Arquivo da tag: terror

Vítima de tentativa de feminicídio relata momentos de terror e faz declarações assustadoras

Foi chocante a entrevista da mulher vítima de tentativa de feminicídio ocorrida na tarde desta terça-feira (17), em uma unidade básica de saúde, no bairro Primavera, em Guarabira. Fabiana Duarte, que é recepcionista do posto de saúde e estava trabalhando, foi atacada pelo próprio companheiro, o comerciante Joab Paulo Anacleto Tavares, de 28 anos.

De acordo com informações de testemunhas, a mulher estava em seu local de trabalho quando o companheiro chegou para conversar e em dado momento começaram a discutir. O acusado conseguiu quebrar um vidro, pegou uma parte e tentou golpear a mulher no pescoço. Ela começou a gritar e a pedir socorro.

No momento do tumultuo, passava pelo local o tenente PM Fábio Rodrigues, em companhia de sua família. Ele parou o carro e entrou no posto de saúde, se deparando com a situação, com a mulher sendo atacada pelo homem com um “caco de vidro” na mão. O tenente deu voz de prisão e não foi obedecido e foi aí que atirou para o alto.

Os dois foram levados para o Hospital Regional de Guarabira Com ferimentos provocados pelo vidro. Depois do atendimento médico, eles foram levados à delegacia de Polícia Civil.

Na delegacia, Joab negou que tenha tentado matar a companheira. De acordo com apuração da PM, o rapaz havia bebido antes de procurar a mulher e havia dito que iria matar Fabiana.

Em entrevista ao repórter Zé Roberto, da Rádio Constelação FM, Fabiana narrou os momentos de terror que passou nas mãos do possessivo companheiro.

“Eu estava trabalhando, ele chegou, disse que eu iria pagar pelo que estava fazendo, ele tem uma doença que é ciúme. Do nada ele me deu um murro, isso na frente do meu trabalho. Eu entrei para pegar a bolsa para ir pra casa e ele entrou também como se fosse pegar uma arma na cintura. Ele tirou o celular e bateu na minha cabeça e começou a dar murros. Ele me puxou para uma salinha, pegou um pedaço de vidro e tentou me matar”, contou.

A vítima contou que conheceu Joab em um bar, passaram a se conhecer, a namorar e decidiram ir morar juntos. Fabiana contou que o desejo do agressor era deixar a cabeça dela pendurada no local de trabalho.

“Eu conheci ele num bar e agente começou a trocar mensagem, ficamos e com um tempo decidimos morar juntos. Eu pensava que ele era uma pessoa boa, mas me enganei. Percebi que ele era uma pessoa agressiva e dizia o tempo todo que iria me matar, me ameaçava de morte e dizia que o sonho dele era deixar minha cabeça pendurada no estabelecimento de trabalho”, narrou Fabiana.

Fabiana contou ainda na entrevista que Joab tinha ciúme doentio, mandou excluir conta de rede social, que ele monitorava permanentemente o que ela fazia e que chegou a frequentar um psicólogo por causa da pressão que sofria, se isolando das pessoas de sua convivência.

“Ele tinha muito ciúme do lugar que eu trabalho, já tinha me mandado sair do Face, do grupo do meu trabalho eu já saí para evitar confusão. Eu trabalhava com ele 24 horas na chamada de vídeo, se eu saísse para beber água ele já perguntava o que eu estava fazendo. Eu comecei a me isolar das pessoas, não saía mais de casa. Vai fazer quatro meses que estou com ele e mudei a minha vida por completa por causa dele”, destacou a vítima.

Ela ainda contou que começou a frequentar reuniões com uma psicóloga por causa da tortura psicológica que sofria, sendo acusada de traição permanentemente. Disse que andava na rua de cabeça baixa para não despertar o ciúme do companheiro.

Blog do Pedro Júnior

Com Zé Roberto e Portal25horas / Jota Alves

 

 

Terror, pânico e tragédia em Arara na ‘festa da vitória’

arara-lutoUma verdadeira operação de guerra, proporcional ao tamanho do município, foi montada em Arara, desde a noite dessa segunda-feira (03) para capturar o grupo que plantou o terror na cidade, matou um policial civil e feriu cinco pessoas que estavam comemorando a eleição de Nem da Padaria a prefeito.  Foram mais de 12 horas de ação que envolveu 100 policiais, sendo 70 da Polícia Civil e 30 da Militar, divididos em 15 equipes comandadas pelo mesmo número de delegados.

Um dia após o tiroteio que vitimou o escrivão da polícia civil Marcos Rosas e feriu mais cinco pessoas, o clima na cidade de Arara é de profunda tristeza e insegurança.  O moradores do município que fica a 155 KM de João Pessoa, contaram que os feridos receberam os primeiros socorros de profissionais de saúde que estavam na comemoração e que uma mãe prestou os primeiros socorros ao próprio filho que foi atingido por uma bala perdida.

“Eu estava fazendo a locução do evento quando escutei os disparos aí disse é tiro. Foram vários disparos e a correria foi grande em cima do palco. Todos se deitaram no chão com medo, nós pedidos calma, mas em uma hora desse não tem como ter calma”, declarou Valdir Albino.

Uma das vitimas, que não quis se identificar, disse ao Correio Online que viveu momentos de pânico. “Eu estava feliz comemorando a vitória do meu candidato e de repente me vejo sangrando com um tiro na perna. Não esperava jamais que isso fosse acontecer”, lamentou.

Tiros quase atingem prefeito eleito

Dois tiros atingiram o trio em que estavam o prefeito eleito Nem da Padaria e a vice Suely. Eles estavam no palanque quando as balas caíram próximas a eles. “As balas vieram de cima para baixo, já sem força, mas poderiam ter ferido ou até matado o prefeito e as outras pessoas que estavam em cima do palanque”, contou uma testemunha do episodio que sua identidade não fosse revelada.

Vítima em estado grave 

Das cinco pessoas que foram atingidas pelos disparos e deram entrada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, duas continuam internadas.  Uma em estado grave: João dos Santos, 78 anos, passou por cirurgia e continua internado.  Jefferson Marcelo Jorge da Silva, 27 anos também segue internado na área amarela, com quadro clínico estável.  As outras vítimas receberam alta e foram liberadas.

Crime foi planejado

O Superintendente da Polícia Civil da Região de Campina Grande, Lúcio Soares, acredita que os bandidos premeditaram a morte do escrivão da Polícia Civil, Marcos Rosas. Ele foi atingido por cerca de dez tiros e morreu no local em que estava sendo realizado o evento. Para o superintendente da PC, a ação foi uma represália de traficantes que atuam na região.

“Como Marcos estava realizando um mapeamento das áreas de atuação do tráfico e recentemente, devido a esse trabalho, a polícia conseguiu desarticular 15 bocas de fumo, os traficantes planejaram a execução do companheiro que era bastante atuante na região”, comentou Lúcio Soares.

Menores atiram

O grupo que invadiu a festa era formado por seis pessoas, sendo três menores de idade. Segundo Lúcio Soares, eles foram os responsáveis pelos disparos que matou Marcos Rosas e feriu mais cinco pessoas. “Esse grupo tinha uma única missão: matar Marcos. Os menores já confessaram isso. E acreditamos que eles atiraram no policial”, reforçou.

Apesar de ter prendido o grupo que participou do crime em Arara, Lúcio Soares adiantou que por trás dessas pessoas deve existir alguém do alto escalão do tráfico. “Nós temos que saber quem são essas pessoas, pois essa ação demonstra uma clara retaliação do tráfico ao trabalho que vem sendo realizado na região contra essas pessoas”, ressaltou Lúcio Soares.

Suspeito é morto

Durante a ação da polícia em busca dos suspeitos, um adolescente de 15 anos morreu, um foi apreendido e três homens maiores de idades foram presos. O Superintendente da Polícia Civil da Região de Campina Grande, Lúcio Soares, declarou que os menores receberam a polícia a tiros. “O menor que morreu, conhecido como Bebeto, tem um histórico de violência, inclusive, já tentou matar um policial em uma abordagem em João Pessoa. Ele reagiu a nossa abordagem e morreu durante a fuga”, afirmou.

Combate ao crime vai continuar

O secretário de Segurança, Cláudio Lima, rechaçou a ação dos criminosos e garantiu que o combate ao trágico e a criminalidade em Arara e nas cidades vizinhas continuará de forma mais intensa. Segundo ele, a polícia não vai ser curvar a retaliações. “A polícia não vai recuar diante de situações como esta. Foi pior para eles (criminosos). Nós vamos para cima deles até limpara toda a região de elementos que tentam intimidar a polícia. Vamos unir várias forças de segurança para atuar na região”, adiantou Cláudio Lima.

correiodaparaiba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Bandidos explodem agência de Banco do Brasil e provocam terror na madrugada em Conceição

bancoA população de Conceição acordou no meio da madrugada desta terça (dia 16), com a explosão de mais uma agência bancária, desta vez os bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil do município, deram vários disparos, Não se tem notícia quanto levaram em dinheiro.

Os bandidos adentraram na cidade em dois veículos fortemente armados, onde ao chegar a agência explodiram seu cofre que fica na parte frontal da mesma, no momento da ação fizeram 13 jovens de reféns que se encentravam pela avenida Solon de Lucena, vindo a liberar os reféns após toda ação.

Nas últimas semanas, os bandidos têm causado “um verdadeiro terror”, aproveitando, da “falta de policiamento”.

“É o caos na segurança pública da Paraíba de João Pessoa a Conceição com assaltos todos os dias aos Bancos. Acorda Senhor Governador! Cadê a sua tão propagada eficiência? Parece-me que todas as gangs de assaltadores de bancos fizeram sua morada na Paraíba. Por que será? Não será porque eles sabem que neste torrão de meu Deus não tem Governador e nem segurança pública. Graças a Deus ninguém saiu ferido mas poderia ter sido um caos hoje aqui em Conceição.”

Da redação – Conceição Verdade

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovem vive momentos de terror e por pouco não é assassinado durante assalto em Solânea

 

Acusado preso pela policia. Foto: WhatsApp
Acusado preso pela policia. Foto: WhatsApp

O desespero de ser abordado por dois bandidos armados levou o jovem Jeckson Adelino da Rocha, de 25 anos, reagir a um assalto na noite dessa quinta-feira (14), em Solânea. Mas, a reação por pouco não fez com que o ajudante geral fosse assassinado. O fato aconteceu na Rua José Eleotéreo, por volta das 8h40. Jeckson estava acompanhado do amigo Rosenildo Gomes de Silva, de 32 anos, que também escapou por pouco da ação violenta dos bandidos.

Jeckson e alguns populares pediram socorro à Polícia Militar, que ao chegar ao local do crime encontraram a vítima ferida em uma das mãos por disparo de arma de fogo decorrente da luta corporal com o primeiro acusado que havia roubado o seu aparelho celular e de um colega. Um dos acusados efetuou três disparos e fugiu com seu comparsa.

Contudo, os acusados conseguiram ser localizados pelos policiais. A guarnição da Rotam, na viatura 5607, comandada pelo Aspirante a Oficial Willys, partiu em diligências e prendeu Luiz Carlos da Cunha Medeiros, de 32 anos, e Marcelo Henrique Santos, de 30 anos.

Com eles foram encontrados um revolver Taurus oxidado de numeração 245651 e calibre 38 com 3 munições intactas e 3 deflagradas; uma moto Honda pop 100 vermelha, de placa NPX 6331 PB; uma trouxa de maconha; um celular Samsung GT – S3350, além da quantidade de dinheiro em espécie de R$ 943.

Os acusados e os objetos apreendidos ficaram a disposição da autoridade policial de Solânea para serem adotadas as providências que o caso requer. A vítima do disparo foi socorrida para o hospital local.

Focando a Notícia

Terror em Serraria: homens armados invadem residência, roubam motos e dinheiro

casos-de-policiaNo início da noite desta terça-feira (31), quatro homens fortemente armados, invadiram a residência de Ronaldo Pina Cassiano, conhecido por ‘Rona de seu Nêgo’, residente na Rua Adagilza Cavalcante, na cidade de Serraria, no Brejo paraibano, e causaram um verdadeiro terror e pânico à família dele. Os bandidos após colocarem revólveres na cabeça de Rona e de sua esposa, fizeram as vítimas entregarem dinheiro e uma moto. Rona é bastante conhecido na cidade por ser motorista de carro alternativo.

Depois do roubo, os meliantes fugiram e durante a fuga, encontraram um jovem que vinha da zona rural para a igreja, e roubaram a sua moto, e ainda levaram o violão do adolescente, que iria utilizá-lo, para tocar no culto.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O fato foi imediatamente comunicado à polícia militar, que está em diligências com o objetivo de prender os ladrões, que fugiram em duas motos.

Balbino Silva

MÍDIA PARAÍBA

Bandidos explodem mais um caixa eletrônico e tocam terror na cidade de Cacimba de Dentro

 

Imagem WhatsApp
Imagem WhatsApp

A Paraíba assiste estarrecida a mais uma explosão de caixas eletrônicos. Dessa vez foi o Banco do Brasil que tem um caixa instalado na prefeitura do município de Cacimba de Dentro e  aconteceu na madrugada deste sábado (28). De acordo com testemunhas, os bandidos chegaram na cidade atirando na intenção de evitar qualquer atitude que pudesse impedi-los de praticar o crime. Já a 19ª explosão contabilizada pelo Sindicato dos Bancários do Estado.

A ação dos bandidos ocorreu por volta das 4h e assustou os moradores que chamaram a polícia. Após tocaram terror na cidade atirando por todos os lados, foi possível ouvir a explosão. O crime ocorreu logo após a guarnição policial se recolher da Operação Madrugadão. Como os tiros eram muitos, os policiais ficaram impedidos de deixar o destacamento, pois havia suspeita de homens armados estavam nas proximidades e poderiam matar os soldados.

Policiais da Rotam e Choque Alfa, além de militares dos municípios de Araruna, Solânea e Guarabira foram acionados, mas ainda não conseguiram prender os acusados.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

A ação dos bandidos foi no Centro da cidade e deixou os moradores em estado de pânico, trancadas em suas casas com medo de serem atingidos por tiros.

Focando a Notícia

 

‘É um filme de terror’, diz delegado sobre morte de criança, no Ceará

Pai holandês é suspeito de cometer espancamento(Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Pai holandês é suspeito de cometer espancamento
(Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

O casal suspeito de matar o filho de três anos e de praticar maus-tratos ao filho mais velho, de cinco, continua preso no 2º Distrito Policial (DP), no Bairro Aldeota, em Fortaleza. As crianças foram encontradas no sábado (7) em um flat, localizado no Mucuripe. “A história é um filme de terror”, afirmou o delegado Luiz Carlos Dantas, que acompanha o caso.

Uma testemunha, que não quer ser identificada, relata que o pai das crianças desceu do quarto e pediu um transporte para levar o menino que havia acabado de morrer. “Vi a criança deitada na cama com os braços abertos e com manchas no rosto e na cabeça. A mãe estava triste, mas não estava desesperada. A outra criança estava no braços do pai e pigarreava bastante, mas não sei se ele estava gripado”, conta.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com a polícia, os pais das crianças são um holandês de 32 anos e uma cearense de 24, natural de Camocim, a 362 quilômetros de Fortaleza. Os dois foram autuados, pela delegada Juliana Pinheiro, do 2º DP, pelos crimes de homicídio (infanticídio) e maus-tratos a vulnerável. Segundo o delegado, a mãe das crianças disse, em depoimento, que só tinha permissão do marido para falar uma vez por semana, por telefone, com outras pessoas, e na presença dele. “Não se pode dizer que ela estava em cárcere privado”, diz.

De acordo com polícia, a criança que morreu apresentava sinais de espancamento, como lesões no rosto e no corpo. O irmão de vítima, de cinco anos, com sinais de subnutrição, foi encaminhado para o Hospital Infantil Albert Sabin. “A criança de três anos, aparentava ter apenas um, e a de cinco, aparenta ter uns três”, diz o delegado Luiz Carlos Dantas. Segundo ele, na geladeira do apartamento não havia nenhum alimento. As duas crianças também não tinham registro de nascimento.

A prisão do holandês deverá ser comunicada à Superintendência da Polícia Federal que vai averiguar a situação dele no país. O corpo da criança foi periciado já foi liberado pela Perícia Forense e liberado, mas ninguém foi buscar o corpo. A polícia vai entrar em contato com a família da mãe das crianças para que seja providenciado a retirada do corpo.

 

 

G1

Sábado de Terror em Borborema/PB: Tiroteio durante duas tentativas de assalto; a tarde e a noite

Um dia de terror pode ser considerado este sábado (19) para os moradores da pacata cidade de Borborema/PB, localizada na microrregião de Bananeiras em se tratando da ação de bandidos e assaltantes.Duas tentativas de assaltos estão sendo resgistradas pela PM na cidade; uma a tarde e outra agora a noite.

Por volta das 16h30 da tarde bandidos armados tentaram assaltar um Mercadinho da cidade, mas foram surpreendidos pela ação da Polícia que conseguiu prender durante a tentativa de fuga um menor de iniciais E.D.S.S de 17 anos, residente na rua São Benedito, no bairro Jeremias em Campina Grande/PB, e o seu comparsa  Júnior Santos Couto, 21 anos, conhecido por “Júnior de Mamau” que foi alvejado com um tiro e foi socorrida para o hospital de emergência e trauma de Campina Grande sob escolta policial.

Passado o susto da tarde, outra tentativa de assalto aconteceu agora a noite, desta vez os bandidos conseguiram se livrar da polícia.

Segundo informações do Portal Notícia PB um posto de combústivel que fica na entrada da cidade foi assaltado por dois elementos em uma moto Fan. Ao anunciar o assalto o frentista reagiu e foi alvejado por um tiro no ombro, outro popular que estava na proximidades também foi alvejado. O frentista  foi socorrido e as informações são de que o mesmo passa bem.

O Proprietário do Posto de Combustível não informou a quantia levada pelos bandidos.

Da Redação 
Do Expresso PB

Polícia apreende o terror de Mari. Ele tem apenas 16 anos

“Quatro Peito”, foi apreendido nesta quinta-feira (3), na cidade de Mari, bairro Vermelho.

O adolescente J.A.N de 16 anos, vulgo “Quatro Peito”, foi apreendido nesta quinta-feira (3), na cidade de Mari, bairro Vermelho. O adolescente é acusado de ser autor de vários crimes entre eles assassinatos.

Além de “Quatro Peito”, mais dois adolescentes e o ex-presidiário Jerônimo Araújo da Silva, 29 anos, foram presos. A operação policial teve a participação do Tenente Souto, cabo J Silva, soldado Ribeiro e o capitão Kelton da Cia. de Polícia Militar de Sapé.

Contra o adolescente havia um mandado de prisão expedido pela justiça de Mari. Ele será encaminhado para o CEA em João Pessoa.

 

 

 

 

Michele Marques/Portal Mídia, com J. Carlos

Focando a Notícia