Arquivo da tag: último

Flamengo busca empate no último minuto do clássico contra reservas do Fluminense

fla fluFluminense e Flamengo ficaram no empate por 1 a 1 neste domingo, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES), em um clássico que servia apenas para definir os confrontos das semifinais da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. As duas equipes, no entanto, entrarão nesta parte decisiva da competição sem muitas pretensões, pois já estão previamente classificados para as semifinais do Estadual.

Nos duelos da Taça Rio, no próximo final de semana, o Fluminense enfrentará o Botafogo e o Flamengo terá pela frente o Vasco. Mas o técnico Abel Braga se mostrou indiferente quanto ao adversário desta próxima fase e mandou a campo uma equipe repleta de reservas. Só o goleiro Diego Cavalieri e o lateral-esquerdo Léo da formação titular começaram o jogo.

As equipes fizeram uma partida bastante equilibrada, fraca tecnicamente. O Fluminense foi melhor no segundo tempo, especialmente quando ficou com um jogador a mais após a expulsão do lateral-direito Pará, do Flamengo. Abriu o placar com Wendel, mas levou o empate no último minuto com Willian Arão.

O Fluminense terá força máxima nesta quarta-feira, quando receberá o Liverpool, do Uruguai, no estádio do Maracanã, no Rio, na estreia pela Copa Sul-Americana. O Flamengo terá a semana livre para trabalhar antes do clássico contra o Vasco.

O JOGO – As primeiras chances da partida aconteceram graças a erros na saída de bola dos setores defensivos. O flamenguista Rafael Vaz foi quem primeiro vacilou. Lucas Fernandes avançou pela direita e cruzou na segunda trave para Henrique Dourado, mas o goleiro Alex Muralha saiu bem e fechou o ângulo. Depois foi a vez de Nogueira vacilar pelo Fluminense. Berrío cruzou rasteiro da direita e Diego caiu na área após chegada de Marquinho. O árbitro mandou o jogo seguir.

A sequência de erros não parou por aí. Márcio Araújo recebeu livre no meio de campo, levantou a cabeça e errou um passe de três metros. Henrique Dourado aproveitou o vacilo, avançou e bateu da entrada da área para boa defesa de Alex Muralha. Na sobra, Wendel arriscou, mas o goleiro salvou de novo.

O Flamengo respondeu com dois chutes de Diego. Na primeira tentativa, em cobrança de falta, a bola bateu na barreira. Na outra, o meia bateu cruzado e Diego Cavalieri mandou para escanteio. No último minuto, o time tricolor quase abriu o placar após cobrança de escanteio. Alex Muralha saiu mal do gol, Léo tocou de cabeça, mas o peruano Trauco salvou na linha.

O Fluminense foi superior no segundo tempo. A primeira boa chance veio em chute de fora da área de Lucas Fernandes, que Alex Muralha espalmou. Pouco depois, o time tricolor ficou com um a mais. Pará deu um chute em Lucas Fernandes e foi expulso.

Com um a mais, o Fluminense passou a pressionar. Léo obrigou Alex Muralha a salvar o Flamengo mais uma vez em chute de fora da área. E o gol saiu aos 37 minutos. Após cobrança de escanteio, Donatti cortou. Wendel aproveitou a sobra, dominou e bateu cruzado. A bola desviou em Rafael Vaz e entrou.

O Flamengo partiu para o tudo ou nada e também conseguiu seu gol em cobrança de escanteio. Aos 45 minutos, após bola na área, Willian Arão subiu sozinho no meio da zaga do Fluminense e mandou para as redes.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 x 1 FLAMENGO

FLUMINENSE – Diego Cavalieri; Renato (Osvaldo), Nogueira, Reginaldo e Léo; Luiz Fernando, Wendel e Marquinho; Maranhão (Richarlison), Henrique Dourado (Pedro) e Lucas Fernandes. Técnico: Abel Braga.

FLAMENGO – Alex Muralha; Pará, Donatti, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Berrío (Cuéllar), Leandro Damião (Felipe Vizeu) e Cafu (Gabriel). Técnico: Zé Ricardo.

GOLS – Wendel, aos 37, e Willian Arão, aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Wendel, Nogueira, Luiz Fernando e Reginaldo (Fluminense); Donatti (Flamengo).

CARTÃO VERMELHO – Pará (Flamengo).

ÁRBITRO – Rodrigo Carvalhaes de Miranda.

RENDA e PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES).

istoe

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Campinense viaja para Recife e faz último treino antes do jogo contra o Santa Cruz nesta terça

onibus_campinenseMal terminou a partida contra o Treze pelo Campeonato Paraibano e a equipe do Campinense já está em Recife para a partida contra o Santa Cruz. O jogo é valido pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.

O time da Raposa vai fazer o último treino antes da partida no Centro de Treinamento do Náutico nesta terça-feira. A partida está marcada para as 21h45, no Estádio Arruda.

O Campinense é o primeiro colocado do Grupo A do Nordestão e já está com a classificação garantida para a fase de mata-mata da competição.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Paraibano Petrúcio Ferreira sai do último lugar e conquista terceira medalha

petrucio-ferreiraQuando viu, pela televisão, o que tinha acabado de fazer na final dos 400m T47 (para amputados), nem Petrúcio Ferreira acreditou. Depois de ser o último atleta a fazer a curva que antecede a linha de chegada, Petrúcio imprimiu, nos últimos metros, uma arrancada fantástica e absolutamente inesperada para ficar com a prata – a terceira medalha em três provas que competiu. “Se eu tivesse ali mais ou menos uns dois metros até a linha de chegada, quem sabe eu não teria beliscado o ouro”, calcula o campeão e recordista mundial nos 100m e dono de uma medalha de prata no revezamento 4x100m T42-T47, ao lado de Yohansson Nascimento, Alan Fonteles e Renato Nunes.

O ouro realmente não veio por uma questão de centésimos – oito, para ser mais exato. O cubano Ernesto Blanco venceu com o tempo de 48.79, enquanto Petrúcio marcou 48.87. O austríaco Gunther Matzinger, que já tinha encaminhado o segundo lugar, acabou sendo pego de surpresa pelo ritmo alucinante do brasileiro terminou em terceiro, com 48s95. “Foi em um piscar de olhos. Muitos pensavam que eu não estava chegando, mas, durante a corrida, eu vinha pensando que eu chegaria neles. E quanto mais eu pensava, mais eu me aproximava deles”.

Especialista em provas curtas, Petrúcio correu os 400m pela segunda vez em sua meteórica carreira. Antes da prata nas Paralimpíadas, só tinha percorrido a distância no evento-teste do atletismo, justamente para chegar ao índice que garantiu sua classificação para os Jogos. “Não é minha prova. Ainda não gosto de correr os 400m e prefiro correr os 100m e os 200m. Como não teve os 200m, tive que migrar para os 400m. Eu estava inscrito nela e tinha que dar o meu melhor. Ontem [16] eu me classifiquei e o pensamento era de que eu iria me superar e fazer melhor do que eu já tinha feito”, diz.

A desvantagem para os adversários mais calejados na distância foi encurtada com frieza, precisão e calculismo impressionantes para quem está há apenas dois anos no atletismo. “Uma das minhas estratégias foi me poupar nos primeiros 200m da prova para soltar toda a energia que eu economizei nos metros finais e tentar buscar medalha. Foi um pouco difícil de colocar em prática, porque com o grito da torcida em um Engenhão lotado, você quer ir de qualquer jeito para chegar em primeiro. Eu tive que manter a calma e correr tudo aquilo que eu treinei, para que fluísse durante a prova”, explica. “Se eu tivesse arrancado um pouquinho antes, talvez tivesse faltado fôlego para os últimos metros e nem com a prata eu teria ficado”.

Nova geração

Expoente da nova geração do atletismo paralímpico do Brasil, Petrúcio, de apenas 19 anos, diz que, apesar de se despedir do Rio de Janeiro com três medalhas, ainda está longe de atingir o seu ápice. “Qualquer treinador costuma me dizer que eu ainda estou na base. Sou iniciante. Ainda preciso melhorar alguns fundamentos, como corrigir a passada, uma elevação de joelho, a movimentação do braço. Creio que daqui a quatro anos eu consiga melhorar mais ainda a minha performance”.

O menino de São José do Brejo do Cruz, no interior da Paraíba, perdeu parte do braço esquerdo em um acidente com uma máquina de moer capim, quando tinha dois anos de idade. Ele tentava imitar o pai, que usava o equipamento antes de começar a alimentar as vacas da fazenda em que viviam. A velocidade de Petrúcio o levou trocar as quadras de futsal pelas pistas de atletismo, chegando a resultados maiúsculos em muito pouco tempo: “Correr me deixa feliz. Apesar de ser alto rendimento, eu entro na pista para brincar. Quem nunca brincou de apostar corrida? Eu entro na pista com essa leveza e preparado para dar o meu melhor”.

Agência Brasil

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Djavan marca no último minuto e Bota vence Confiança no Almeidão

Botafogo-PBFoi sofrido, chorado, mas o Botafogo-PB conseguiu, neste domingo (4), no Estádio Almeidão, uma importante vitória na briga pela classificação para a próxima fase da Série C do Campeonato Brasileiro.

Com gols de Saldanha e Djavan, o Belo derrotou o Confiança por 2 a 1 em partida válida pela 16ª rodada.

O resultado coloca o time paraibano na vice-liderança com 26 pontos, a mesma pontuação do líder Fortaleza, que empatou com o Asa em 1 a 1 fora de casa.

Na próxima rodada o Belo vai até Arapiraca enfrentar justamente o Asa em um confronto direto pela classificação.

O jogo

Mais transpiração do que inspiração. Assim foi a tônica da partida vencida pelo time paraibano com um gol aos 50 minutos. O primeiro tempo foi truncado, com o Belo encontrando dificuldades para articular suas jogadas ofensivas. Nem mesmo a entrada do estreante Ruan surtiu efeito. Os três atacantes do Belo pouco ofendeu a zaga adversária.

No segundo tempo, saíram João Paulo e Ruan e entraram Gustavo e Saldanha. As substituições de Itamar Schulle incendiaram o Botafogo que passou a pressionar os visitantes. Quando Márcio entrou imprudente em Saldanha e levou o cartão vermelho, o indício era de que gol sairia mais cedo ou mais tarde. Aos 29 minutos, Saldanha recebeu de Warley e com um toque sutil de esquerda abriu o placar: 1 a 0.

Mais sofrimento.

Dois minutos depois, Djavan cometeu pênalti discutível em Pingo. A chance de o Confiança empatar se concretizou com Wallace Pernambucano convertendo a cobrança: 1 a 1.

Mas quis o destino que Djavan não terminasse como herói do duelo. A defesa do time sergipano resistiu, fez cera e até discutiu. Só que aos 50 minutos do segundo tempo, Djavan acertou um chute forte de fora da área e confirmou a vitória do Botafogo, aquela que pode ser a da classificação.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Botafogo cede empate ao Fortaleza no último minuto da partida e não tem mais chances de classificação

Reprodução/ Rafael Tavares/ facebook
Reprodução/ Rafael Tavares/ facebook

Acabou o sonho de classificação para a próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série “C”. Em busca de um “milagre”, o Botafogo esteve duas vezes a frente do marcador, cedendo o empate ao Fortaleza aos 48 minutos. O placar de 2 x 2 afasta as pretensões do time botafoguense na competição. Resta o consolo apenas de manter-se firme na competição no próximo ano.

Os gols da partidas foram anotados no segundo tempo, quando o Fortaleza teve um jogador expulso e ficou inferiorizado em campo. Nem assim o Botafogo soube aproveitar a inferioridade numérica do adversário. Gustavo cobrando pênalti fez 1 x 0 Botafogo; o Fortaleza chegou ao empate aos 22 minutos. O Belo desempatou aos 41 minutos, através de Jó Boy e aos 48 minutos, já nos descontos; o tricolor do Pici empatou. Lúcio Maranhão marcou para os cearenses.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O Botafogo ainda tem mais um jogo. Porém, será apenas para cumprir tabela, pois não há mais chances de classificação. Vai a Natal enfrentar o América local no próximo final de semana. Até que o time botafoguense jogou bem, mas cometeu os mesmos erros das partidas anteriores, sobretudo o excesso de passes errados.

Com o resultado, o Botafogo soma 23 pontos e não alcançará mais os prováveis classificados Vila Nova (GO), Fortaleza (CE), América (RN) e Confiança (SE).

Marcone Ferreira

STJ rejeita último recurso e prefeito de Mari deve deixar cargo definitivamente

Marcos-MartinsA Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, na sessão da tarde desta quinta-feira (11), os embargados de declaração do prefeito da cidade de Mari, Marco Martins (PSB), contra a decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), que em fevereiro deste ano cassou o seu mandato por improbidade administrativa.

A ação, movida pela Procuradoria Geral do Estado, acusa que Marcos Martins de ter, na condição de Prefeito do Município de Mari-PB, no ano de 2002, frustrado o caráter competitivo de procedimento licitatório destinado à contratação de empresa especializada para realização do concurso público.

Em outubro de 2013, Marcos Martins teve seus direitos políticos suspensos e determinada a perda do mandato de prefeito, por decisão da Juíza da Comarca de Mari, Ana Carolina Tavares Cantalice. Em decisão datada de 24 de setembro de 2012, a juíza decidiu pela procedência da denúncia apresentada pelo Ministério Público contra Marcos Martins, suspendendo os direitos políticos do mesmo pela prazo de 04 (quatro) anos e a perda da função pública que porventura estiver exercendo quando a sentença transitar em julgado.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Agora, o STF deve comunicar a decisão ao Ministério Público para que o órgão acione a Justiça estadual e o prefeito seja afastado definitivamente do cargo, uma vez que o Embargado de Declaração era o último recurso para o caso.

Da Redação
Com Mais PB

“Derrubamos o último ditador da Paraíba”, diz deputado Tião Gomes

TIÃO-GOMESO deputado estadual Tião Gomes (PSL), autor da polêmica que levou a eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) através de cédulas de papel, na tarde deste domingo (1°), comemorou a derrota do então presidente Ricardo Marcelo (PEN) na disputa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para Tião, a vitória do novo presidente da ALPB, Adriano Galdino (PSB), representou a queda de mais um dos ‘coronéis’ da política paraibana. “Nós derrubamos o último ditador do estado”, disse o deputado do PSL, em entrevista ao Paraíba Já.

 

paraibaja

Queixas contra os planos de saúde aumentam cinco vezes nos último quatro anos

plano-de-saudeO número de negativas de atendimento por planos de saúde comunicadas à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) quintuplicou nos últimos quatro anos, segundo dados obtidos pelo jornal O Estado de S.Paulo, por meio da Lei de Acesso à Informação. No ano passado, o órgão recebeu a notificação de mais de 72 mil casos de clientes de convênios médicos (média de 8 casos por hora) que não conseguiram aval para procedimentos. Em 2010, o número de negativas comunicadas à ANS foi de pouco mais de 13 mil. A alta no período foi de 440%.
Especialista em direito à saúde, a advogada Renata Vilhena Silva conta que o número de clientes que buscam o escritório tentando reverter na Justiça a negativa de cobertura cresce, em média, 30% ao ano. “Temos 80 novos processos por mês e o juiz dá parecer favorável ao paciente em 95% dos casos”, diz.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para o gerente do Idec, a operadora só pode negar cobertura de um atendimento quando há desrespeito ao período de carência.

 

IstoÉ

Dilma e Aécio participam nesta sexta do último debate antes da eleição

debate-bandA Globo promove nesta sexta-feira (24) o último debate do segundo turno entre os candidatos a presidente Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). O debate começa depois da novela “Império” e será transmitido ao vivo no G1.

O G1 terá um programa especial que será aberto por volta das 20h45 (horário de Brasília), com os destaques pré-debate. Repórteres entrevistarão os candidatos e convidados. Haverá também a cobertura do pós-debate, com as entrevistas coletivas e avaliações do encontro. Páginas especiais mostrarão também as reações no Twitter e no Facebook.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Como é o debate
Mediado pelo jornalista William Bonner, o debate será realizado no Projac, no Rio, e tem duração prevista de uma hora e 50 minutos. O regulamento foi definido com representantes dos candidatos e seguindo as regras da Justiça Eleitoral.

Serão quatro blocos: no primeiro e no terceiro, os candidatos farão perguntas um ao outro, com tema livre; no segundo e no quarto, as perguntas serão feitas por eleitores indecisos. O quarto bloco será destinado também às considerações finais dos presidenciáveis.

Os indecisos serão selecionados em todos os estados pelo instituto de pesquisas Ibope. Cada eleitor indeciso vai elaborar previamente perguntas com temas de interesse nacional. As oito perguntas mais bem formuladas serão selecionadas pela produção do programa para serem feitas aos candidatos.

O cenário será uma arena, com o objetivo de facilitar a movimentação dos candidatos. Os eleitores indecisos estarão sentados em volta. Se algum candidato faltar, seu lugar permanecerá vazio com uma placa que o identifique pelo nome. Nos dois blocos de tema livre, o candidato presente poderá formular a pergunta que faria ao candidato que se ausentou. Nos outros blocos, todas as perguntas de eleitores indecisos serão respondidas apenas pelo candidato presente.

O debate da Globo ocorre no último dia em que irão ao ar os programas eleitorais do segundo turno. Na quinta, a Globo e as emissoras afiliadas promoveram debates entre candidatos a governador que disputam o segundo turno nos 13 estados e no Distrito Federal.

Programação
Os indecisos selecionados pelo Ibope serão levados a dois camarins e não terão contato com jornalistas, público convidado e assessores dos candidatos.

Haverá na arquibancada montada no estúdio lugares para 90 convidados dos presidenciáveis, além de cadeiras mais próximas para dois assessores diretos de cada um, que poderão falar com os candidatos nos intervalos. Também farão parte da plateia convidados dos dois candidatos e da Globo.

Durante o debate, Dilma e Aécio terão à disposição um púlpito para os confrontos diretos e poderão andar pelo cenário nos blocos em que forem questionados pelos indecisos.

Depois do debate, cada candidato concederá uma entrevista coletiva de dez minutos, com transmissão ao vivo pelo G1. Dilma será a primeira a falar com a imprensa, seguida de Aécio (a ordem das entrevistas foi definida em conjunto com representantes dos partidos).

Jornalistas de todo o país e do exterior acompanharão o debate em uma área à parte e poderão participar das entrevistas coletivas pós-debate.

 

G1

Hoje é o último dia para participar da lista de espera do ProUni

prouniHoje (22) é o último dia para aderir à lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) na página do programa na internet. Pela lista, os candidatos que não foram selecionados poderão concorrer às bolsas não preenchidas nas chamadas regulares.

Para participar, basta entrar na página pessoal com inscrição e senha do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013 e confirmar a opção.

Todos os candidatos participantes da lista de espera deverão comparecer, nos dias 29 ou 30 de julho, às respectivas entidades de ensino e entregar a documentação  para comprovar os dados repassados no ato da inscrição.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Podem integrar a lista para a primeira opção de curso, informada na hora da inscrição, aqueles que não foram selecionados em nenhuma das chamadas anteriores ou foram pré-selecionados na segunda opção de curso, mas não foram formadas turmas.

Candidatos pré-selecionados na primeira opção de curso, mas que não foi formada turma, podem integrar a lista de espera para a segunda opção de curso feita na inscrição.

O ProUni oferece bolsa de estudo integral ou parcial (50% da mensalidade) em instituições particulares de educação superior. O estudante precisa comprovar renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio para a bolsa integral e de até três salários mínimos para a bolsa parcial. Esta edição do programa oferece 115.101 bolsas e tem 653.992 inscritos.

Agencia Brasil