Arquivo da tag: turista

Turista morre afogada após conhecer o mar pela primeira vez em João Pessoa

Uma turista da cidade de Belo Horizonte morreu afogada na tarde desta quinta-feira (21), quando conhecia o mar pela primeira vez, na praia do Bessa, em João Pessoa. Ela passava férias na cidade e estava visitando alguns familiares.

De acordo com o sobrinho da vítima, a mulher estava com o filho dentro do mar quando ele percebeu que ela havia caído e pediu ajuda.

Os familiares retiraram a turista do mar e uma médica que estava no local fez massagem cardíaca até a chegada do Samu. No entanto, ela não resistiu e morreu antes de ser atendida pelos médicos socorristas.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Vídeo mostra turista sendo atingida por raio em praia

raioImagens obtidas pelo G1 mostram o exato momento em que uma turista é atingida por um raio na Praia do Sonho, em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Taline Campos, de 25 anos, teve uma parada cardiorrespiratória e foi internada em estado crítico.

Um vídeo registrado por um morador da cidade mostra como tudo aconteceu. Taline caminha tranquilamente pela beira do mar, mesmo após a tempestade ter se formado. Em determinado momento, ela é atingida em cheio pelo relâmpago e cai no chão. Uma outra pessoa, que estava ao lado dela, não se feriu.

Assim como Taline, outros moradores e turistas também preferiram não se abrigar durante a tempestade. No vídeo, é possível identificar pelo menos dez pessoas, incluindo crianças, a menos de dez metros da jovem, que caminhava sozinha no momento do acidente.

Veja vídeo: 

Resgate
Banhistas que estavam perto do local do acidente chamaram o Serviço Atendimento Móvel Urgência (Samu). A jovem foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabaúna, em estado gravíssimo.

O resgate da mulher foi feito em menos de 15 minutos, e ela precisou ser sedada e entubada. Segundo apurado pelo G1, na manhã desta segunda-feira (2) ela foi transferida para um hospital de referência na Grande São Paulo. Taline é moradora de Guarulhos.

Região campeã de raios
De acordo com o climatologista Rodolfo Bonafim, diretor científico da ONG Amigos da Água, a região da Baixada Santista é campeã em incidências de raios durante o verão. “As pessoas estão sendo imprudentes. Os turistas, por falta de conhecimento, acham que nada vai acontecer com eles. As pessoas precisam ficar espertas. A dica é olhar na direção do continente e observar as nuvens mais escuras. Isso pode evitar acidentes”, afirma.

Segundo Bonafim, a tempestade deste domingo pegou muita gente de surpresa, já que as nuvens carregadas chegaram repentinamente acompanhadas por uma forte ventania.

“Tudo aconteceu muito rápido. Os bombeiros pedem para as pessoas saírem e muita gente ignora. O que aconteceu foi uma descarga pontual. O raio cair em uma pessoa é raro. Normalmente, as mortes acontecem quando o raio cai na areia ou no mar e as pessoas recebem o choque”, diz.

O climatologista explica ainda que, provavelmente, a banhista foi atingida por estar em contato com a água salgada. “A água salgada é um condutor de eletricidade. O ponto mais alto entre a areia e a nuvem é a pessoa. Ela acabou virando uma espécie de para-raio. O relâmpago atingir a pessoa pela cabeça pode acontecer, mas é uma situação extremamente rara”, completa.

Outro caso
No dia 14 de janeiro de 2014, uma turista de 36 anos foi atingida por um raio em uma praia de Guarujá. O fotógrafo Rogério Soares, do jornal “A Tribuna”, de Santos, estava fazendo fotos da orla da praia da Enseada quando, coincidentemente, flagrou o momento em que a mulher foi atingida pelo raio. A vítima, Rosângela Biavati, chegou a ser socorrida, mas morreu pouco tempo depois.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Taxista se nega a fazer corrida e é espancado por turista na orla da Capital

Divulgação
Divulgação

Um taxista de 56 anos foi espancado na noite dessa segunda-feira (2), no bairro de Manaíra, após se negar a fazer uma corrida com um grupo de turistas de Brasília.

De acordo com a polícia, o taxista se recusou a atender os turistas após perceber que eles vestiam roupas de banho e estavam molhados. Irritado com a recusa, o turista, que tem 22 anos e trabalha como auxiliar administrativo, iniciou uma discussão com o taxista. Depois de insultar o taxista, o jovem partiu para a agressão física.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A vítima foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena com suspeitas de duas fraturas no rosto. Além disso, ele sofreu um corte na testa. O agressor foi preso e autuado por agressão física grave. Ele se encontra na carceragem do 1º Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp).

Conforme boletim médico divulgado pelo Trauma na manhã desta terça-feira (3), o taxista permanece internado e seu quadro clínico é regular.

 

Portal Correio

Jovem morre atropelado depois ter assaltado uma turista em João Pessoa, diz PM

pajeroUm jovem morreu atropelado na manhã desta sexta-feira (16), na avenida Edson Ramalho, no bairro de Manaíra, área nobre de João Pessoa, depois ter assaltado uma turista do estado do Maranhão, de acordo com policiais militares.

Segundo a Polícia Militar, o rapaz simulou que estava armado com uma faca e teria tomado o celular da turista e saiu pedalando uma bicicleta em alta velocidade pela avenida. A mulher gritou pedindo socorro, mas o suspeito fugiu.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda conforme a PM, ao tentar atravessar a Edson Ramalho sem prestar atenção no trânsito, o jovem foi atingido por uma caminhonete de luxo. A vítima bateu a cabeça no parabrisa da Pajero e morreu na hora. O advogado do motorista do automóvel disse que ele não teve como evitar do acidente.

Com ela, os policiais encontraram o celular que teria sido roubado da mulher. Policiais do Batalhão de Trânsito da Paraíba ( BPTran-PB) cercaram a área. O corpo será levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

 

portalcorreio

Turista atingida por raio em Guarujá (SP) chamava o filho para sair do mar, diz irmão

raio-turistaA turista Rosângela Biavati, 36, que morreu na tarde de segunda-feira (13) depois de ser atingida por um raio em Guarujá, estava chamando o filho e os sobrinhos para saírem do mar por causa do mau tempo quando recebeu a descarga elétrica.

Ela estava com um grupo de 12 pessoas, entre familiares e amigos, na praia da Enseada, quando o tempo fechou. Eles haviam chegado a Guarujá às 12h e pretendiam passar o dia na cidade.

O irmão dela, Elias Biavati, disse que o tempo fechou por volta de 15h, enquanto o grupo aguardava a retirada do jet ski da família do mar.

Nesse momento, Rosângela foi até a beira d’água para chamar as crianças e foi atingida pelo raio. “Foi tudo muito rápido. Ela estava animada com o passeio e em seguida foi atingida”, disse o irmão da vítima.

O marido de Rosângela, Leandro Lopes Santos, e uma irmã dela também sentiram o impacto causado pela descarga elétrica. Leandro ficou com um hematoma no rosto.

Segundo Elias, o grupo não foi alertado sobre o perigo de ficar na praia no início do temporal.

O marido de Rosângela reclamou que não havia “estrutura adequada” para um atendimento de emergência na praia no momento do acidente. “Não tinham nenhum equipamento”, disse à Folha. Segundo ele, a mulher foi socorrida por banhistas e funcionários de uma marina próxima ao local.

Um perito da Polícia Científica de Guarujá estimou que Rosângela tenha recebido uma descarga superior a 3.000 volts. No laudo do IML, consta como causa da morte uma parada cardíaca.

Rosângela era casada havia 13 anos, tinha um filho de dez anos e morava em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo.

A proprietária da loja de roupas em que ela trabalhava como vendedora disse que a funcionária era uma “ótima vendedora, uma pessoa alegre e feliz”. “Ainda não caiu a ficha”, afirmou Neuma Alves.

O corpo de Rosângela saiu do IML de Guarujá às 17h45 de hoje em direção ao cemitério Vale dos Pinheirais, em Mauá, na Grande São Paulo, onde será velado ainda esta noite.

O corpo da turista será cremado amanhã no crematório de Vila Alpina, na capital paulista.

folha de s.paulo

RJ: suspeitos de roubar e abusar sexualmente de turista são presos

Dois homens suspeitos de abusar sexualmente de uma turista no Rio de Janeiro foram presos no sábado por policiais da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat). Jonathan Foudakis de Souza, 20 anos, e Wallace Aparecido Souza Silva, 22 anos, foram capturados em São Gonçalo.

 

A dupla teria abordado, na manhã de ontem, uma van de transporte alternativo em Copacabana e obrigado os passageiros do veículo a descerem na altura da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Em seguida, os suspeitos mantiveram refém um casal de turistas estrangeiros que foi obrigado a seguir com os criminosos para São Gonçalo. Durante o trajeto, os dois teriam abusado sexualmente da turista dentro do veículo.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com a polícia, os bandidos chegaram a usar cartão de débito de uma das vítimas em postos de gasolina de Niterói e em São Gonçalo. O aparelho celular de uma das vítimas foi encontrado em poder de um deles. Na delegacia, Jonathan e Wallace foram reconhecidos como os autores do crime. Uma brasileira também os reconheceu como autores de um estupro ocorrido no último dia 23.

 

Terra

Seis acusados de estuprar turista suíça comparecem a tribunal na Índia

Seis homens acusados pelo estupro coletivo de uma turista suíça na Índia comparecerão nesta segunda-feira (18) a um tribunal da região central do país, informou a polícia.

“Prendemos os seis indivíduos e eles comparecerão a uma audiência com um magistrado. Nós pediremos que sejam colocados em prisão preventiva durante cinco dias”, disse o chefe de polícia local, M. L. Dholdy.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A vítima, de 39 anos, circulava de bicicleta na sexta-feira passada com o marido pelo estado de Madhya Pradesh quando vários homens atacaram o casal.

Os criminosos amarraram o homem e estupraram a mulher na frente do marido. Também roubaram 10.000 rupias (US$ 185 dólares) e um telefone celular.

O ataque ocorreu três meses depois de uma estudante de fisioterapia de 23 anos ter sido estuprada e espancada em um ônibus em movimento e depois jogada sangrando na rua, em um caso que provocou indignação no país e no mundo.

Ela morreu mais tarde num hospital em Cingapura.

Turista suíça vítima de estupro é levada ao hospital em Gwalior nests sábado (16) (Foto: AFP)Turista suíça vítima de estupro é levada ao hospital em Gwalior nests sábado (16) (Foto: AFP)
G1

‘Não queria matar. Só furar um pouquinho’, diz acusado de matar turista em restaurante

“Eu não pretendia matar o rapaz. Só queria furar um pouquinho para assustá-lo e defender meu filho. Não ia matar ninguém por R$ 7”, disse o empresário José Adão Pereira Passos, de 55 anos, ao delegado Luiz Ricardo Lara Dias Júnior, da Delegacia-Sede do Guarujá, no litoral sul paulista.

José Adão matou o estudante Mário Santos Sampaio, de 22 anos, no dia 31, após discussão sobre o preço do jantar na Pizzaria e Churrascaria Casa Grande, no bairro da Enseada.

O empresário é dono do estabelecimento e seu filho, Diego Souza Passos, de 23 anos, é gerente do local. José Adão e Diego se apresentaram à polícia na noite4 de anteontem e foram ouvidos e dispensados, mas a polícia deve pedir a prisão preventiva deles.

O estudante, que era de Campinas e estava com a namorada e dois amigos, questionou o valor da refeição, R$ 19,99, anunciada por R$ 12,99. Segundo Diego, o preço menor era cobrado antes das 18h e eram 19h.

Diego afirmou ao delegado que o pai havia autorizado a cobrança do valor menor, mas o estudante começou a agredir pai e filho. O gerente disse que desmaiou e só recobrou os sentidos após o crime. José Adão afirmou que deu apenas um golpe nas costas do rapaz, embora o boletim de ocorrência registre três facadas. No dia do crime, amigos da vítima disseram que houve um bate-boca e José Adão golpeou Sampaio.

Estadão