Arquivo da tag: uma

Facebook sai do ar por uma hora, nega ataque hacker e culpa ‘configuração’

facebookO Facebook e o Instagram ficaram fora do ar ou instáveis para usuários de várias partes do mundo por cerca de uma hora, na madrugada desta terça-feira (27). O incidente só foi normalizado, segundo o a página de status da rede social, por volta de 5h30. Em nota oficial, um porta-voz negou um ataque hacker e culpou uma mudança de configuração, que foi revertida rapidamente. O WhatsApp, outro popular serviço da rede social, não sofreu qualquer interrupção na rede de troca de mensagens.

Um porta-voz disse que “No início desta noite (horário americano), muitas pessoas tiveram problemas para acessar o Facebook e o Instagram. Isso não foi resultado de ataque de terceiros, isso ocorreu depois que introduzimos uma mudança que afetou nossos sistemas de configuração. Nós fizemos rapidamente a correção do problema e ambos os serviços estão de volta a 100% para todos”, explicou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dashboard de status do Facebook consta com incidente offline (Foto: Reprodução/Facebook)Dashboard de status do Facebook consta com incidente offline (Foto: Reprodução/Facebook)

 

O histórico no dashboard de status para desenvolvedores do Facebook conta atualmente com um ponto vermelho (downtime, ou tempo fora do ar). O item “Facebook & Instagram API servers down”, iniciado por volta de 2h30, consta agora como resolvido. “Nossos engenheiros identificaram a causa da queda e recuperaram o sistema rapidamente. Agora você deve ver a diminuição das taxas de erro, enquanto os nossos sistemas se estabilizam. Nós não esperamos qualquer outra interrupção no serviço novamente”, explicou Andrew Pope, um dos gerentes de engenharia da rede social em post técnico e breve.

Andrew Pope, gerente de engenharia do Facebook, explica sobre causa da queda (Foto: Reprodução/Facebook)Andrew Pope, gerente de engenharia do Facebook, explica sobre causa da queda (Foto: Reprodução/Facebook)

 

Ao tentar acessar o Facebook e o Instagram, via navegador ou mesmo em aplicativos oficiais, não era possível fazer login. Ainda segundo relatos, o Tinder também apresentou instabilidade no período. Mais cedo, grupos de hackers reivindicaram a responsabilidade pela falha, sugerindo um ataque DDoS.

Tech Tudo

Homem choca o mundo após matar, esquartejar e comer uma mulher

barbaridadeUm homem de 37 anos foi preso no Tennessee (sul) depois de ter matado uma mulher de 36 anos, decapitado, cortados suas mãos e pés para depois comer partes do corpo, informou a imprensa local.

Gregory Scott Hale foi detido na segunda-feira (9) depois de confessar o assassinato de Lisa Mary Hyder em sua casa em Summitville, indicou a polícia do condado de Coffee. O homem esquartejou sua vítima e escondeu os pedaços em um recipiente cheio de cinzas.

Ele admitiu que comeu alguns pedaços de sua vítima.O assassinato foi descoberto quando o canibal pediu ajuda a um vizinho para esconder o corpo. Lisa Mary Hyder era divorciada e mãe de dois filhos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

CASOS SEMELHANTES:

Na Rússia, Um dos russos acusados de canibalismo em expedição de pesca na Sibéria foi liberado por três anos após confessar ao júri, nesta sexta-feira (6) que realmente comeu o amigo, Andrei Kurochkin, 44 anos, apesar de não estar com fome.

A mulher de Kurochkin, Olga Kurochkin, falou, em depoimento, sobre seu horror diante da brutalidade do assassinato. Os acusados deixaram os pés e a parte traseira do crânio com um pouco de cabelo da vítima.

Segundo o tabloide britânico Daily Mail, Alexei Gorulenko e Alexander Abdullaev eram pescadores e se perderam durante meses em uma expedição na Sibéria. Com a fome, decidiram comer o amigo Kurochkin.

Olga afirmou que pensar sobre a situação está fazendo muito mal a ela.

180 graus

De uma canetada só: Prefeito Luciano Cartaxo demite três auxiliares das áreas de Esporte e Saúde

O prefeito Luciano cartaxo demitiu  de uma só vez três auxiliares na noite desta quinta-feira. Foram demitidos  a  secretaria adjunta da saúde, a Diretora do Trauminha  e o secretário de Esportes.

No caso do secretário de Esportes, a demissão foi devido  ao mais  vexatório espetáculo no futebol paraibano com o cancelamento do jogo entre Treze e Santa Cruz, válido pelo Campeonato Paraibano de Futebol, por falta de delimitações precisas no gramado. Depois de esperar por mais de 1 hora, o juiz da partida cancelou o jogo, já que o gramado lembrava um campo de golf, sem marcação alguma.

O arbitro João Bosco Sátiro ainda deu um prazo de 30 minutos para que as linhas fossem pintadas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Padrão Fifa

Cartaxo demitiu Secretário de Esporte, leia nota;

Em face do lamentável episódio ocorrido na noite desta quinta-feira (5) no estádio da Graça, provocando o cancelamento da partida entre Santa Cruz x Treze pelo Campeonato Paraibano, o prefeito Luciano Cartaxo decidiu que estão exonerados dos seus cargos o titular da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), Sérgio de Morais Meira, como também o diretor do estádio Leonardo Vinagre da Silveira.

Em face das demissões na área de saúde, os motivos ainda não foram divulgados.

Paraiba.com com ClickPB

Vereador de Cacimba de Dentro, Neto do (PSD), condenado, pela Justiça a cumprir uma pena de 3 meses de detenção

vereadoEm sentença lavrada pelo respeitado Juiz Rúsio Lima de Melo,
o Sr Antonio Francisco da Silva Neto foi condenado, com base no
que define o artigo 129 do Código Penal Brasileiro, a cumprir uma
pena de 3 meses de detenção, em regime aberto, nos termos do
artigo 33 do citado diploma legal, na cadeia Pública de Araruna, sob
a acusação de ter cometido o crime de lesão corporal leve.
Numa das partes da respeitada sentença, fica decidido que a
mesma não terá substituição da pena por medida alternativa e,
também, sem suspensão da punição, pelo fato de se tratar,
conforme entendimento do julgador, de crime cometido com
violência à pessoa.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Na mesma decisão, determina o Juiz que cópia do termo seja
remetido à autoridade policial, para abertura de TCO, contra as três
testemunhas arroladas pelo acusado, por falso testemunho, o que,
em resumo, configura crime contra o correto andamento da justiça.
Já na parte final, a citada decisão mostra que “Aguarde-se o prazo
recursal” e, que após o trânsito em julgado , arquivem-se os autos,
com a baixa na distribuição, como geralmente ocorre, em casos
semelhantes.

Publicado no domingo,1 de junho de 2014
Da redação
diariodobrejo.com

MÍDIA PARAÍBA

Mais uma paciente denuncia médico cubano por abuso sexual

Ministério da Saúde diz estar averiguando o caso do médico cubano que teria abusado sexualmente de grávidas no Entorno do DF Reprodução/Google Street View
Ministério da Saúde diz estar averiguando o caso do médico cubano que teria abusado sexualmente de grávidas no Entorno do DF Reprodução/Google Street View

Mais uma mulher procurou a Polícia Civil de Luziânia, no entorno do Distrito Federal, para denunciar abusos que teriam sido cometidos por um médico cubano de 45 anos, que trabalha em um posto de saúde da cidade. O profissional já era investigado após denúncias de três pacientes grávidas que desconfiaram da conduta dele em consultas.

O médico prestou depoimento à polícia na quarta-feira (21). Segundo a delegada Dilamar de Castro, o profissional negou as acusações e disse que realizou “procedimentos normais”. “O fato de surgir uma nova mulher trazendo mais informações reforça uma tese. Mas ainda não podemos ser prematuros, pois ainda existe muito a investigar”, afirmou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O médico é um dos 18 estrangeiros que atuam em Luziânia por meio do programa federal Mais Médicos. Ele compareceu ao interrogatório, que durou 3h30, acompanhado de uma advogada e do secretário de Saúde de Luziânia, Watherson Roriz de Oliveira. Segundo a polícia, Oliveira deve ser ouvido na próxima segunda-feira (26) sobre o caso.

Apesar da negativa do clínico geral, a delegada disse que existe muita discrepância entre o que ele e as vítimas disseram. “A forma que ele narra como conduziu o procedimento e a consulta dá para suspeitarmos que houve algo errado, algo fora dos padrões. Há algumas incongruências no depoimento”, revelou. A delegada disse que tem mais de uma linha de investigação sobre o fato, mas não quis revelar quais são elas.

Na terça-feira (21), representantes do Ministério da Saúde, responsável pela seleção dos profissionais do Mais Médicos, se reuniram a portas fechadas com o secretário de Saúde da cidade para discutir o caso. Segundo a assessoria de imprensa do ministério informou ao G1, o encontro faz parte do trabalho de acompanhamento da situação.

O Ministério da Saúde instaurou um processo disciplinar para apurar a conduta do profissional. Ele está afastado e deve permanecer assim até o fim das investigações, segundo a Secretaria de Saúde.

Médico cubano depõe e nega que abusou de pacientes grávidas em Luziânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Médico prestou depoimento à polícia e negou
acusações (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Denúncias
Três grávidas procuraram a Polícia Civil para denunciar o médico, que trabalha na cidade desde o início deste ano. As pacientes afirmaram que ele cometeu atos libidinosos contra elas durante as consultas.Todas foram submetidas ao exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). A quarta vítima ainda passará por exames.

Segundo uma das gestantes, que está de 7 meses, o abuso aconteceu durante um exame pré-natal. “Fui para uma consulta de rotina, meu quadro é de infecção urinária. Ele pediu para que eu deitasse em uma maca não convencional, não usada para aquilo, e tocou nas minhas partes íntimas por um período maior que o normal de um toque. Ele teve a intenção de um ato libidinoso”, relatou a paciente.

As vítimas já haviam reclamado da situação para uma enfermeira antes de procurar a polícia, em Luziânia, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal. A profissional, que trabalhou com o clínico geral no posto de saúde onde teriam ocorrido os crimes, prestou depoimento na terça-feira.

“Antes de chegar à delegacia, as vítimas informaram que procuraram uma enfermeira do posto de saúde e comunicaram o que tinha acontecido. Ela informou que aquele procedimento não estava correto e que o médico tinha agido de maneira errada. Com base nessa informação, elas vieram a delegacia e nós fizemos o registro da ocorrência para investigar a situação”, afirma a delegada Dilamar de Castro.

G1

 

Messi manda recado ao Barça: ‘Se não me quiser, buscarei uma solução’

messiselecaoefePela primeira vez, Lionel Messi admitiu uma possibilidade de deixar o Barcelona. Em sua conta na rede social chinesa “Weboo”, o craque argentino mandou um recado à diretoria do clube antes de ir à Argentina para dias de descanso e, posteriormente, preparação para a Copa do Mundo no Brasil. O curioso é que, segundo a própria imprensa espanhola, Messi assinou o “maior contrato do mundo do futebol” nesta segunda-feira. Ele passará a receber € 20 milhões (R$ 60,5 milhões) líquidos por ano, enquanto o luso Cristiano Ronaldo ganha € 17 milhões (R$ 51,5 milhões) do Real Madrid.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

– Com respeito a mim, estou muito feliz de seguir em minha casa como sempre disse. Esse ano não foi como esperava nem foi dos meus melhores, mas estou convencido de que, assim como com o grupo, o ano que vem será diferente. São as pessoas do Barcelona que decidem o que fazer com o meu futuro, mas minha intenção é continuar já que sigo sentindo o mesmo carinho da parte deles, mas se assim não for buscarei uma solução – disse.

Sobre os fracassos do Barça na temporada, Messi pediu desculpas à torcida. O time teve a oportunidade de salvar o ano com o título do Campeonato Espanhol, mas apenas empatou no Camp Nou com o Atlético de Madrid, que se sagrou campeão. Com direito a uma atuação abaixo da média do camisa 10, que rendeu críticas e 37% dos votos da torcida em enquete no jornal “Sport” pedindo por sua saída.

– A verdade é que as coisas não aconteceram como esperávamos, foi um ano duro individual e coletivamente. Ainda assim, tivemos a oportunidade de cumprir uma meta no último jogo e não soubemos aproveitá-la. Só posso pedir perdão a todo o barcelonismo e prometer que no ano que vem voltaremos a estar à altura deste clube.

Messi barcelona treino (Foto: REUTERS)Lionel Messi deixou no ar a possibilidade de sair do Barcelona pela primeira vez (Foto: REUTERS)

 

globoesporte

Apenas uma em cada cinco cidades do País tem local preparado para receber menor infrator

presidioApenas um em cada cinco municípios brasileiros tem unidades de atendimento a adolescente em conflito com a lei, ou seja, os menores infratores, de acordo com a pesquisa Munic (Perfil dos Municípios Brasileiros) – Assistência Social 2013, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira (14).

No ano passado, havia, no País, 1.918 unidades para cuidar de adolescentes infratores em liberdade assistida e prestação de serviços à comunidade. Esses centros estavam em 1.240 cidades brasileiras, ou seja, 22,3% dos municípios do País contavam com essas unidades.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Feita no ano passado, a Munic está em sua 11ª edição e se concentra, pela terceira vez, na questão da assistência social no âmbito municipal, investigando todos os 5.570 municípios do País.

A maior parte das casas para tratamento de menores infratores está concentrada na região Sudeste, onde 35,4% dos municípios têm ao menos uma unidade. A região Sul tem 27,9% das cidades com algum centro deste tipo. As regiões Centro-Oeste e Norte apresentaram, respectivamente, coberturas de 19,9% e 15,8% de centros de apoio aos menores.

Por fim, a Região Nordeste apresentou o menor percentual, com apenas 8,6% dos seus municípios contando com esse tipo de unidade.

Outro recorte interessante sobre as unidades de ressocialização de adolescentes infratores é que, das 1.240 cidades que têm o serviço, 308 têm de 20.001 a 50 mil habitantes. Outras 224 cidades com centros para menores infratores têm de 10.001 a 20 mil pessoas. As maiores cidades, com mais de 500 mil pessoas, possuem apenas 33 unidades de ressocialização.

População de rua

Quando se tratam de abrigos para a população de rua, apenas 5,4% dos municípios têm um Abrigo Institucional ou Casa-Lar para essa população. Ao todo, são 482 unidades distribuídas por 300 cidades brasileiras.

A pesquisa do IBGE indica, porém, que os Estados do Amazonas, Roraima, Amapá e Maranhão não têm nenhum município com essas unidades para abrigar moradores de rua.

Por outro lado, a proporção é mais expressiva está no Sudeste, onde 10% das cidades possuem ao menos um local para receber moradores de rua — segundo o IBGE, é natural, já que a região tem municípios mais populosos.

Nas regiões Sul e Centro-Oeste, respectivamente, 6% e 6,2% dos municípios oferecem esses locais para esse público específico. Por fim, no Norte, apensa 1,8% das cidades oferecem o serviço, porcentual semelhante ao do Nordeste, com 1,3% das cidades com centros para receber moradores de rua.

R7

Dilma lança pacote de R$ 8 bi com uma licitação ‘por dia’ e prioriza a Paraíba

ROBERTO STUCKERT FILHO/PLANALTO
ROBERTO STUCKERT FILHO/PLANALTO

Na reta final de seu mandato, a presidente Dilma Rousseff lançará 400 licitações para tentar tirar do papel 100 obras em todas as regiões do País. O “plano de metas” do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) prevê investimento de R$ 8 bilhões em estradas, duplicações, contornos, anéis rodoviários, pontes, viadutos e travessias urbanas. Serão, ao todo, mais de 6,4 mil km de obras.

Boa parte dos projetos está localizada em cidades de regiões metropolitanas das capitais do Sul, Sudeste e do Nordeste, bastante populosas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O “mapa da mina” das obras, que movimentará empreiteiras, projetistas e consultorias, além de estimular empréstimos no mercado financeiro, está preservado do risco de paralisação no período eleitoral, a partir de julho. Como é dinheiro federal para obras públicas, sem a necessidade de assinatura de convênios com Estados e municípios, Dilma Rousseff poderá lançar os editais e as obras antes das eleições.

Licitações. Os novos projetos vão compor a robusta carteira do Dnit, hoje com R$ 10 bilhões de obras em andamento. Serão lançadas licitações para a obra, a supervisão do projeto e a gestão ambiental do conjunto. “Isso dá mais do que uma licitação por dia até o fim do ano”, diz o diretor-geral do Dnit, general Jorge Fraxe, ao Estado.

Parte dessas licitações será descentralizada às superintendências do Dnit nos Estados, o que pode reforçar a influência de políticos locais, muitos deles candidatos a deputado federal, senador ou governador. “Mas as obras complexas vão ficar aqui na sede”, rebate o general.

No orçamento do Dnit para 2014, cujo valor supera R$ 14 bilhões, também estão procedimentos de recuperação e manutenção de rodovias federais no valor de R$ 6 bilhões. “Estamos fazendo um revolução aqui no Dnit. Há pessoas insatisfeitas, erros se cometem, mas vamos acertando. O pior erro é a omissão”, diz Fraxe.

Obras. Entre as principais obras, estão os anéis viários do Recife e de Belo Horizonte, o Arco Sul da capital mineira, entre Betim e Nova Lima, e duplicações de rodovias em todas as regiões do País.

Na lista das prioridades, estão trechos da BR-101 na Paraíba, na área das divisas Bahia-Sergipe e Rio-São Paulo (Mangaratiba), além do interior do Paraná, entre Toledo e Marechal Cândido Rondon.

Também estão previstos editais para “melhorias” na região metropolitana de Porto Alegre, a construção de túnel na congestionada BR-101 no litoral de Santa Catarina, uma ampliação e implantação da via expressa de acesso a Florianópolis, a segunda ponte sobre o Rio Paraná, na fronteira Brasil-Paraguai, e as travessias urbanas de Santarém, Uberaba e Rondonópolis.

Na lista, figuram dezenas de pontes na rodovia Transamazônica, a ponte sobre Rio Araguaia, em Xambioá (TO), a duplicação e pavimentação da BR-163 (Cuiabá-Santarém).

Além disso, há licitações previstas para obras em áreas urbanas próximas a Fortaleza, Natal, Porto Velho, Vilhena, Altamira e Macapá, Ubatuba, Cachoeiro do Itapemirim, Juiz de Fora, Itaperuna, Ponta Grossa, Paranaguá, São Miguel do Oeste, Santa Maria, Santo Ângelo e Novo Hamburgo.

Minas. Nesta segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff anunciou a liberação de R$ 2,5 bilhões para a duplicação da BR-381, no trecho entre Governador Valadares e Belo Horizonte. Ao lado do provável candidato do PT ao governo de Minas e seu ex-ministro Fernando Pimentel, ela criticou o governo mineiro e disse que o Estado precisa ser cobrado pelos atrasos nas obras do anel rodoviário de Belo Horizonte.

A presidente rebateu críticas de adversários pelas várias promessas de que iniciaria a duplicação da BR-381. Ela justificou que o governo pensou em conceder a rodovia, mas o alto preço do pedágio tornou essa opção inviável. “Mudamos para obra pública e isso explica o ano de atraso”, disse Dilma.

Estadão

Aprenda 20 estratégias para superar uma traição e manter o relacionamento

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa

Ninguém está imune aos efeitos nocivos da traição. Mas nenhuma pessoa é obrigada a transformá-la em um trauma afetivo. Muitos casais conseguem, talvez não esquecê-la, mas superá-la e elevar o relacionamento a outro patamar, com maiores chances de felicidade.

Para que uma escapada não detone a sua vida amorosa, siga as dicas a seguir:

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

1. Não jogue a culpa no outro 2. Questione a responsabilidade
Perdoou a traição? Ótimo, agora siga em frente e, caso outros problemas surjam no relacionamento, evite misturar as estações e ficar jogando na cara do outro o que aconteceu em qualquer oportunidade. Punir verbalmente não faz o tempo voltar atrás nem exime a relação de sofrer um novo abalo -e não ajuda em nada. Há casos em que a responsabilidade pelo que aconteceu é do casal, que não percebia até então o quanto estava distante, embora somente um dos dois traia. Se esse for seu caso, faça uma avaliação sincera sobre a maneira como vinha agindo e procure melhorar nos pontos que julgar deficientes.
3. Descarte a amnésia 4. Não se vitimize
Para a psicóloga Maria Claudia Lordello, não há nada mais prejudicial ao futuro de um casal que decide continuar o relacionamento após a traição do que fazer de conta que nada aconteceu. “Um episódio de traição causa uma crise, que oferece a possibilidade de repensar os erros e conversar sobre questões mal resolvidas”, diz. Ignorar o fato transforma a infidelidade em um fantasma que pode ressurgir a qualquer momento. De acordo com a psicóloga Angélica Amigo, é comum perdoarmos uma traição, mas isso nem sempre significa que conseguiremos lidar com a frustração. “O rancor vira um processo de vitimização em que o papel de sofredor, incompreendido e infeliz se torna cômodo, impedindo qualquer um de seguir em frente”, explica. Para saber se você tem tendência a se vitimizar, faça o teste.
5. Filtre as opiniões dos amigos 6. Fuja do efeito chiclete 
Desabafar as dores faz bem, é claro. Porém, tudo aquilo que foi dito assim que a infidelidade foi descoberta pode ser usada contra você agora. Alguns amigos sentem as mágoas das pessoas queridas como se fossem delas. Para a psicóloga Eliete Matielo, diretora da agência de relacionamentos Eclipse Love, depois que o pior já passou e o relacionamento voltou a caminhar às mil maravilhas, é importante não dar ouvidos às opiniões negativas sobre o que houve. “Lembre-se de que os amigos, além de não terem uma visão isenta sobre o assunto, não sabem o que se passa entre o casal”. Na tentativa de prevenir um novo “acidente”, homens e mulheres passam a vigiar o outro com extrema desconfiança, tomando atitudes que vão desde xeretar redes sociais e emails até bisbilhotar pertences pessoais e seguir o parceiro. Nenhuma dessas medidas, porém, é capaz de impedir uma reincidência. “Quem quer trair arruma tempo, lugar, oportunidade”, diz a psicóloga Maria Claudia Lordello. Ela recomenda que o casal transforme qualquer indício de insegurança em algo positivo, procurando ideias para manter o relacionamento sempre empolgante.
7. Fuja de filmes românticos 8. Preserve-se
Para a psicóloga Eliete Matielo, buscar respostas na ficção para questões da própria vida não é uma boa ideia, principalmente porque algumas produções vendem uma visão totalmente equivocada e pouco prática do que é o amor. “Trata-se de uma fuga”, diz. Fuja de dramas e romances por um bom tempo. Vocês superaram a crise e agora estão vivendo um verdadeiro conto de fadas? Parabéns, mas não precisam compartilhar alegrias e intimidades com o mundo todo para que isso fique bem claro. Guardem as expectativas somente para vocês, isso irá evitar que os conhecidos façam comentários desnecessários.
9. Evite a paranoia 10. Não se baseie em experiências alheias
Segundo a psicóloga Angélica Amigo, o grande problema na vida de um casal não é o acontecimento de um episódio isolado de traição, mas a repetição constante de parceiros que agem assim. Ficar o tempo todo preocupado com uma provável nova pisada na bola só vai desviar a atenção das coisas boas do relacionamento.  Muita gente adora despejar suas frustrações em cima dos outros. Para o bem do seu romance, é bom não levar em consideração histórias alheias –principalmente as que envolvem puladas de cerca reincidentes. Tome decisões com base em seus sentimentos, e não na trajetória de terceiros.
11. Cuide da própria vida 12. Dê um troco light
Em vez de se preocupar em demarcar território a fim de impedir outra pulada de cerca –colocando foto ao lado do amor no perfil do Facebook, por exemplo–, os especialistas em comportamento recomendam investir no trabalho, nos estudos, no círculo de amigos, nos hobbies, na cultura. “Quem tem uma vida própria e cuida bem dela acaba se tornando mais interessante aos olhos do parceiro, pois traz novas experiências à relação”, diz a psicóloga Eliete Matilelo. Em “Avenida Brasil”, quando Noêmia (Camila Morgado) descobriu que seu marido Cadinho (Alexandre Borges) tinha uma amante, foi poderosa para a balada e dançou de forma insinuante para um garotão -e disse ainda que, a partir daí, se sentiria livre para extravasar seus desejos. “Querer se vingar não adianta. O que funciona é se reconhecer como objeto de desejo e fazer o outro perceber isso”, afirma a psicóloga Maria Claudia Lordello.
13. Aposte em mudanças 14. Transforme a novidade em “rotina”
Investir nas mudanças no período pós-traição é mais do que certeiro. Vale desde trocar os móveis de lugar na casa até renovar o visual e fazer uma viagem romântica para um destino paradisíaco. “Essas novidades permitem que o casal se redescubra”, diz a psicóloga Maria Claudia Lordello, mas ela alerta, “um passeio diferente não é capaz de operar milagres, são as atitudes que precisam mudar, senão fica difícil resgatar as coisas bacanas do início do relacionamento.” Para a psicóloga Maria Claudia Lordello, as mudanças de comportamento do casal não devem se restringir somente às tentativas de colocar a relação em ordem, mas devem se tornar constantes. É claro que nem todo mundo tem condições de bancar um jantar cinco estrelas por fim de semana e fazer viagens todo mês, mas é possível investir em gestos de carinho e pequenas surpresas, porém significativas.
15. Não use o sexo como arma 16. Tenha autenticidade
É importante não transformar a sexualidade em moeda de troca. É óbvio que uma traição envolve sexo, mas nem sempre esse é o motivo principal. Questões como falta de atenção e diálogo ou a rotina, por exemplo, levam homens e mulheres a tentar, equivocadamente, resolver os problemas nos braços de outras pessoas. Por isso, se um casal resolveu continuar mesmo depois da infidelidade, investir todas as fichas na cama –usando acessórios eróticos ou rompendo tabus, por exemplo– pode ser uma experiência frustrada se os problemas forem outros. A dica vale para os dois: quem traiu e quem foi traído. Na ânsia de fazer a relação dar certo, muitas pessoas mudam de comportamento de forma drástica a fim de mostrar que agora estão de fato comprometidas com o romance ou que a crise as transformou. Assim, quem é extrovertido se fecha, quem curte roupas sexy passa a se vestir de modo recatado, quem adora balada se tranca em casa. Tais atitudes não garantem a felicidade e ainda podem provocar o efeito contrário, causando insegurança e desconfiança.
17. Diga adeus ao excesso de fofura 18. Dispense os joguinhos
Adotar uma postura permissiva demais com medo de parecer castrador (no caso de quem foi traído) pode funcionar, mas por pouquíssimo tempo. Em vez de apostar na condescendência, mais vale conversar sobre o que querem e o que de fato esperam da relação. Insinuações, frases de duplo sentido, ironias, ciúmes… Uma relação, para dar certo, precisa ser sustentada por maturidade e confiança, e não por joguinhos inúteis que só geram mais dor e sofrimento. E ainda há o risco de virar um relacionamento do tipo ioiô.
19. Invista na autoestima 20. Acredite no amor
Para que a traição não destrua uma relação, é preciso que a pessoa que sofreu o golpe seja capaz de reestruturar sua autoconfiança, além de confiar em si mesma e em seus valores. “Sem conseguir gostar de si e se perdoar, será impossível viver um romance feliz”, diz a psicóloga Angélica Amigo.

 

 

por Davi Lambertine do Uol

Uma experiência ruim, ainda que superada, não deve servir de parâmetro para decisões. O sofrimento pode ser inevitável, mas não permanente. Quem mantém um relacionamento calcado em desconfiança, sem esperanças de que ele dê certo, só pode mesmo condená-lo ao fracasso.

 

 

 

 

Itália anuncia amistoso contra o Fluminense uma semana antes da Copa

flu-torcedorA seleção italiana anunciou hoje (09) que disputará um amistoso contra o Fluminense no dia 8 de junho, sete dias antes de estrear na Copa do Mundo. O jogo será no Estádio da Cidadania, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro.

Antes da partida no Brasil, a Azzurra enfrentará a Irlanda em Londres, no dia 29 de maio, e no dia 4 de junho enfrenta Luxemburgo, no estádio Renato Curi em Perugia, na Itália. A seleção italiana estreia no Mundial no dia 14 de junho contra a Inglaterra, na Arena da Amazônia, em Manaus.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

JB Online