Arquivo da tag: toneladas

Polícia apreende mais de duas toneladas de material explosivo na PB

/Foto: Divulgação/SR/DPF/PB

Em operação conjunta entre as Polícias Federal, Civil e Militar, foram apreendidas mais de duas toneladas de material explosivo na Zona Rural do município de Coremas, no Sertão da Paraíba, a 390 km de João Pessoa, na tarde desta sexta-feira (5).

Segundo a polícia, foram interceptados dois suspeitos em um veículo Volkswagen Saveiro de cor branca fazendo o carregamento de parte do material apreendido, que estava armazenado em uma propriedade abandonada em um sítio da região.

O material apreendido consistia em seis caixas de emulsão encartuchada, cada uma contendo 14 emulsões e 87 sacas de pólvora granulada, cada uma com 25 kg, totalizando 2.325 kg.

Os suspeitos flagrados foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Coremas, assim como todo o carro e todo o material apreendido.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Caravana da Boa Vontade entrega 30 toneladas de alimentos na Paraíba

Oferecer um Natal mais feliz para milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social

Enfim, chegou dezembro — e, com ele, mais um Natal. Neste mês a Legião da Boa Vontade realiza, a entrega de cestas de alimentos às famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas por ela ao longo do ano e às amparadas por organizações parceiras. A campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, visa proporcionar a essas famílias um Natal sem fome, digno e feliz.

Na Paraíba, a Caravana da Boa Vontade, já esteve nos dias 12 e 13 de dezembro na Zona Rural dos municípios de Alagoa Grande, Dona Inês e Sapé, em cada família assistida pela Instituição era percebido a alegria de retornar ao lar, com alimentos para oferecer aos seus filhos um Natal farto e digno.

Nesta terça-feira, 19 de dezembro, às 15hserá a vez de centenas de famílias oriundas das comunidades de Jaguaribe, Distrito Mecânico, Renascer, Cruz das Armas, Oitizeiro, Varadouro e Ilha do Bispo, que ao longo do ano participam diariamente de seus programas socioeducativos. A solenidade de entrega das cestas, vai acontecer na Sede da LBV, localizada na Rua das Trincheiras, 703 – Bairro Jaguaribe, próximo a Embratel, o evento contará com apresentações culturais e artísticas natalinas preparadas com muito carinho pelas crianças e idosos da Instituição.

No Estado, a LBV beneficia 1.430 famílias com 30 toneladas de alimentos arrecadadas com o apoio da sociedade paraibana. Na unidade socioeducativa da LBV em Campina Grande, vai acontecer no dia 20/12, quarta-feira, às 14h30, centenas de famílias assistidas pela Unidade da Instituição na Região da Borborema, vão ser presenteadas com a cestas de alimentos da iniciativa solidária natalina.

Para angariar um milhão de quilos de alimentos e distribuí-lo a mais de 50 mil famílias, nas cinco regiões brasileiras, a campanha contou com a adesão de dezenas de artistas, esportistas e personalidades da mídia.

Serviço: Entrega de cestas de alimentos Campanha Natal Permanente da LBV

Local: Sede da LBV – Rua das Trincheiras, 703 – Bairro: Jaguaribe – próximo a Embratel
Dia: 19/12/2017 – às 15h

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Fisco apreende 13 toneladas de alimentos; carga é avaliada em R$ 200 mil

Reprodução Whatsapp

Uma carga com 13 toneladas de gêneros alimentícios foi apreendida pelo Fisco Estadual da Paraíba, em Campina Grande. A carga, avaliada em cerca de R$ 200 mil, estava com nota fiscal irregular, segundo o Fisco Estadual, que fez a apreensão. A multa para regularização e liberação dos produtos custa R$ 43 mil.

A apreensão ocorreu na quinta-feira (9) e os produtos estavam sendo transportados de Recife com destino a Campina Grande. Segundo o auditor-fiscal, Osvaldo Dunga, a mercadoria seria repassada para comerciantes do município.

“Essa apreensão foi no girador Raimundo Asfora, na entrada da cidade, onde já estávamos monitorando. O carregamento vinha de Recife para ser distribuído em Campina Grande fazendo concorrência desleal com os comerciantes daqui que pagam impostos”, explicou o responsável pela apreensão.

Ele disse ainda que a documentação estava irregular e a multa para regularização custa R$ 43 mil. “Nosso trabalho tem sido intenso para não permitir que esses produtos irregulares, onde não se pagam impostos, não seja fator de uma concorrência desleal para os nosso comerciantes, que pagam seus encargos. É um ação constante de 24 horas por dia”, destacou o auditor-fiscal. A mercadoria só será liberada após o pagamento da multa e regularização.

Por Alexandre Kito, do Jornal Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Prefeitura de Tacima distribui 3 toneladas de peixe

peixeA Prefeitura de Tacima, através da Secretaria de Ação e Desenvolvimento Humano e Social, realizou na manhã desta quarta-feira, 01 de abril, a distribuição do peixe da semana santa.

A compra do pescado foi com recursos próprios, o que para o Perfeito Erivam Bezerra que participou da entrega é um grande desafio. “Com a baixa na receita e o aumento de despesas, não é fácil realizar uma ação como esta, mas nós não poderíamos deixar de oferecer o peixe da semana santa ao nosso povo.” Disse o Prefeito. Além do peixe, o coco também foi oferecido.

Foram distribuído mais de 3.000 kg de peixe em todo o município. A ação atendeu moradores da cidade e da zona rural.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Assessoria da Prefeitura de Tacima-PB

Prefeitura de Serraria entrega 4 toneladas de peixes nesta quinta-feira aos moradores da cidade e da zona rural

BrizolaA Prefeitura Municipal de Serraria mantem a tradição e nesta quinta-feira (02) de abril, vai entregar quatro toneladas de peixes aos moradores durante a Semana Santa. A distribuição de peixes será na sede da prefeitura, a partis das 8 horas da manhã, para os habitantes da cidade, já para os moradores da zona rural a entrega acontecerá nas mesmas localidades e locais , que aconteceu no ano passado. Alguns produtos da cesta básica também serão distribuídos juntamente com o peixe.

O prefeito Brizola (PSDB) disse que é importante manter essa tradição, que contribui no bem estar do povo serrariense, principalmente dos mais carentes, que economizam, por não ter que gastar dinheiro com peixes durante o período da Páscoa. Brizola afirmou ainda, que apesar da crise financeira que tem atingido as prefeituras de todo país, especificamente as dos pequenos municípios, fez todo esforço necessário para garantir a distribuição de peixes.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O prefeito Brizola, também tem se dedicado a reforma e ampliação do estádio municipal, que é um grande sonho e reivindicação da população serrariense, que também será contemplada com uma quadra esportiva coberta, que está sendo construída ao lado do estádio.

O prefeito Brizola frisou, que se sente feliz em realizar essas ações administrativas, que contribuirá com o progresso e desenvolvimento de Serraria.

Balbino Silva

MÍDIA PARAÍBA

Polícia apreende mais de duas toneladas de drogas em 2014 na Paraíba

policia-drogasA repressão qualificada ao tráfico de drogas executada pela Polícia Civil da Paraíba resultou em 2.276 quilos de drogas apreendidas em 2014 somente pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Capital. Segundo relatório de atividades da delegacia, no ano foram apreendidos 2,19 toneladas de maconha, 64 quilos de crack e 22 quilos de cocaína em ações que aconteceram em João Pessoa e também na região dos litorais Sul e Norte, que integra a 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Reisp).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda de acordo com o balanço, as apreensões de entorpecentes realizadas pela DRE aumentaram ano a ano desde 2011. Foram 118 quilos de drogas nesse ano, seguidos de 303 quilos em 2012, 384 quilos no ano seguinte, chegando aos mais de dois mil quilos entre maconha, cocaína e crack de janeiro a dezembro de 2014. Nos quatro anos de trabalho, mais de três toneladas de drogas ilícitas foram retiradas de circulação pela delegacia especializada.

O delegado titular da DRE, Allan Terruel, revela que hoje a delegacia monitora e acompanha todas as informações referentes ao tráfico em toda sua região de atuação. “Dominamos essas ações em nível de conhecimento e em quatro anos indiciamos 670 traficantes, descapitalizando o comércio de drogas por meio de ações executadas por equipes fortes, comprometidas e que têm funções específicas que incluem operação, inteligência, cartório, entre outras”, afirma. Fazem parte da delegacia especializada 22 policiais, entre delegados, agentes de investigação, escrivães e técnicos em perícia.

Terruel lembrou que no ano passado, os destaques foram as apreensões de drogas realizadas na comunidade Paulo Afonso, bairro de Jaguaribe, em João Pessoa; a apreensão de 1,580 tonelada de maconha no Litoral Norte, quando dois traficantes foram presos e um veículo apreendido; e ainda a prisão de Samuel Mariano da Silva, 35, conhecido como ‘Samuca’, acusado de liderar uma quadrilha no Litoral Sul, durante uma operação iniciada no fim de dezembro e encerrada em janeiro deste ano.

Secom PB

Operação do Exército apreende 21 toneladas de explosivos em todo o país

exercitoBalanço divulgado pelo Exército Brasileiro, nesta quarta-feira (7), aponta que a Operação Dínamo II apreendeu 21 toneladas de explosivos em todo o país.

Segundo o Exército, essa foi a maior operação de fiscalização de explosivos e produtos correlatos do país. O órgão informou ainda que as atividades “estão ligadas às diretrizes do Ministério da Defesa para a Copa do Mundo e se encaixam em ações de defesa no Eixo 10: Fiscalização de Explosivos e Produtos Correlatos”.

Foram apreendidos, além dos explosivos, 50 mil espoletas, 190 mil metros de cordel detonante e 5,8 toneladas de pólvora.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Participaram da ação 1.188 militares do Exército e 1.102 agentes de órgãos de segurança pública estaduais, secretarias de Fazenda e das polícias Rodoviária Federal e Federal, entre outros.

A ação aconteceu entre os dias 28 e 30 de abril, quando equipes de todos os Estados realizaram vistorias em empresas e pessoas, cadastradas ou não no Exército, que exercem atividades com esse tipo de material.

Objetivo

A fiscalização verificou as atividades de fabricação, comércio, utilização e armazenamento de explosivos, além de itens como acondicionamento, adequação aos requisitos de segurança, a conferência de documentação e quantidades existentes.

Além disso, durante ação, foram montados postos de fiscalização em rodovias federais para evitar o transporte ilícito de explosivos.

A Operação Dínamo II faz parte de um conjunto de medidas das Forças Armadas para intensificar a fiscalização sobre o exercício de atividades com explosivos.

O Estado de Minas Gerais –responsável por 53% da produção de minerais metálicos do Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Mineração– teve 56 empresas fiscalizadas e 3,2 toneladas de explosivos. O material apreendido foi destruído com o apoio do Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar de Minas Gerais.

O uso de explosivos é uma das principais preocupações das autoridades de seguranças do país devido aos ataques à caixas eletrônicos no país.

Somente no Nordeste, até o meio de março, foram registrados 155 casos de ataques a bancos.

Uol

Prefeitura de Serraria distribui 4 toneladas de peixes nesta quinta-feira

peixeA Prefeitura Municipal de Serraria, no Brejo paraibano, distribuirá quatro toneladas de peixes com a população serrariense nesta quinta-feira (17). Segundo informações do prefeito Brizola (PSDB), a distribuição acontecerá na sede da prefeitura, a partir das 7 h. da manhã.

Centenas de famílias foram cadastradas, para receberem os peixes que virão acompanhados de arroz e macarrão.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O prefeito Brizola anualmente tem feito a distribuição de peixes com os moradores da cidade e da Zona Rural, beneficiando toda população serrariense.

Balbino Silva

MÍDIA PARAÍBA

Estudo revela que 24 milhões de toneladas de lixo tiveram destino inadequado em 2012

 

Em 2012, foram enviados para destinos inadequados 24 milhões de toneladas de lixo (37,5%), segundo levantamento da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), divulgado hoje (28). A pesquisa aponta ainda que, dos 64 milhões de toneladas de resíduos gerados ao longo do ano passado, 6,2 milhões não foram sequer coletados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O percentual de coleta apresentou, entretanto, um aumento de 1,9% em comparação a 2011, totalizando 55 milhões de toneladas em 2012. “Percebemos, nesses dez anos de estudo, que o índice de coleta tem crescido paulatinamente, indicando que a universalização desses serviços é um caminho possível”, avaliou o diretor executivo da Abrelpe, Carlos Silva Filho.

O Nordeste é a região com maior percentual de resíduos levados para destinações inadequadas, como lixões. De acordo com o estudo, 65% do lixo gerado na região, um total de 25,8 mil toneladas por dia, não tiveram destinação final adequada. Apenas 77% dos resíduos produzidos no Nordeste são coletados, sendo que a região responde por 26% (51,6 mil toneladas diárias) do lixo gerado no país.

A melhor cobertura de coleta foi verificada no Sudeste (96,8%), a região que melhor destina os resíduos, com 72% do lixo (pouco mais de 70 mil toneladas diárias) enviados para aterros sanitários. Apesar disso, 51% das cidades da região, o equivalente a 854 municípios, não tratam adequadamente os seus resíduos.

Para o diretor da Abrelpe, faltam os investimentos necessários para avançar na coleta e destinação correta dos resíduos sólidos. “As mudanças demandadas pela PNRS [Política Nacional de Resíduos Sólidos] requerem investimentos concretos e perenidade”, ressaltou. O problema, segundo Silva Filho, é que muitas cidades não têm condições de aportar esses recursos. “A maioria desses municípios tem menos de 10 mil habitantes e não dispõe de condições técnicas e financeiras para solucionar a questão dos resíduos sólidos de maneira isolada”, completou.

Daniel Mello, da Agência Brasil

Luiz Couto anuncia 16 mil toneladas de milho para a Paraíba

 

O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) informa que o Conselho Interministerial de Estoques Públicos de Alimentos, sob a responsabilidade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, aprovou a doação de 16 mil toneladas de milho – a granel – para o Estado da Paraíba.
O parlamentar destaca que a resolução assegurando o benefício foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), da terça-feira (23/4).

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook


Luiz Couto esclarece que, pelas regras estabelecidas, a doação do milho será feita com a emissão de nota fiscal, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mediante prévia celebração de Termo de Compromisso a ser firmado conforme previsto no artigo 7º da Medida Provisória nº 610/13, antes da chegada do produto nos portos recebedores.


“Já a entrega acontecerá no armazém do porto de destino indicado pelo estado, ficando a cargo os custos de remoção, ensacamento e outros necessários ao cumprimento da destinação prevista, conforme previsto no parágrafo 2º do artigo 5º da MP 610/13, bem como quaisquer outros que venham a ocorrer após a transferência”, acrescenta.


Couto lembra que o governo do estado deverá observar o limite máximo de venda de 6 mil quilos mensais por beneficiário – pequeno criador – alocado com base no seu plantel, nas seguintes quantidades: até 3 mil quilos a R$18,12/60 kg; e até 6 mil quilos a R$21,00/60 kg.


“As vendas somente poderão ser feitas nos municípios que tenham Decreto de Emergência ou de Calamidade Pública, em 21012 e 2013, em decorrência de seca ou estiagem, reconhecido pelo governo federal”, complementa.

Ascom Dep. Luiz Couto, com Ministério da Agricultura