Arquivo da tag: treinar

Jogadores do Auto Esporte se negam a treinar por causa de atraso salarial

Os jogadores do Auto Esporte estão de braços cruzados por causa do atraso de salários. E o protesto deve continuar pelo menos até que uma reunião para tratar do assunto aconteça entre o elenco e a presidência do clube. Os atletas, inclusive, não treinaram na tarde desta terça-feira, mas a previsão é que o encontro entre diretores e jogadores aconteça na tarde desta quarta. As informações são da Rádio Tabajara.

O protesto aconteceu ontem à tarde. No horário marcado para o treino, os jogadores estiveram no Estádio Mangabeirão. Mas eles não entraram em campo e ainda avisaram que a paralisação deve se manter até que a diretoria venha conversar sobre o pagamento do salário do mês de março.

auto esporte, campeonato paraibano (Foto: Pedro Paulo / Auto Esporte)Auto Esporte resolve entrar em greve (Foto: Pedro Paulo / Auto Esporte)

Os jogadores não quiseram falar com a imprensa. E o capitão Fábio Bilica seria o porta-voz do grupo.

A crise acontece em um momento importante para o Auto Esporte no Paraibano. O Alvirrubro está na briga pela última vaga na semifinal do Campeonato Paraibano e tem um jogo importante neste domingo, contra o Internacional-PB.

O Clube do Povo está na sexta colocação da tabela do Campeonato Paraibano, com 22 pontos conquistados em 17 jogos, sendo seis vitórias, quatro empate e sete derrotas. O Alvirrubro está brigando pela classificação junto com Atlético de Cajazeiras, que está em quarto lugar; e o Serrano-PB, que está em quinto.

Fábio Bilica, Auto Esporte (Foto: Divulgação / Auto Esporte)Fábio Bilica teria sido eleito porta-voz do elenco do Auto Esporte (Foto: Divulgação / Auto Esporte)
G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Como treinar a mente para vencer problemas financeiros

 

inadimplenciaProblemas financeiros não afetam apenas o bolso. A mente humana e as questões psicológicas podem ter ligação direta com as finanças, podendo ser a causa do desequilíbrio ou mesmo a salvação disso tudo. As dívidas e problemas financeiros podem acontecer por várias razões, por exemplo:

  • imprevistos
  • compulsividade nas compras
  • má administração dos recursos
    falta de conhecimento administrativo para uma boa gestão, entre outros

O grande problema acontece, por exemplo, com quem está muito ansioso e quer resultado imediato em tudo, podendo arriscar-se descontroladamente na hora de cuidar do próprio dinheiro. A ansiedade pode fazer com que a pessoa enxergue apenas o momento presente, sem conseguir planejar o futuro. O indivíduo ansioso pode administrar muito mal as estratégias do uso do dinheiro e com isso a possibilidade de fracasso só aumenta.

O estado emocional dita nosso comportamento. Quem está emocionalmente desequilibrado está agindo dessa forma também. Quanto mais aflita a pessoa estiver, menos calma terá para administrar seu dinheiro. A solução para isso é também o autocontrole.

Outro exemplo de problemas psicológicos que interferem no comando financeiro é quem está com depressão e acaba fazendo escolhas negativas para a saúde financeira. Muitas pessoas usam o dinheiro para compensar a frustração ou uma tristeza que sentem. As compras deixam de ser por necessidade e acabam sendo uma tentativa de compensar o sofrimento. É uma dor que pode ser aliviada com a falsa sensação de estar feliz com algo material que foi adquirido, muitas vezes, sem estratégia.

Essa ação desgovernada pode ser feita puramente pela compulsão para uma ação de fuga da dor, pois o real interesse é o ganho do prazer imediato com a compra, sem análise da saúde financeira e a necessidade de gasto.

O que fazer para mudar?

Para se livrar do vício do mau uso do dinheiro é preciso conhecimento administrativo (como, quando e quanto investir; quais opções, como, quando e quanto gastar; como, quando e quanto poupar etc., além de calma e equilíbrio emocional.

Sem conhecimento especifico não se faz muitas ideias nem bons negócios. Sem equilíbrio emocional, todo conhecimento é em vão pela falta de maturidade para o seu uso. Na hora do aperto o que não se deve fazer é se aconselhar com quem sabe menos que você. Tenha sempre um conhecimento adquirido por uma fonte segura e de respaldo. Agir através de boatos ou ajuda de quem não é especialista não é a melhor solução.

Para adquirir equilíbrio emocional você pode consultar um profissional da área. Um bom psicólogo ou coach são profissionais que podem ser úteis para cura e também para ajudar a organizar estratégias para solução do momento presente e futuro.

Sucesso e até breve!

minhavida

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Zico agradece apoio da torcida, mas descarta possibilidade de treinar a Seleção Brasileira

zico-selecaoO eterno ídolo do Flamengo e um dos maiores jogadores do Brasil, Zico, manifestou-se na noite de ontem no Facebook para dizer que não aceitaria treinar a Seleção Brasileira.

O ‘Galinho’ justificou que não treina equipes brasileiras e por isso não seria qualificado para o cargo de técnico da CBF.

“Tomei conhecimento há pouco de uma pesquisa nacional que me coloca como o segundo na preferência do torcedor para assumir a Seleção. Agradeço a confiança e o carinho de todas essas pessoas que acreditam em mim, mas mantenho minha posição de que, por não treinar equipes brasileiras, não me candidataria ao cargo de treinador da Seleção”

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

 

 

 

 

 

Pedro Callado

 

Psiquiatra propõe ‘treinar a mente’ contra depressão

cerebroO psiquiatra e psicólogo brasileiro Augusto Cury, criador da Teoria da Inteligência Multifocal, propõe em seu último livro uma série de passos para evitar transtornos como depressão e angústia ao sustentar que “na era do entretenimento, nunca as pessoas se entristeceram tanto”.

Recentemente editado na Argentina, “Mentes brilhantes, mentes treinadas” retoma os quatro processos da mente humana que Cury aprofundou em seus 25 anos de estudo sobre Inteligência Multifocal: a construção de pensamentos, a transformação da energia psíquica, a formação do “eu” e a organização da história consciente e inconsciente da memória.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“O eu representa o fator principal de nossa mente. É preciso duvidar de nossas falsas crenças, porque tudo o que nós achamos nos controla”, sustentou Cury em entrevista durante sua passagem pela Argentina.

O especialista brasileiro propõe então “pensar antes de reagir, se colocar no lugar dos outros e aprender a distribuir elogios três vezes mais do que criticamos”, tudo em linha com o trabalhado por seus estudos em inteligência.

Segundo Cury, “este livro revela que não basta conhecer milhões de dados sobre o mundo de fora sem conhecer as bases mais profundas de nossa mente”.

Por esse motivo, o psicoterapeuta afirma que para desenvolver as funções mais importantes da inteligência é preciso “treinar nossa capacidade de proteger a emoção para prevenir transtornos como depressão, angústia, pessimismo”.

Disso trata precisamente seu novo livro e Cury sustenta que “nossa mente não pode ser uma instituição sem controle. É fundamental dirigi-la”.

O brasileiro também aponta que 80% dos jovens estão apresentando sintomas de timidez e têm dificuldade para o exercício de sua potência intelectual, em suas relações, seu trabalho e sua vida.

Para ele, isto acontece porque, uma das causas é o pensamento acelerado, o bombardeio de informação aos quais as pessoas estão constantemente submetidas e, nesse sentido, é vital ter uma “mente treinada”.

O livro segue a linha que Cury também desenvolveu nos últimos anos como autor, com a ideia de chegar a todas as pessoas que desejam melhorar sua qualidade de vida.

O brasileiro publicou livros como “Nunca desista de seus sonhos” e “Pais brilhantes, professores fascinantes”, que venderam cerca de dois milhões de exemplares.

“Como cientista da psicologia e psiquiatra e psicoterapeuta, me interessa democratizar as informações fundamentais para conhecer nossas mentes, como funciona nosso intelecto”, explica.

Hoje Cury tem cerca de 25 livros dedicados a sua teoria da Inteligência Multifocal, nos quais dá a base para desenvolver estas ferramentas e informações.

“Foi uma das poucas teorias mundiais que atravessa uma das últimas fronteiras da ciência e analisa o processo de construção de pensamento”, afirma.

Cury rejeita a classificação de “autoajuda” ou de livros de “motivação”, devido ao fato de que, para ele, “as respostas rápidas de autoajuda duram de terça-feira a segunda-feira”.

Nesse sentido, Cury assinala que seu objetivo “é democratizar o acesso à informação” e que “uma ciência é rica e importante quando não está sequestrada dentro de uma universidade”.

“Escrevi o livro para que as pessoas pudessem realmente trabalhar seu eu, para que deixem de ser vítimas para serem protagonistas de sua história, para que sejam autores de sua própria vida”, sintetiza.

“Espero que possam absorver estas ferramentas para perceber que a vida pode ser mudada, que pode ser um espetáculo de terror ou um espetáculo único e imperdivel de prazer”, conclui.

AFE

 

Lutador de artes marciais sai para treinar com técnico e morre afogado em açude da Paraíba

Reprodução/RenatoDiniz
Reprodução/RenatoDiniz

Um jovem, praticante da arte marcial denominada ‘muay thai’, morreu na manhã deste sábado (23), após entrar em um açude, na cidade de São Sebastião de Lagoa de Roça, região metropolitana de Campina Grande, a 107 quilômetros de João Pessoa.

De acordo com informações da família, Talles Damásio, de 17 anos, havia saído de casa, como de costume para correr com o treinador e, após o exercício, a dupla resolveu tomar banho em um açude do município.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Repentinamente, Talles pediu socorro ao treinador, pois estava se afogando, no entanto, não houve tempo do técnico se aproximar da vítima. O professor ainda pediu ajuda a um pescador que estava no local, mas o corpo do jovem já havia afundado.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e ao chegar na localidade, realizou buscas e conseguiu remover o corpo de Talles da água. A suspeita é de que a vítima tenha sentido câimbras e por isso, não conseguiu estabilidade para nadar no açude.

O corpo do lutador foi encaminhado ao Departamento de Medicina Legal (DML), em Campina Grande.
 Pollyana Sorrentino com informações de Ana Paula Araújo, TV Correio HD

Professores de artes marciais na PB alertam para o risco de treinar sozinho

artes-marciaisEsportes que exigem contato devem ser praticados sob supervisão e orientação profissional, conforme alertam professores de artes marciais da Paraíba após a morte de um adolescente de 17 anos em Sobrado, Zona da Mata paraibana. A Polícia Civil investiga se a morte aconteceu por conta de uma luta informal na tarde da terça-feira (23).

Segundo o professor de judô Ricardo Pessoa, o primeiro cuidado que quem quer lutar artes marciais deve ter é o de procurar uma academia registrada com professores qualificados e registrados na federação estadual do esporte. “O profissional vai saber como orientar. Ele tem consciência de que lesões o esporte pode causar e, assim, vai saber como prevenir acidentes”, explicou Ricardo, que é faixa preta de judô desde 1998.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“A arte marcial é um esporte como qualquer outro e tem que ser tratado com seriedade. Se a pessoa treinar de forma clandestina, em casa, o risco de acidente é grande e existem golpes que podem ser muito nocivos se o esporte for praticado sem responsabilidade”, disse.

Ricardo ainda enfatizou que quem quer treinar MMA (uma luta que inclui técnicas de várias modalidades) deve ter ainda mais cuidado, uma vez que é uma arte marcial com menos regras de segurança. “O professor que ensina tem que entender de fisiologia humana. A pessoa não pode ver na TV e querer praticar sem responsabilidade”, orientou o professor.

Rafael Fonseca, que é professor de MMA, concorda com Ricardo. “Não é só chegar e colocar um par de luvas. Praticar um esporte de luta demanda a orientação de um professor de educação física, faixa preta em alguma arte marcial. Com certeza eles estavam lutando errado”, alertou.

Além disso, o atleta tem que ter uma preparação física antes de começar a treinar, conforme explicou Rafael. Isso deve acontecer porque, quando alguém começa a praticar uma luta, ele não é condicionado àquilo.

“Com o meu pessoal, na minha academia, os professores fazem curso de primeiros-socorros antes de começar a dar aula. A gente nunca sabe quando pode acontecer um acidente”, declarou Rafael, que, além de faixa preta em jiu-jitsu e educador físico, é socorrista.

Entenda o caso
Segundo o delegado Fred Magalhães, responsável pelas investigações, o rapaz acompanhado de mais dois, de 14 anos, lutavam MMA quando desmaiou e foi levado para o Hospital Regional de Sapé, também na Zona da Mata do estado. De acordo com o delegado, a equipe médica ainda tentou reanimar a vítima, mas não obteve sucesso. Uma ‘gravata’ teria causado a morte.

O delegado explicou que caso o laudo do Instituto de Polícia Científica (IPC), previsto para sair em até 15 dias, aponte o golpe como a causa da morte, os adolescentes serão autuados por “infração semelhante a homicídio culposo”, quando não há intenção de matar. As investigações dão conta de que o grupo se reunia todo fim de tarde, há cerca de seis meses, para lutar.

“Contra os adolescentes que estavam brincando com a vítima, não há nenhum tipo de infração que já tenham cometido. Creio que eles não tiveram a intenção da matar o rapaz. Todos se conheciam desde a infância e eram muito amigos”, disse Magalhães, que informou ainda que a morte do adolescente foi descoberta pela polícia “por acaso”.

Parentes contaram à polícia que a vítima não tinha histórico de doenças cardíacas o similares. “Esses relatos aumentam ainda mais a possibilidade de a luta ter provocado a morte do adolescente. No entanto, é bom pontuar, só o laudo é que vai afirmar o que causou a morte dele”, ressaltou.

 

G1 PB

TRE-PB capacita Chefes de Cartório para treinar seus mesários nas eleições deste ano

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) deu início na última semana ao Treinamento de multiplicadores de mesários.

Todas as Zonas Eleitorais já receberam a capacitação através de Ensino à Distância. Nesta etapa, os servidores, ou chefes de cartório que ainda não participaram da realização de uma eleição, tiveram a oportunidade de um adicional presencial.

Foi oferecido um reforço do que precisa ser passado no treinamento dos mesários, desde noções de comportamento em público, motivação do mesário, acessibilidade, cidadania, ética, além da parte cartorária.

Cristiana Targino, coordenadora de Desenvolvimento do TRE-PB, reforçou a importância da capacitação: “Os chefes que não tiveram oportunidade de ministrar um treinamento de mesários, com o reforço presencial vão estar aptos para ministrá-los, eles estão saindo daqui totalmente preparados, com condições de multiplicarem a informação.”

Alguns participantes do treinamento já destacam a importância deste, que trouxe mais segurança para o momento do repasse das informações aos mesários.

A previsão é de que até o início do mês de outubro, todas as Zonas Eleitorais já tenham realizado seus treinamentos.

Fonte: TRE-PB

Runco libera, e Adriano volta a treinar na terça: ‘Agora posso ser cobrado’

 

Adriano está liberado para ser integrado ao grupo do Flamengo. Na manhã desta segunda-feira, o atacante, que chegou sorridente e confiante, foi examinado por José Luiz Runco numa clínica na Barra da Tijuca, e o médico rubro-negro deu sinal positivo para que o jogador de 30 anos passe a treinar com o grupo já a partir desta terça-feira, no Ninho do Urubu. A tendência é que também nesta terça o Imperador assine contrato até dezembro. Faltam detalhes para a assinatura do novo vínculo.

– Runco me liberou, estou curado. Eu estava só esperando a liberação do doutor Runco, graças a Deus hoje posso dizer que estou realmente bem, agora é esperar que dê tudo certo na hora do contrato e voltar a vestir a camisa do Fla. Estou bem, continuei fazendo trabalhos na academia, o doutor Runco ainda vai passar o trabalho que tenho que fazer para voltar mais rápido. Acho que em um mês posso voltar a estar em campo – previu o camisa 10 ao deixar a clínica.

adriano exames (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)Ainda mais sorridente do que na chegada, Adriano deixa clínica (Foto: Janir Junior/Globoesporte.com)

Antes mesmo de assinar contrato, Adriano já fala como jogador do Flamengo e não esconde a vontade de voltar a entrar em campo vestindo rubro-negro.

– Minha vontade é fazer gol de novo. Estou muito feliz de poder voltar ao Flamengo, que é a minha casa – disse o jogador.

E, no que depender da vontade de Adriano, seu nome não voltará a aparecer nos noticiários por causa de atrasos e ausências nos treinos.

– Agora eu posso ser cobrado. Depois que assinar contrato, tenho que ter mais compromisso com o clube – declarou.

O médico José Luiz Runco também falou sobre as condições do atacante e ressaltou que, na parte médica, Adriano está liberado.

– Fizemos exames de raio-x, está tudo ok, tudo certinho. Agora é ele resolver com o departamento de futebol – afirmou.

O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, confirmou que o acerto com Adriano está bem encaminhado. Ele espera bom comportamento do atacante dentro e fora de campo até o fim do contrato, em dezembro.

– Na nossa conversa de sábado, ficou combinado que, sendo liberado pelo Runco, ele começaria a treinar na terça. De hoje para amanhã, vamos resolver essa questão do vúncilo. Espero que dê tudo certo e ele entenda que precisa estar dentro das nossas exigências. É uma aposta dos dois lados. Quando começar a treinar, ele vai ter que buscar a forma para ficar à disposição do Dorival – disse Zinho.

Quase seis meses sem jogar

Em reunião no dia 20 de junho, foi projetado que no dia 1º de agosto poderia acontecer uma decisão sobre o retorno – ou não – de Adriano. Mas o tempo foi estendido até a reunião de sábado. Nesta segunda-feira, ele foi examinado por José Luiz Runco.

O atacante foi operado pela primeira vez em abril de 2011, mas a recuperação foi considerada inadequada, e o departamento médico rubro-negro optou por um reparo no local, em cirurgia realizada por José Luiz Runco há quatro meses.

Desde 17 de julho, Adriano decidiu fazer sua recuperação fora do Ninho do Urubu, com trabalhos de musculação em academia e fisioterapia em casa. A decisão, segundo ele, foi por conta do patrulhamento mesmo sem ser funcionário do clube. O atacante faltou a diversas sessões do trabalho.

O jogador não disputa uma partida desde o dia 4 de março, quando participou de 68 minutos na derrota do Corinthians por 1 a 0 para o Santos, pelo Campeonato Paulista. Em sua passagem de quase um ano pelo Timão (chegou no fim de março de 2011), marcou apenas dois gols em oito jogos – sete oficiais e um amistoso contra o Flamengo.

Globoesporte.com