Arquivo da tag: Treze

Com torcida, Treze bate o Sousa e segue firme na luta pela classificação

Com o apoio de sua torcida, já que na Paraíba não houve determinação para que os jogos fossem realizados de portões fechados, por conta do novo coronavírus, o Treze venceu o Sousa por 2 a 1, neste domingo, no estádio Presidente Vargas.

Jeferson (contra) e Tales marcaram os gols do Galo, cabendo a Cládio Baiano descontar para o Dinossauro no duelo, que foi válido pela sétima rodada do Campeonato Paraibano.

Com a vitória, o Treze chega aos 16 pontos em oito jogos, permanecendo na segunda posição do Grupo A. Já o Sousa, segue na segunda posição do Grupo B, com 12 pontos.

Na próxima rodada, que pode ser suspensa, o Treze enfrentará o Nacional de Patos fora de casa, dia 22. O Sousa joga com o Botafogo, dia 29.

O JOGO
Treze e Sousa fizeram um primeiro tempo bastante movimentado. Em casa e com apoio da torcida, o Alvinegro deu as cartas logo aos quatro minutos, quando abriu o placar.

O estreante Douglas Lima cruzou para a área pelo lado direito, o zagueiro sousense Jeferson tentou desviar e acabou mandando para o gol. Mas, apesar do revés, o Dino não se abalou.

Tanto é que chegou ao empate aos 16 minutos, com o zagueiro Cláudio Baiano. Após cobrança de escanteio, Cláudio Baiano subiu e cabeceou para o gol. A bola passou por Rodrigo Poty, que nao toca, mas enganou o goleiro Jeferson.

Animado, o Sousa quase vira. Jó Boy fez boa jogada pelo lado direito e encontrou Rodrigo Poty sozinho na pequena área. O atacante cabeceou para o gol, mas Jeferson fez grande defesa.

Já no finalzinho, foi a do Treze quase marcar. Alexandre Santana recebeu dentro da área, e livre, chutou em cima do goleiro Camilo.

Paraíba Online • Com torcida, Treze bate o Sousa e segue firme na luta pela classificação

Foto: reprodução

Na segunda etapa, os dois times não mudaram. Com a bola rolando, o Sousa voltou com ousadia e proporcionou duas grandes chances de gols, com o ex-trezeano Téssio.

O Dino seguia melhor em campo. E deve mais um bom momento na partida. Luarderson chutou de fora da área, o goleiro Jeferson deu rebote e a bola caiu nos pés de Jó Boy. O atacante chutou e novamente o arqueiro trezeano fez a defesa.

Depois do sufoco, o Treze reagiu. E bem. Após lançamento para a grande área, Tales dividiu com Luanderson e mandou para dentro gol do Sousa. Galo 2 a 1.

De novo na frente do placar, o time galista tratou de segurar as investidas do time sousense e conseguiu sair de campo com mais três pontos, importantes na sua luta pela classificação.

Ficha Técnica
Treze
Jeferson, Gustavo, Breno Calixto, Nilson Júnior e Gilmar; Patrick Mota, Tales, Vinícius Barba e Alexandre Santana (Dedé); Frontini (Caxito) e Douglas Lima (Júnior Fialho). Técnico: Moacir Júnior
Sousa
Camilo, Iranilson (Felipinho), Jeferson, Cláudio Baiano e Nininho; Romeu, Téssio (Gionnotti), Bruno Menezes e Dakson (Luanderson); Rodrigo Poty e Jó Boy. Técnico: Givanildo Sales
Árbitro – Diego Roberto Sousa de Melo
Assistentes – Gleydson Francisco e Rafael Guedes de Lima
Gols – Jeferson (S), contra para o Treze, aos 4min, Cláudio Baiano (S), aos 16min do 1º T; Tales (T), aos 22min do 2ºT
Cartão amarelo – Iranilson, Camilo, Rodrigo Poty, Jeferson (S), Tales, Gustavo (T)

 

paraibaonline

 

 

Na estreia do novo treinador, Treze bate São Paulo Crystal e sobe na tabela

Alívio nas hostes alvinegra. Na estreia do treinador Moacir Júnior, o Treze conseguiu se reabilitar no Campeonato Paraibano ao vencer o São Paulo Crystal por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Presidente Vargas.

O único gol da partida, válida pela sétima rodada, foi marcado pelo zagueiro Breno Calixto no segundo tempo.

Com esse resultado reabilitador, já que vinha de derrota para o CSP, o Galo chega aos 13 pontos no Grupo A, ultrapassando o Botafogo-PB, que ainda tem um jogo a menos.

Já o tricolor de Cruz do Espírito Santo, segue na lanterna do Grupo B com apenas cinco pontos e corre sério risco de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Treze vai receber a visita do Sousa no Estádio Presidente Vargas. O São Paulo pega o Atlético, em Cajazeiras. Os dois jogos acontecem no próximo domingo.

 

Fonte: paraibaonline

 

 

Clássico dos Maiorais: Campinense e Treze empatam no Amigão pelo Paraibano

A rivalidade histórica de 409 jogos dominou o domingo na Rainha da Borborema. Campinense e Treze se encontraram na tarde de hoje para mais um duelo no O Amigão. O jogo não teve vencedores. Com uma expulsão de cada lado, Raposa e Galo empataram em 1 a 1.

O jogo valeu pela 5º rodada do Campeonato Paraibano e trouxe uma curiosidade à beira do gramado. Os técnicos Celso Teixeira do Treze e Oliveira Candidé o Campinense, já comandaram os dois clubes e sabem do peso das camisas e da pressão do torcedor.

O JOGO

A partida começou sem muita emoção de ambos os lados. O Galo foi o primeiro a ameaçar, quando Dedé levantou na área, a bola passou por todo mundo e encontrou Rafael Oliveira. Alexa Maranhão apareceu para tirar na última hora.

Aos 23 minutos o Treze voltou a preocupar a Raposa. Almir passou para Caxito, que deixou a bola passar na cara do gol.

E o primeiro tempo terminou mesmo no 0 a 0.

Na segunda etapa o Treze foi surpreendido logo no início da retomada. Vinicius Barba, que já tinha um cartão amarelo, recebeu o segundo e deixou o Galo com um a menos.

No entanto, dois minutos depois e com um jogador a menos, O Treze foi pra cima e conseguiu abrir o placar. Almir marcou o gol do Galo no jogo de número 409 do Clássico dos Maiorais.

O Campinense tentava, mas só conseguiu ameaçar o alvo e negro de Campina Grande aos 22 minutos. Matheus Camargo finalizou com perigo. Jeferson saltou para fazer uma grande defesa e salvar o Treze do empate.

A Raposa, com um a mais, pressionou. Mas a pressão foi tanta que aos 24 cometeu um deslize e também teve um jogador expulso. Vargas parou o contra-ataque do Treze com falta, recebeu o segundo amarelo e foi mais cedo para o vestiário.

No 10 contra 10, o Campinense forçou mais e aos 36 minutos, Matheus Camargo invadiu a área e foi derrubado dentro da área: pênalti. Rafael Ibiapina pegou a bola, fez a cobrança, acertou o travessão mas a bola acabou morrendo dentro das redes do Treze. 1 a 1.

O Campinense consegue um empate após vir de uma eliminação da Copa do Brasil para o Atlético Mineiro, e de uma derrota no Estadual para o Atlético de Cajazeiras, A Raposa é líder do grupo B com 7 pontos.

Já o Galo, agora com 10 pontos conquistados ocupa a segunda colocação do Grupo A do Campeonato Paraibano e está na zona de classificação para a próxima fase do estadual.

 

Foto: globoesporte.com

PB Agora

 

 

Campinense e Treze se enfrentam pela 5ª rodada do Campeonato Paraibano

Domingo de clássico em Campina Grande. Uma das maiores rivalidades do futebol Brasileiro terá mais um capítulo de sua história. Campinense e Treze se enfrentam no Amigão, às 16h, pela 5ª rodada do Campeonato Paraibano. A expectativa é de um confronto intenso dentro de campo.

O Rubro Negro é líder do grupo A com seis pontos conquistados. Já o Alvinegro ocupa a segunda colocação da chave B com nove pontos ganhos.

Arbitragem

Árbitro: Wagner Reway

Assistentes: Oberto da Silva e Shumacher Marques

4º Árbitro: Tiago Ramos de Oliveira – PB

Preços dos Ingressos

Torcida mandante

Arquibancada Sombra – R$ 30 \ valor promocional

Visitantes

Arquibancada Geral – R$ 30 \ valor promocional

Cadeiras

Setor Misto – R$ 80 (inteira) / R$ 40 (meia-entrada)

Prováveis escalações

Campinense

Adilson, Vitão, Uesles, Alex Maranhão, Camargo, Peu, Gabriel Vieira, Romário, Allefe, Fabio Junior e Rafael Ibiapino. Técnico: Oliveira Canindé.

Treze

Jefferson, Gustavo, Breno, Nilson, Gilmar (Rafael Araújo), Robson, Dedé, Vinicius, Almir, Rafael Oliveira e Caxito. Técnico: Celso Teixeira.

Logo após a partida você confere os melhores momentos no pbesportes.net

PB Esportes

 

 

Campinense perde para o Atlético; Treze bate o Nacional no Amigão

O Atlético conquistou uma boa vitória neste domingo (9) contra o Campinense no Perpetão, em Cajazeiras, pelo Campeonato Paraibano. O Trovão Azul bateu a Raposa por 1 a 0 e se isolou na liderança do Grupo A do Campeonato Paraibano.

O único gol do jogo foi marcado por Paulinho, aos 15 minutos do segundo tempo, após cruzamento de Éder Paulista.

Com o resultado, o clube sertanejo chegou a 10 pontos. O próximo jogo do time será contra o Sousa, no próximo domingo (16), no Perpetão.

Mesmo com a derrota, o Campinense manteve a liderança do Grupo B. A Raposa volta a campo também no domingo (16) no Amigão, no Clássico dos Maiorais contra o Treze.

Treze vence

Almir e Gilmar garantiram a vitória do Treze contra o Nacional de Patos, no Amigão. Os dois gols foram marcados no segundo tempo.

O meio campista Almir abriu o placar logo no primeiro minuto da segunda etapa, após cruzamento de Gilmar.

O mesmo Gilmar ampliou o placar aos 30 minutos. O lateral aproveitou rebote do chute de Rafael Oliveira e completou para as redes.

Segundo colocado do grupo A, O Treze pega o Campinense na próxima rodada do Campeonato Paraibano, no domingo (16). O Nacional recebe a Perilima no estádio José Cavalcanti, na segunda-feira (17).

 

Portal WSCOM

 

 

Sousa vence e tira invencibilidade do Treze no Paraibano

No Marizão, com péssimo gramado, o Sousa bateu o Treze por 1 a 0 pela terceira rodada do Campeonato Paraibano de 2020. A vitória do Dinossauro do Sertão mantém um tabu considerável, já que a última vitória do Galo jogando no estádio, aconteceu no dia 17 de fevereiro de 2010, há quase dez anos.

Além do piso da praça esportiva, outra situação preocupante na partida foi a saída do atacante Rodrigo Poty, do Sousa, após trombada com Breno Calixto. O jogador sousense precisou ser atendido pelos médicos, recebeu oxigênio para conseguir respirar, teve convulsão e foi levado para um hospital em Patos para saber da gravidade de sua situação.

Com a bola rolando, o gol do jogo saiu aos 37 do primeiro tempo. Téssio ficou com a bola na esquerda após bate-rebate e cruzou para o meio, onde Romeu apareceu sozinho para escorar de pé esquerdo e fazer a festa da torcida nas arquibancadas.

No segundo tempo Celso Teixeira colocou o Galo para frente, colocando os atacantes Frontini e Júnior Fialho nas vagas de Mirandinha e Almir. Porém, pilhado, o alvinegro teve mais um membro da comissão técnica expulso, o preparador-físico Victor Hugo. Oportunidades de gol, entretanto, não apareceram.

O Sousa chega aos 6 pontos e, com um jogo a mais, divide a liderança do Grupo B com o Campinense. O próximo compromisso do Dinossauro do Sertão será no dia 12, contra o Botafogo-PB, em João Pessoa.

O Treze segue na terceira colocação do Grupo A, com 6 pontos, um a menos que o líder Atlético de Cajazeiras, e pode ficar três atrás do Botafogo-PB, que ainda não jogou na rodada. No dia 10, o Galo recebe o Nacional de Patos, muito provavelmente na reabertura do estádio Presidente Vargas.

 

Foto: Fabiano Sousa/ Voz da Torcida

Fonte: Equipe @Vozdatorcida

 

 

Homem é preso após confusão durante jogo do Treze e Crystal no Almeidão

A Polícia Militar prendeu na noite desta segunda-feira (27), suspeito de se envolver em uma confusão durante jogo entre o São Paulo Crystal e Treze, no estádio Almeidão, em João Pessoa. O tumulto aconteceu na área externa do estádio durante os primeiros minutos do segundo tempo do jogo.

De acordo com a Polícia Militar, a confusão aconteceu entre as torcidas do Treze e do Botafogo-PB. O homem preso estava armado.

O suspeito preso foi encaminhado para a Central de Polícia Civil da Paraíba.

 

clickpb

 

 

Atacantes marcam e Treze bate SP Crystal no Almeidão

Com gols dos atacantes Caxito e Rafael Oliveira, o Treze bateu o São Paulo Crystal por 2 a 0, na noite desta segunda-feira (27), no estádio Almeidão, em João Pessoa, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Paraibano. Foi a segunda vitória do Galo na competição.

Apesar de um início de jogo complicado, com o time da casa melhor em campo, o Alvinegro de Campina Grande é quem abriu o placar ainda no primeiro tempo. Após belo lançamento do meio campista Almir, Caxito ganhou na velocidade e na saída do goleiro tocou para as redes.

Já na segunda etapa, em um ritmo mais cadenciado, o Treze anotou o segundo da partida com o artilheiro Rafael Oliveira. O camisa 9 foi lançado e com um toque por cima do goleiro ampliou o marcador.

Com o resultado, o Treze chega aos 6 pontos, a mesma pontuação do Atlético de Cajazeiras. Na próxima rodada, o Galo visita o Sousa, no estádio Marizão, no próximo domingo. Já o tricolor sofreu o seu segundo revés após estrear com derrota para o Botafogo-PB. No próximo domingo, o São Paulo Crystal recebe o Atlético de Cajazeiras.

MaisPB

 

 

Treze, CSP, Atlético e Nacional de Patos estreiam nesta quarta-feira no Paraibano 2020

Após escapar do rebaixamento na Série C do Campeonato Brasileiro, o Treze estreia no Campeonato Paraibano nesta nesta quarta-feira, diante do CSP às 20h15 no Estádio Amigão, em Campina Grande. O Galo tenta apagar a imagem ruim deixada na temporada passada, quando também brigou para não cair no estadual.

Sem levantar a taça do Estadual desde 2011, o Galo reformou todo o elenco e manteve o técnico Celso Teixeira. O alvinegro apostou em alguns jogadores experientes para conquistar a competição, como o goleiro Jeferson, ex-Campinense, do meia Almir, que teve passagens por Botafogo e Flamengo, o atacante Frontini, além de Rafael Oliveira, que foi artilheiro do Paraibano em 2015 e 2017 com a camisa do Botafogo-PB, mas retorna ao Treze para 2020.

O Galo deve ir a campo com Jeferson, Gustavo, Breno Calixto, Eduardo, Rafael Araújo e Gilmar; Patrick Mota, Dedé e Alexandre; Caxito e Rafael Oliveira.

No CSP, o jovem time permanece, mas também há jogadores que já possuem uma maior bagagem depois de tantas edições disputadas de Campeonato Paraibano. São os casos do goleiro Wallace, um dos mais experientes do grupo, assim como os volantes Luis Gustavo, Emerson Bastos e Léo Silva. Apesar disso, o Tigre também conta com muita juventude, base que foi semifinalista da Copa do Nordeste Sub-20 do ano passado.

O CSP vai para campo com Wallace, Tcharlles, Darlan, Wescley e Felipe; Luis Gustavo, Emerson Bastos, Léo Silva e Negueba; Paulinho e Di.

Clássico sertanejo – A primeira rodada do Estadual, também reserva para esta noite o clássico no Sertão, entre Atlético de Cajazeiras e Nacional de Patos no Perpetão.

Terceiro colocado no Campeonato Paraibano do ano passado, o Atlético de Cajazeiras permanece muito forte para a disputa deste ano.

Há quatro anos comandando o Trovão Azul no Paraibano, o treinador Éderson Araújo tem a base do seu time muito bem definida. Com jogadores que já passaram pelo clube e que ele mesmo moldou dentro do seu pensamento de jogo, o time azulino deve ir a campo com a mesma estrutura tática utilizada nos amistosos de pré-temporada

No lado do Nacional de Patos, quarto colocado na edição passada do estadual, o objetivo é também brigar pela classificação. O Canário do Sertão apostou no jovem técnico Rafael Soriano.

PB Agora

 

 

Treze empata, escapa do rebaixamento da Série C e acaba sonho de acesso de Botafogo (PB)

Em uma arrancada impressionante, o Treze escapou do rebaixamento da Série C do Campeonato Brasileiro. Numa rodada emocionante e cheia de expectativas, o Galo só precisou empatar em 2 x 2 com o Bota para fugir da “degola”. É que o ABC venceu o Globo por 2 x 0, e também afundou o time do Rio Grande do Norte.

Foi um jogo eletrizante, com dois pênaltis e muitos gols, pela última rodada da fase de grupos da Terceirona. Com o resultado, o Treze ainda acabou com o sonho de classificação do Botafogo, e consequentemente, de continuar a luta pelo sonhado acesso para a Série B 2020.

Eduardo, de pênalti, depois de desperdiçar uma cobrança minutos antes, abriu o marcador para o Treze aos 14 da etapa inicial. Júlio Pacato fez o segundo do time do bairro de São José. Nando e Clayton marcaram os gols do Botafogo.

As combinações que o Botafogo-PB precisava para passar de fase aconteceram, mas o time da Capital não fez a sua parte. O Bota ficou a um gol da classificação.
O Galo terminou a Série C em oitavo lugar com 19 pontos, enquanto o Belo encerrou a sua participação na competição nacional em sexto lugar com 25 pontos.

Náutico, Sampaio Correia, , Imperatriz e Confiança obtiveram a classificação no Grupo A e seguem firmes no sonho do acesso para a Série B.

Severino Lopes
PB Agora