a sua natureza pedagógica à missão das instituições de ensino superior públicas. “O Proext é um programa que consolida a identidade universitária por excelência: a realização concomitante e indissociável, pelas universidades, do ensino, da pesquisa e da extensão, conforme estabelece a Constituição brasileira”, disse o secretário.

O lançamento do Proext, em 2003, possibilitou grandes iniciativas no meio acadêmico nas mais diversas temáticas, com destaque para os projetos nas áreas de inclusão social, formação docente e educação de jovens e adultos. “É um importante caminho de aproximação da Universidade com a sociedade”, afirmou Speller. “Os seus projetos e programas, envolvendo inúmeras linhas temáticas e as prioridades de múltiplos parceiros, ampliam decisivamente a pertinência social das ações universitárias e a dimensão pública da educação superior brasileira.”

O programa conta atualmente com 18 parceiros institucionais, entre os quais os ministérios da Cultura, da Integração Nacional, da Justiça, da Pesca e Aquicultura, da Saúde, das Cidades, das Comunicações, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Desenvolvimento Agrário, do Trabalho e Emprego, do Esporte, do Meio Ambiente, da Ciência, Tecnologia e Inovação, além do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, secretarias de Direitos Humanos, de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, de Políticas para as Mulheres e a Secretaria-Geral da Presidência da República.

As instituições têm prazo até o dia 28 de março de 2014 para encaminhar as propostas. As inscrições podem ser feitas na página do programa na internet.

Assessoria de Comunicação Social

Acesse o edital do Proext

Estudante universitária morre durante culto em igreja em João Pessoa

Portal Midia.net
Portal Midia.net

A estudante de Direito Rafaela Viana, 21 anos, morreu na noite deste domingo (21) quando participava de um culto evangélico em João Pessoa. Segundo informações médicas, a vítima teve um ataque cardíaco.

De acordo com a família, a jovem – que era natural da cidade de Guarabira – estava no culto no bairro de Água Fria na companhia de amigos e parentes quando começou a passar mal, por volta das 20h.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Rafaela Viana ainda chegou a ser socorrida para o Hospital Municipal do bairro de Valentina Figueiredo, mas morreu minutos depois de receber atendimento médico.

O corpo foi encaminhado para o Hospital Universitário da Capital para ser necropsiado. O corpo de Rafaela Viana será velado e sepultado na cidade de Guarabira.

 

por Hyldo Pereira

500 estudantes são esperados no II Encontro Latino-americano de Pastoral Universitária

conviteO Setor Universidades, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), se prepara para o II Encontro Latino-americano de Pastoral Universitária. O evento será na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC MINAS), de 18 e 21 de julho, durante a Semana Missionária, dentro Congresso Mundial de Universidades Católicas (CMUC).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O I Encontro Latino-americano de Pastoral Universitária aconteceu em Granada, na Espanha, durante a Pré Jornada Mundial da Juventude de 2011. O primeiro encontro reuniu 430 estudantes. Desse total, 150 representavam o Setor Universidades. Segundo a Assessora Nacional do Setor Universidades, Irmã Maria Eugênia Lloris, o encontro representou um marco para a unidade pastoral, que caminha da utopia a uma realidade cada dia mais presente nas Instituições de Ensino Superior. “Com o evento em Granada produzimos uma carta a todos os Bispos da América Latina”, conta a assessora. Para a II Encontro Latino-americano de Pastoral Universitária são esperados 500 estudantes, com presença já confirmada das pastorais de Argentina, Chile, Colômbia e Venezuela. “Nesse encontro nós queremos materializar um projeto comum, criar unidade entre as pastorais. Descobrir no novo rosto da América Latina, qual o rosto das novas pastorais e, onde queremos chegar?” questiona Maria Eugênia.

O evento será dia 18 de julho com programação especial das 8 às 17 horas. Além dos universitários, o Setor Universidades da CNBB também espera contar com a participação diversos bispos do Brasil e da América Latina, responsáveis por acompanhar e promover atividades relacionadas a evangelização no meio universitário. Entre os religiosos está o cardeal Andrés Rodríguez Maradiaga, de Tegucigalpa, em Honduras.

Inscrições gratuitas

As inscrições para o II Encontro Latino-americano de Pastoral Universitária são gratuitas e podem ser realizadas até dia 30 deste mês no blog do evento ou pela site:  www.universitarioscristaos.com.br. Para participar do CMUC os interessados devem acessar o site www.cmuc.pucminas.br

 

 

CNBB com Setor Universidades